Discurso - Inauguração da 37ª Unidade Restaurante Bom Prato - 20121308

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso na Inauguração da 37ª Unidade Restaurante Bom Prato

Local: Suzano - Data: 13/08/2012

GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Bom dia a todas e a todos. Deputado Federal, secretário do Estado de Desenvolvimento Social, Rodrigo Garcia; deputado Davi Zaia, secretário de Estado da Gestão Pública; deputado estadual, em Suzano, nosso líder, o deputado Estevam Galvão; deputado também da região, do Alto Tietê, deputado André do Prado; Maria de Lurdes Freitas Ernesto, presidente da associação de desafio e valorização da vida, a vida, nossa parceira. Ricardo Fernando Nunes da Silva, o primeiro tesoureiro da vida; o Paulo Alves, coordenador de segurança alimentar e nutricional da Secretaria de Desenvolvimento Social; Rogério Leça, diretor do Bom Prato; Ricardo Mallet, diretor do Acessa São Paulo. Representantes aqui de entidades da Sociedade Civil, entidades de bairro, lideranças comunitárias, amigos e amigas. É uma alegria muito grande trazer o Bom Prato aqui para Suzano, o 37º Bom Prato, desde o seu início já foram distribuídos 91 milhões de refeições, e a refeição do Bom Prato, o almoço do Bom Prato, ele é perfeito, sob o ponto de vista nutricional, nenhum restaurante desses famosos é melhor do que esse, ele é perfeito sob o ponto de vista do equilíbrio nutricional, proteína, carboidrato, lipídios, sais minerais e vitaminas é a refeição completa para a saúde da população, por apenas R$ 1, um local arrumado, o governo investiu aqui R$ 240 mil para poder o prédio que está em situação difícil, ser totalmente adaptado e os equipamentos, aqui terá também o café da manhã, a que horas começa o café? 7 horas começa o café da manhã, e o almoço 11 horas, 11 horas começa o almoço, o Acessa São Paulo, quero agradecer o Davi Zaia, já está aqui instalado, então aqui também computador e internet gratuita, quem tiver dificuldade tem os monitores para ajudar as pessoas, para poder ter acesso à internet e ao computador. Aqui também tem o Via Rápida, a partir do mês que vem já começa o Via Rápida Emprego, então cursos voltados à gastronomia, hoje falta pizzaiolo, falta chapeiro, falta cozinheiro, falta copeiro, falta padeiro, falta confeiteiro, então nós vamos ter cursos aqui, curso de um mês, curso de dois meses, cursos rápidos para pessoa conseguir um bom emprego, se a pessoa estiver desempregada, ela recebe R$ 330,00 de bolsa, se ela não estiver recebendo o seguro desemprego, R$ 210,00 de bolsa e R$ 120, 00 de vale‑transporte, da R$ 330,00 para a pessoa poder fazer o curso, então um trabalho bonito, vai ter café da manhã, tem o curso de gastronomia, para quem precisar, tem a internet gratuita e tem o almoço do Bom Prato. É o 37º restaurante popular, é ele localizado em local de trânsito, então lembrou bem o deputado Estevam Galvão, está em frente aqui à estação, nós vamos ter uma estação novíssima, com acessibilidades, escadas rolantes, elevador, muito ampliada e aqui o expresso leste, que é o nível de aprovação do metrô de São Paulo até aqui. Nesse local, por tanto, de grande trânsito, está aqui o Bom Prato, e interessante, esse fato, nós estamos em agosto, quando chegar em dezembro, daqui a 4 meses, nós trocamos todas as células, troca tudo, cabelo, unha, pele, mucosa, osso, só fica o células do cérebro, os neurônios o resto troca tudo, o sangue, o sangue troca em 60 dias, quando troca todas as células, como é que a células são formadas? A gente rejuvelheçe, como é que a células são formadas? Pela energia dos alimentos, pela energia respiratória, o oxigênio da respiração mais os alimentos, mais a energia do DNA, do papai da mamãe, da hereditariedade.

Não tem saúde se não tiver uma alimentação adequada. E nós precisamos além de cuidar da doença, promover saúde, promover saúde, promover saúde. E uma das maneiras de promover saúde é uma alimentação correta, e por R$ 1,00. Então custa R$ 3,50, nós cobrimos o subsídio de R$ 2,50. Como aumentou o feijão, aumentou o tomate, alimento aumentou, nós estamos estudando [ininteligível] falou comigo dá um reajuste. Então nós cobrimos; a mesma coisa o café da manhã. O café da manhã é R$ 0,50. Café, achocolatado, pão, queijo, frios, fruta, tudo aí por R$ 0,50. Custa R$ 1,30, nós colocamos mais R$ 0,80. É da nossa parte, não para o consumidor. É da nossa parte para a entidade por levantar aquele trabalho. Eu queria agradecer muito a entidade, a Vida. É uma entidade nossa parceira, vai ajudar muita gente, ajudar pessoas que precisa. Agradecer ao Rodrigo Garcia o nosso deputado federal, fazendo um grande trabalho na área social do Desenvolvimento Social. O Davi Zaia na área de Gestão Pública. Poupatempo, daqui a pouquinho já está chegando o Poupatempo. Nós já assinamos o contrato com o consórcio Bh Daher na área de Suzano, já assinado o contrato. Nós vamos ter logo, logo aqui o Poupatempo. E esperamos também como o deputado Estevam Galvão. Quero aqui agradecer ao Estavam Galvão, que é um defensor de Suzano e da população aqui da cidade e da região. Os esforços aí pelo hospital. Nós vamos ter duas obras. Uma obra é restauração e recuperação do prédio velho, lá no anexo com o Hospital das Clínicas, o HC de retaguarda. E do lado prédio novo aberto à população para quem precisar para atender aqui a comunidade. Mas quero convidá-los aí para o almoço. Hoje nós temos aqui... Vamos ver aqui o cardápio. Arroz, feijão, frango a primavera, abobrinha refogada, salada de repolho bicolor, sobremesa banana, suco de morango e pãozinho. Bom apetite a todos.