Discurso - Inauguração da ampliação do Sistema de Abastecimento de Água - 20122206

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso na Inauguração da ampliação do Sistema de Abastecimento de Água

Local: São Roque - Data: 22/06/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Bom dia a todas e todos. Agradecer aqui manifestação carinhosa, pedir desculpa pelo atraso, acabamos vindo de carro, nós vamos ter que sair meio rápido, para ainda conseguir fazer a programa da Globo, lá em Itapetininga, depois nós vamos a Taquarivaí. Mas dizer da alegria da vir a São Roque, cumprimentar o nosso prefeito Efaneu; deputado Edson Giriboni, secretario de Saneamento; coronel Costa Ramos, que a foi o nosso secretario chefe da Casa Militar do Mario Covas; prefeito de Araçariguama, o Roque; prefeito de Mairinque, o Denis; Dra. Dilma Pena, presidente da Sabesp; Dr. Luiz Paulo Almeida Neto, diretor da Sabesp; Dr. Mario Eduardo da Fonseca, superintendente da unidade de negócio do médio Tietê; coronel Vitor Gusmão; Marcelo Chula, vereador; Marquinhos Perdão; Marquinhos Chula, nome de quero saudar todos os partidos, vereadores aqui da cidade e região; Vinicius Cesar Pensa, presidente da AISAM, Associação das Indústrias aqui da região; vice-prefeitos, secretários municipais, amigas e amigos. Uma alegria, Efaneu, vir aqui a São Roque para celebrar uma conquista e avançarmos na outra. Eu fui prefeito na década de 70, e eu dizia o seguinte: olha, asfaltar rua é muito bom, mas é administrar para o automóvel, administrar para as pessoas é água e esgoto, é garantir água de qualidade, 70% do corpo humano é água, aliás, a gente esquece de tomar água. Já vi muito caso de enxaqueca ser curada só com hidratação, só mandando tomar, às vezes esquece de tomar água, então água de qualidade, e água em quantidade, água da Sabesp é por o copo torneira e tomar é tratada, controlada, absolutamente padrão técnico de saúde para a população. Nós tínhamos problema de água aqui crônico e grave, e que foi praticamente resolvido, 100%, 97% e chegaremos a 100%. O esgoto, só aqui foram investimentos, só em água, de 43,3 milhões de reais, e agora em esgoto, são mais 37 milhões de reais, nós passaremos de 66% de coleta para 100% de coleta; e de 0% de tratamento para 100% de tratamento. Então é uma conquista importante, e beneficia não apenas São Roque, mas a região, que está despoluindo os rios: Guaçu, Aracaí e ajudando o Tietê, a bacia aqui do médio Tietê. As nossas cidades nascerem entorno dos rios, a minha cidade natal, Pindamonhangaba, é na beira do Rio Paraíba, cidades todas, os rios foram às entradas das bandeiras, cidades entorno do Rio Piracicaba, Rio Tietê, Rio Paraíba, Pindamonhangaba que é do tupi-guarani, quer dizer, local onde seu produzem anzóis, os índios viviam da pesca, e nós vamos tornar novamente os nossos rios piscosos, recuperar o saneamento básico, bacia hidrográfica, os rios e a saúde da população, tirar esgotos de perto e limpar os rios, tem a tratamento adequado. São Roque é uma cidade turística, então uma cidade saudável, como disse o prefeito: 300%! 100% de água tratada, 100% de esgoto coletado, 100% de esgoto tratado, despoluindo aí as bacias. Nós também liberamos os recursos do Dade, das instâncias, da instância turística aqui São Roque. O ano passado, 2011 foram 2 milhões, quase 3 milhões, e foi para 2.716 milhões para o asfaltamento Avenida Aracaí, bairro Taboão, não é isso? E esse ano serão mais de três milhões para a área central, aqui da cidade, para a revitalização, recuperação da área central. Nós temos também, eu tinha falado com a Efaneu, temos aqui três estradas, uma nós vamos asfaltar e duas nós vamos fazer o melhor caminho. Nós