Discurso - Governador por um dia 20131809

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Governador por um dia

Local: Capital - Data:18/09/2013

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Boa tarde a todas e a todos! Quero cumprimentar o professor Hermann Voorwald, secretário do Estado da Educação; Marilene Maria Otoni, vice-presidente do Movimento Mulheres da Verdade; Dr. Luiz Gonzaga Bertelli, presidente executivo do CIEE; a delegada Rose, presidente do Conselho Estadual da Condição Feminina; cumprimentar o Paulo Tarzan, secretário executivo do nosso consórcio da região sudoeste do estado de São Paulo; cumprimentar os nossos jovens, cumprimentando a Cássia Costa Barbosa; a Ketley Oliveira Martins dos Santos; a Laís Agostinho Ferreira; o João Pedro da Silva Souza; seus pais; familiares; os dirigentes de ensino; diretores; coordenadores; professores. Dizer da alegria de nos encontrarmos aqui! Pedir à nossa querida Marilene que transmita a Dra. Ivone nossos votos de muita saúde, diga a ela que São Paulo e o Brasil precisam muito dela, que nós estamos torcendo pela saúde dela! Depois, cumprimentar a iniciativa aqui das Mulheres da Verdade, bela iniciativa, cívica, educativa, pedagógica, e a boa parceria com o CIEE, essa beleza de Centro de Integração e Empresa/Escola, que deu centenas de milhares de oportunidades para os nossos jovens ingressarem no mercado de trabalho, melhorarem, se aperfeiçoarem na sua atividade profissional, e o professor Hermann e toda equipe aqui da Secretaria da Educação. E cumprimentar os nossos estudantes dando os parabéns a todos, eu não li a redação, mas gostaria também de ler dos demais, a da Cássia é um verdadeiro programa de governo, muito bem feito! Aliás, eu até me chamou atenção, porque quando ela falou de segurança, ela falou para aumentar as bases móveis da polícia, esse é um fato interessante porque a base fixa, ela é ótima, mas para os vizinhos, você fica ali com a polícia do lado de casa, mas o bandido sabendo que a polícia está aqui, ele age dois quarteirões depois. Então, ela é muito cara, sobre o ponto de vista do número de policiais, mas a base móvel, você tem mais flexibilidade, põem no ladeirão do Morumbi, desloca para de noite, põe de madrugada, põe cedo, pode na outra esquina, ela tem mais mobilidade, então as bases móveis, a Cássia tem toda razão, ela tem um custo beneficio muito bom no sentido da gente melhorar a segurança. Mas quero trazer uma palavra de estímulo aqui aos nossos jovens, primeiro esse cultuar da língua português, de fazer redação, de escrever no mundo do Twitter, de SMS, não é isso? Muito rápido onde... Tinha um programa de televisão de manhã dizendo quem “recebeu uma carta?”, ninguém mais recebe, porque com os e-mails as cartas desapareceram. Então, cultuar a língua portuguesa, estimular a redação, escrever bem, aliás, é um dom, meu pai dizia que juntar letrinha é um dom, não é fácil hoje quem sabe escrever bem! E quem lê mais, quanto mais você lê, cultua o hábito da leitura, melhor escreve! E a outra, não só a forma, mas o conteúdo, você envolver a juventude nas questões do país, da sua comunidade, do seu estado, e assim sucessivamente. Esse “governador por um dia” é uma bela iniciativa, acho que a política é arte e ciência ao encontro do bem comum. Então, você deseja o bem de todos, tem que estar... E é importante resgatar esse conceito de bem comum, porque talvez nós estejamos revendo no Brasil o auge, o extremo do corporativismo, onde o resultado é o esgarçamento completo da sociedade. Nós vivemos o auge do corporativismo, ninguém mais se preocupa com o coletivo. E as corporações tentam arrancar de qualquer jeito seu pedaço, o seu... O maior pago pelo conjunto da sociedade. E os que têm menos voz, que são menos organizados, que são mais frágeis, vão ficando para trás! E os que são mais poderosos vão arrancando de maneira corporativa o seu pedaço, e a sociedade vai se esgarçando, as relações sociais. Acho que resgatar bem comum! Arte e ciência, arte é dom, é preciso gostar de gente, gostar das pessoas, é como tem dom para escultura, dom para pintura, dom para música, ciência é estudo, é preparação, é estudo, preparação. Eu, às vezes, vejo muitos estimulando muitos jovens a participarem da política, e acho super positivo, até não a candidatura, e digo por mim mesmo, que acabei muito jovem sendo candidato a vereador, porque aquele momento era o momento da ditadura militar, então você jovem, romântico, acaba ingressando muito cedo na vida pública e normalmente isso acaba prejudicando os estudos e causando uma dificuldade futura. Então, não é só o fato de ser ou não candidato, mas participar da vida pública até o momento de maior maturidade para se candidatar, enfim, a mandatos seletivos. Mas quero deixar um abraço aos nossos jovens, lembrando o que disse Montoro de que o futuro começa hoje, ele se chama juventude! Parabéns!

Bons estudos! Capital