Discurso - Estande Cubatão Rio +20 - 20121906

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso na Visita ao Estande Cubatão Rio +20

Local: Rio de Janeiro - Data: 19/06/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Bom dia a todos. Saudar o nosso ministro Silva; saudar a nossa prefeita aqui anfitriã, a Rosa; dizer da alegria de vir com a minha esposa, com a Lu; os nossos secretários: o Bruno Covas, a Mônika Bergamaschi; saudar o Valdir presidente do CIESP; [ininteligível] para [ininteligível] da Agenda 21, os empresários: Paulo Cubatão e Costantini do Sistema Tribunal, dizer da... Não poderia ser mais feliz este encontro de 2012 do Megapolo, do aqui na Rio+20, porque se a um exemplo de sucesso na questão do meio ambiente e da compatibilização do processo industrial, da geração de emprego, da agregação de valor, na geração de riqueza e da preservação no meio ambiente, da sustentabilidade que é Cubatão, né, vocês dão um belo exemplo, um belo... Um belo exemplo! Nós estamos saindo aqui do [ininteligível] de São Paulo, onde assinamos a criação de um parque que pega parte do Vale do Ribeira e do Alto Ribeira é o Parque das Nascentes do Paranapanema, 22 mil hectares que vão preservar 1002 nascentes, maior concentração do macaco muriqui e onça pintada do país, e quem vão compor o mosaico do Paranapiacaba com mais de 300 mil hectares. E, ao mesmo tempo, mostrando essa união da indústria com o meio ambiente, a Caterpillar lançou uma nova fábrica para reutilizar peças e produtos metálicos, uma nova tecnologia dando um belo exemplo de responsabilidade de pós-consumo e de poupar energia, água, recursos naturais. Mas, eu quero trazer aqui, um grande abraço, dizer que demos um segundo passo na recuperação da Serra do Mar com o Programa da Serra do Mar, programa habitacional. Nós tínhamos 5.600 famílias nos chamados Bairros Cota, grande parte em áreas de risco, mais da metade já foram transferidas para sua moradia pessoal com segurança e teremos um grande Jardim Botânico na região, e depois vamos fazer o mesmo trabalho de dar as famílias moradias fora da área de risco e recuperar a Mata Atlântica na região do litoral de São Paulo. Nós tínhamos, há 20 anos atrás, [ininteligível], o encontro do [ininteligível] lá em 1992, 13,5% de cobertura vegetal, hoje nós temos 17,5%, erguemos 4% de cobertura vegetal e a nossa meta para 2020 é 20%, o que significam 400 milhões de árvores a mais. Então estabelecemos um conjunto de metas e queria dizer prefeita e a todos os empresários que os estados subnacionais e os governos locais podem ser ainda mais ambiciosos, podem ampliar ainda mais as metas para a questão da sustentabilidade. Então, eu fico muito feliz de desinteirando aqui que já está autorizado, nós já fechamos o entendimento com a concessionária para a ampliação do grande trevo da Anchieta e da duplicação e ampliação da Rodovia Cônego Domenico Rangoni, [ininteligível]. O Papa João XXIII dizia que ‘desenvolvimento é o novo nome da paz, não a paz verdadeira, onde não há emprego, não há progresso, não há oportunidade para as pessoas’, a nós cabe o desafio em fazer esse desenvolvimento com sustentabilidade, mas ele é sempre foco, a pessoa humana, a sua qualidade de vida, né, a felicidade das pessoas é a obra-prima do estado! E o governo não gera emprego, o governo só o faz de forma complementar, quem gera emprego são os empreendedores que arriscam, investem, que se sacrificam e impulsionam a economia do país. E nesse momento de [ininteligível] internacional, né, de dificuldades da economia internacional, eu não tenho dúvida que o Brasil, de que São Paulo, a Baixada, Cubatão vão acelerar ainda mais para ajudar no desenvolvimento para trazer felicidade para as pessoas. Muito obrigado!