Discurso - Início de obra na SP-141 e entrega da recuperação da SP-129 em Tatuí 20132308

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Início de obra na SP-141 e entrega da recuperação da SP-129 em Tatuí

Local: Tatuí - Data:23/08/2013

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bom dia. Bom dia a todas e a todos. Cumprimentar o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Samuel Moreira, prefeito de Tatuí, nosso anfitrião, o prefeito Manu, Ana Paula, presidente do Fundo Social de Solidariedade, vice-prefeito Vicente. Deputado Edson Giriboni, secretário de Saneamento e Recursos Hídricos, deputados estaduais, Dr. Osvaldo Verginio e o Rogério Nogueira. Prefeito de Itapetininga, o Di Fiori, prefeito de Capão Bonito, Júlio Fernando, prefeito de Cesário Lange, o Ramiro, de Quadra, o Carlão, Boituva, o Edson Marcusso, Capela do Alto, Marcelo, Cerquilho, Alambari, o Hudson, Itapeva, o Roberto, Iperó, Vanderlei, Votorantim, o Erinaldo, Piedade, a Maria Vicentina e Araçoiaba da Serra, a Mara Mello. Cumprimentar o ex-deputado, ex-prefeito aqui de Tatuí, Luiz Gonzaga Vieira, Clodoaldo Pericione, superintendente do DER, o Theodoro Pupo, diretor da Artesp, Paulo Rangel, presidente da SPVias, o professor Mauro Tomazela, diretor aqui da FATEC, essa belíssima faculdade de tecnologia aqui de Tatuí, tenente coronel [ininteligível], a Lúcia Favorito, presidente da Associação Comercial, vereadores, secretário municipais, grupo da terceira idade que nos alegra aqui com a sua presença. Muito obrigado. É uma alegria voltar à Tatuí. Tarzan está aqui presente, nosso amigo querido lá de Itapeva. E nós estamos entregando uma obra, é aquela lá que sai de Tatuí e vai até Itapetininga, é SP-129, a estrada velha. Então, foi um investimento importante. Ali um trecho já tinha sido recapeado e nós asfaltamos o que era de terra. Então, ficou muito bom. Foram R$ 21,6 milhões, tivemos ali 24 quilômetros, 24,7 quilômetros entre Tatuí até Itapetininga. Então agora é mão dupla, não é? Tem duas rodovias, não é isso? Pode ir por uma e voltar pela outra. Sem Pedágio. SP-129. Então, a estrada velha agora todinha asfaltada. E estamos iniciando... o Di Fiori já veio por ela. E estamos iniciando outra, que é daqui de Tatuí até Cesário Lange. Então, uma obra que começa hoje, são dez meses de obra, daqui dez meses tem que estar pronta. R$ 21,6 milhões. E nós vamos ter aqui recapeamento, pavimentação dos acostamentos, obras de segurança, enfim, melhorar aqui a ligação. O Ramiro está aqui também de Cesário Lange, então, nós vamos aproximar ainda mais as duas cidades. Nós temos aqui também na FATEC uma grande obra, que é o estúdio fonográfico, é isso? Produção fonográfica. Temos essa maravilha do conservatório aqui em Tatuí e aqui estamos fazendo o estúdio fonográfico, quatro salas de aula, adequação de doze, reforma de biblioteca, instalações elétricas, hidráulicas, enfim, em novembro agora essa obras devem estar terminadas. Temos também na ETEC um investimento em refeitório, quadra poliesportiva, ensino técnico. Temos a creche escola no bairro de Tanquinho. É isso mesmo? Nós estamos fazendo, nossa meta é fazer, investir um milhão em creche escola para as mamães poderem ter segurança onde deixar a criança. Há uma historieta árabe que diz que perguntaram a uma mãe qual dos filhos ela mais amava, e ela respondeu: “O pequenino, até que cresça. O doente até que sare, o ausente até que volte.” Pequenino até que cresça. Quanto menorzinho mais cuidado precisa ter. Então nós estamos, todos os município, muitos prefeitos, queremos fazer a creche escola em todos os 645 municípios do Estado de São Paulo. Temos aqui investimento também na Delegacia Da Defesa Da Mulher. Um dia desse eu fui à terra do Rogério, Indaiatuba, e ia a uma fábrica que estava sendo inaugurada, e eu com muita pressa porque tinha mais três cidades, mas a delegada lá da Defesa