Discurso - Inauguração da ampliação do Trevo de Ourinhos e assinatura de convênio para instalação do Poupatempo 20130409

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Inauguração da ampliação do Trevo de Ourinhos e assinatura de convênio para instalação do Poupatempo

Local: Ourinhos - Data:04/09/2013

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Boa tarde a todas e a todos! Quero cumprimentar a prefeita de Ourinhos, a Belkis; o Gilberto Severino, vice-prefeito; deputado federal, Abelardo Camarinha; deputado estadual, Mauro Bragato; secretário de Gestão Pública, deputado Davi Zaia; Aparecido Bruzarosco, secretário adjunto do Emprego; prefeitos: prefeito de Regente Feijó, o Marcos Rocha, presidente da Unipontal; prefeito de Tarumã, o Jairão, prefeito da Sinapi; ex-prefeito aqui de Ourinhos, Toshio. Queria saudar também o inspetor Almeida Júnior, da Polícia Rodoviária; Dr. José Carlos Costa, delegado seccional de Ourinhos; comandante coronel Dudas; Dra. Natália Marcassa de Souza, diretora da Agência Nacional de Transporte Terrestre, a ANTT; Dr. Ricardo Madalena, superintendente do Denit, está aqui conosco; Theodoro Pupo, diretor da Artesp; o Dr. Túlio Ab-Saber, presidente da CART; Dr. Ricardo Constantino, presidente da Transbrasiliana, do Conselho; José Efraim Neves da Silva, presidente da Tranbrasiliana; o Roque Quagliato - alegria tê-lo presente, esta é uma justíssima homenagem ao Fernando Quagliato - ; prefeitos aqui presentes; representantes das APAEs de Ourinhos e de toda a região;

[APLAUSOS]

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Amigas e amigos. Duas palavras até pelo vento e frio aqui, não é? Mas, talvez a gente esteja aqui , Dra. Natália... Madalena, na melhor esquina do Brasil, não é?

[APLAUSOS]

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Uma esquina especial aqui: A BR, como disse a Belkis, a BR-153... O meu sonho sempre foi percorrer essa BR, o dia que der um tempinho ainda vou fazer! Ela começa lá em Bagé, lá no Rio Grande do Sul e vai até Marabá, lá no Pará. Rodovia percorre o país inteiro. E a Raposo Tavares que começa lá em Presidente Epitácio. E uma boa notícia aqui da Artesp e da CART: nós vamos ter agora em setembro, nós vamos entregar, mas aí é mais Bauru, Piratininga, vamos entregar sete quilômetros de duplicação de Bauru até Piratininga, em setembro. Em novembro, vamos entregar 43 quilômetros de duplicação da Raposo Tavares, de Rancharia e Martinópolis. Em março do ano que vem estará totalmente duplicada de Presidente Prudente até Assis. Praticamente de Presidente Prudente a Maracaí, 100 quilômetros praticamente, duplicados. E vamos também duplicar fazendo guardrail, fazendo a barreira rígida e as obras todas até Epitácio, aí até o final do ano que vem. Então, até o final do ano que vem, a Raposo Tavares estará inteirinha duplicada até Ourinhos e emendada com a Castelo Branco. E agora no começo do ano, termina o projeto executivo da Raposo Tavares entre Ourinhos até Itapetininga. Então nós já vamos duplicar de Sorocaba, Araçoiaba da Serra, até Itapetininga, fica pronto até março também do ano que vem, duplicada até Itapetininga. E entre Itapetininga e Ourinhos são 410 milhões, nós vamos investir. Ela terá recapeamento, trechos de terceira faixa, trechos de duplicação, toda ela com acostamentos e obras de arte como esta aqui, para trazer mais segurança. Então a doutora, nossa diretora da ANTT, Dra. Natália, também colocou aqui, trechos também de duplicação da BR. Então tudo isso ajuda porque diminui acidente. A gente quando pega uma estrada, não quer tragédia e infelizmente, a terceira causa de morte no mundo todo e no Brasil não é doença, é causa externa. E a primeira causa externa era homicídio, era tiro. Isso... São Paulo tinha 13 mil homicídios por ano. Baixou para 12, 11, nove, sete, seis, cinco, ano passado foi 4.800, esse ano deve ser um pouco mais de quatro mil. Hoje a maior causa de morte, causa externa, é acidente rodoviário: atropelamento, motocicleta, carro, caminhão. Então uma obra desta é uma vacina: vai evitar acidente, vai promover desenvolvimento, empresas, emprego, escoamento da produção, logística, redução de custo, em benefícios múltiplos. E aqui um bom exemplo da Federação: essa obra custou R$ 15 milhões, metade federal, através da ANTT e da Transbrasiliana; e metade estadual, através da Artesp e da CART. Então, fizemos um projeto único, bem feito, é um trevo classe... Como é que... Tem uma numerologia. Classe um? Classe um? O trevo completo com todas as alças. Trevo completo, classe um, entregue, 15 milhões. E nós investimos mais 5,3 milhões fazendo duplicação de mais 5,5 quilômetros da Raposo Tavares. Também aproveitamos aqui o carreto, já assinamos o Poupa Tempo: o prédio fica pronto agora em outubro, em dois meses a gente põe o software e em dezembro inaugura o Poupa Tempo de Ourinhos que vai servir também aqui a região. E queria trazer uma palavra aqui às APAEs: Na sexta-feira nós vamos assinar o decreto com o presidente das APAEs, o deputado Dr. Ubiali, regulamentando aqui em São Paulo, parte convênio com a Educação e parte convênio com a Saúde e com a Promoção Social.

[APLAUSOS]

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: E estamos também autorizando 267 ônibus ou micro ônibus, todos com acessibilidade para as crianças, os jovens, enfim, quem precisar, os adultos, para atender também as APAEs; todos para as Apaes, são 267.

Mas quero deixar um abraço aqui a todos, agradecer ao governo federal, a Presidenta Dilma, saudando aqui a ANTT, Dra. Natália, Dr. Madalena, cumprimentando aqui o Theodoro, da Artesp. Cadê o Theodoro? A presidenta da Artesp, a Karla, é mamãe. É menino ou menina? Menina? As mulheres vão tomar conta do mundo, não é? Menina, então ela acabou de dar à luz, não está presente, mas o Dr. Theodoro está aqui conosco. Cumprimentar aqui os nossos deputados federais, Abelardo Camarinha, lá em Brasília defendendo os interesses de São Paulo, do povo, dos brasileiros de São Paulo; o deputado Mauro Bragato, que é um excelente deputado também, trabalhando aqui pela região. E cumprimentar todos os prefeitos, prefeitas, abraçando aqui a Belkis. Nós chegamos um pouquinho antes, ainda deu tempo de tomar um cafezinho na... Como diz o Bragato, na Downtown, no centro nervoso lá, não é? Um cafezinho muito bom! E uma grande alegria estar com vocês. Vocês é que deram brilho, calor humano aqui a esse encontro. Muito obrigado! Ourinhos