vamos fazer o Melhor Caminho e passar mais R$ 1 milhão para a Prefeitura asfaltar a Estrada do Ranário, que são 2,5 quilômetros. E vamos passar, ou vamos fazer o Melhor Caminho na Estrada do Caetê. E vamos fazer, também, o Melhor Caminho na Estrada Ponte Lavrada. Então, somando as três, vai dar 11,5 quilômetros de Melhor Caminho, sendo que a do Ranário é totalmente asfaltada, a gente passa o recurso para a Prefeitura. O prefeito falou comigo sobre o credenciamento da hemodiálise. Eu já liguei para o secretário da Saúde. Isso funciona em duas etapas. Nós vamos encaminhar o pleito, passa por uma comissão técnica, que avalia a segurança, a parte técnica, e aí encaminha para o Ministério da Saúde, porque quem faz o credenciamento é o Ministério. Mas nós vamos, rapidamente, encaminhar o pleito do credenciamento da área da saúde, da hemodiálise, para a comissão tripartite, e, da comissão tripartite vai para o Ministério da Saúde. E queria... É uma luta antiga aqui do município de São Roque, o que a gente poderia... Eu, quando cheguei aqui, vi essa meninada bonita aqui, o que a gente pode fazer para melhorar a vida das pessoas, para garantir um futuro melhor para os jovens, para os trabalhadores, para as famílias? É educação e emprego, não é isso? Garantir uma educação gratuita e de qualidade e as pessoas poderem ter emprego, salário, poder ter uma qualidade de vida boa. Então, nós vamos trazer aqui para São Roque, a Fatec, a Faculdade de Tecnologia. Aí gente estuda o melhor caminho. Podemos até fazer dois cursos, um voltado aos serviços, que é a área de turismo e serviços, e um voltado à área industrial. Nós estamos inaugurando, aqui do lado, em Sorocaba, agora, dia... Acho que é 9 de agosto, a fábrica da Toyota. Ela tem, no entorno, mais 12 indústrias, é um complexo industrial. Então, vai faltar mão de obra para todo o lado. Então, nós precisamos preparar técnicos, aqui tem a Etec, não é isso, técnicos e tecnólogos de nível superior. E a pessoa pode fazer a Etec e trabalhar, e depois também fazer a Fatec. Aliás, eu estudei e trabalhei. Hoje em dia, quase todo mundo faz isso, não é? Você trabalha e estuda, estuda e trabalha, você vai avançando como pode. E tudo de graça, Etec de graça e Fatec de graça. A Etec, de cada dez, nove saem empregados; a Fatec, de cada... Aliás, é ao contrário. A Etec, de cada cinco, quatro saem empregados; a Fatec, de cada dez, nove já saem empregados. Então, é superimportante. E, hoje, a gente teria, assim, duas faixas, Efaneu, uma assim: faltam empregos, quanta gente precisa trabalhar e não está conseguindo emprego; e uma outra faixa: sobram vagas. Nós temos, hoje, no Emprega São Paulo, 26 mil vagas abertas, que não são preenchidas por falta de qualificação de mão de obra. Então, nós precisamos fazer esse casamento entre quem precisa trabalhar e a necessidade do mercado de trabalho. Mas eu quero, aqui, agradecer. Agradecer à Dra. Dilma, que preside a Sabesp, uma das maiores empresas de saneamento do mundo, aliás, premiadíssima pela qualidade do trabalho, abraçando aí a equipe toda do saneamento, os nossos diretores, funcionários da Sabesp. Agradecer o Giriboni, que palmeirense não tem jeito mesmo, não é? Imagine o Danilo errar o pênalti, não é? A gente pode pensar essas coisas, mas não pode falar, não é? Agradecer, aqui, os nossos prefeitos aqui da região, o Roque, de Araçariguama, o Denis, aqui de Mairinque, e o Efaneu aqui de São Roque. Agradecer a lembrança. Como nós não vamos almoçar, aquele doce de leite vai nos salvar na viagem, agora, até Itapetininga, viu? Deixar um grande abraço aqui para vocês. Contem conosco para a gente trabalhar juntos em benefício da população.

Muito obrigado!