Da Mulher ela insistiu tanto para eu ir lá, a Dra. Ruth, ver o prédio novo, que eu acabei indo lá. E ela muita caprichosa, então a delegacia brilhando, orquídea para todo lado e aquela coisa chiquérrima, novinha, e fomos andando, ela entusiasmada, a delegada, mostrando. Aí de repente no fim do corredor uma grade. Aí ela me chamou de lado e falou: “Governador, e aqui é onde os homens choram e ninguém ouve.” Mas nós vamos reformar aqui a, reformar a delegacia aqui da mulher, fica pronta agora em outubro também mais um milhão. E vamos ter aqui, foi assinado agora em março, o Centro Conviver e o Centro Dia do Idoso, são 750 mil reais para a gente ter o Centro Dia para que a melhor idade possa passar o dia, convivência. Uma outra boa notícia é o seguinte: está lá na Assembleia, com o Rogério Nogueira, o Osvaldo Verginio e o presidente, o Samuel. Nós já mandamos a lei, o ônibus intermunicipal, quem quer ir de Tatuí para Sorocaba, Tatuí para Cesário Lange, Tatuí para São Paulo, Tatuí para o Guarujá, Tatuí para Campos do Jordão, para a capital, Pindamonhangaba, enfim. Todos os ônibus intermunicipais vão ter dois assentos livres só para a melhor idade. Quem quiser ir visitar um parente, passear, conhecer outra cidade, não vai pagar nada, só marcar com 24 horas de antecedência. Então 24 horas antes para o banco não ficar vazio. Marca 24 horas antes e na hora de embarcar mostra só a idade, não precisa ser carteirinha nenhuma. Tem que ter 60 anos ou mais. Homem ou mulher. 60 anos já vai ter o passe livre, ônibus intermunicipais. Se a Assembleia aprovar agora no comecinho de setembro, não é, presidente? Se o Samuel aprovar agora em setembro, o decreto já está pronto, e já entra imediatamente em vigência. Quem é idoso? A partir de que idade? Quanto? 60? 65. Idoso é quem tem pelo menos 10 anos a mais do que nós. Quando você tem 40 idoso é quem tem mais de 50. Quando você chegar nos 50 é quem tem mais de 60. Quando você chegar nos 60, como eu, é quem tem mais de 70. Quando chegar nos 70 é mais de 80. E o Fernando Henrique Cardoso disse que a vida começa aos 82, né? Então é sempre 10 a mais do que você. Mas quero dizer o seguinte, esse eixo da Castelo Branco, da Raposo Tavares, esse binário aqui Castelo e Raposo é hoje o grande eixo do desenvolvimento de São Paulo, grande eixo de desenvolvimento, e não há nada mais importante do que emprego, emprego e renda, oportunidade para as pessoas. E emprego e renda não aparece com geração espontânea, isso é fruto de investimento, e nós precisamos estimular investimento, competitividade, fortalecer economia. Dr. Teodoro está aqui? Cadê o Teodoro? Então da um pulinho aqui Teodoro. Teodoro é o responsável pela ARTESP, ele já vai verificar, nós temos a SP 127, a [ininteligível] que produz máquinas, aliás, como essa aqui da JCB, temos a Noma e muito, Metro Shacman, muitas empresas estão vindo pra região. Então ele vai imediatamente verificar a questão dos acessos e fazer as obras que são necessárias para as empresas poderem crescer, gerar mais emprego. Ele vai também, volta aqui, ele vai também verificar, tem moradores aí do, como é que chama o bairro? Jurumirim em Santa Adelaide, então ele vai conversar com vocês, teve que fechar o acesso por questão de segurança para evitar acidente, hoje a maior causa externa de morte não é mais homicídio, era homicídio, né, morria em São Paulo 13 mil pessoas por ano de homicídio, baixou pra 12, 11, 10, 9, 8, 7, 6, 5, hoje é 4.800 o ano passado, esse ano vai ser menos. A maior causa hoje é desastre de automóvel, é atropelamento, carro, moto, acidente rodoviário, cidade, então nós precisamos ter segurança, ele vai conversar aí com os moradores do Jurumirim do Santa Adelaide pra verificar a melhor solução preservando a segurança. Eu quero cumprimentar aqui o prefeito Orlando Aleixo de Campinas do Monte Alegre, cadê o Orlando, está aí? Orlando de Campina do Monte Alegre, era a Campininha, agora é o Campinão, né? Agora é o Campinão, né, pertencia a Angatuba, distrito e Angatuba, hoje é um belo homicídio, se desenvolvendo bastante. E dizer ao pessoal da Santa Casa que segure a peteca aí, está difícil a coisa, porque a tabela do SUS não é corrigida há quase 10 anos, então fui em Araçatuba agora, o problema não é fazer prédio, fazer prédio é fácil o problema é custeio, custeio. Então ficou pronto lá em Araçatuba a UTI neonatal, que tem neonatal, prontinha, equipada, o governo pagou tudo, o governo do estado, aí não entra em funcionamento, mas porque que não entra em funcionamento? Porque uma equipe pra operar 10 leitos de UTI neonatal, médicos,intensivistas, enfermagem, toda equipe custa 325 mil por mês, por mês uma equipe, então em 12 isso vai custar quase quatro milhões, e o SUS paga 135 mil, então a Santa Casa terá um prejuízo de 2,5 milhões por ano só com (ininteligível) de UTI neonatal, quer dizer, não é possível. Então todas as Santas Casas estão numa situação dificílima, a Santa Casa de São Paulo hoje deve 280 milhões, e é fácil entender o problema da crise de financiamento. Imagine que nós vamos fazer uma casa, três sócios, federal, estadual e o municipal, cada um vai por mil reais por mês, aí o mais rico, que é o federal, fala: “olha, agora a partir de hoje eu ponho 900”, nós dois dividimos, vamos aumentar pra 1.050 cada um. Passa mais uns meses “olha, vou baixar pra 800”, nós suamos a camisa e aumentamos mais um pouco, chega num ponto a casa cai. Então se não corrigir a tabela do SUS tudo resto é paliativo, e esse é o amago do problema, para poder público e para Santa Casa. Nós vamos ajudar, dia cinco agora assume o professor David Uip primeira tarefa que eu vou dar a ele é verificar a questão aqui da Santa Casa, o que quê é mais urgente. Se é reforma, se é custeio, se é UTI, ele vai verificar e nós vamos ajudar a Santa Casa que é grande parceira [ininteligível]. E o bairro de Santa Rita nós vamos fazer lá a escola de ensino médio pra poder os jovens poderem ter aí o ensino médio, se prepararem para o mercado de trabalho, e temos as boas ETECs e FATECs aqui em Tatuí. Mas quero agradecer ao Samuel. Samuel é um dos melhores deputados que nós temos, presidente da assembleia legislativa, grande parceiro nosso. Osvaldo Vergínio, deputado aqui também da região oeste da grande São Paulo, sempre brinco que é dos carecas que elas gostam mais, né, não é bem assim, né? Rogério, Rogério Nogueira, Rogério é cabeludo aí, Rogério que é aqui também da região, o Edson Giriboni que é o nosso secretário de recursos hídricos [ininteligível].Hoje nós estamos fazendo hoje 160 estações de esgoto, entre aquelas que nós entregamos, em obra ou pra começar, 160. O estado de São Paulo vai ser o primeiro estado do Brasil a universalizar o saneamento, 100% de água tratada, 100% de esgoto coletado e 100% de esgoto tratado. Queria cumprimentar aqui os vereadores, a Ana Paula, prefeito Manu, dizer que conte conosco aqui em beneficio da população, pedir licença pra vocês, nós estamos indo lá para Capela do Alto, nós estamos duplicando a Raposo Tavares. Então já duplicamos de Sorocaba até Açoiaba, hoje inaugura mais 10km até Capela do Alto e em junho do ano que vem chega em Itapetininga, lá no [ininteligível], e aí completa, completa toda a duplicação. Uma obra superimportante. Nós vamos verificar, o governador é como um pai, quantos municípios tem o estado de São Paulo? 645, então um pai de 645 filhos, né, eu fico um pouco aqui, um pouco aqui, um pouco aqui e... Então nós vamos verificar, o que nós vamos fazer já é resolver o problema das fábricas que precisam de acesso, e aí o... Não, aqui é o Clodoaldo, o Clodoaldo vai verificar direitinho, vamos começar a obra e ele vai avaliar custos, desapropriação e tudo, mas quero agradecer muito a presença aqui de cada um de vocês. Muito obrigado! Tatuí