Discurso - Inauguração do Bom Prato Cidade Ademar - 20120805

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso da Inauguração do Bom Prato Cidade Ademar

Local: Capital - Data: 08/05/2012

MESTRE DE CERIMÔNIA: ...O governador do nosso Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.


GOVERNADOR GERALDO ALCKIMIN: Bom dia! Bom dia a todas e a todos. Cumprimentar o deputado federal, Rodrigo Garcia, secretário do Estado do Desenvolvimento Social; deputado Davi Zaia, secretário do Estado de Gestão Pública; os vereadores aqui presentes: o Antônio Goulart, dizer para ele que já preparei o decreto, segunda-feira feriado em todo o Estado de São Paulo pela vitória do Santos [ininteligível], alvinegro, né? Cumprimentar o vereador José [ininteligível], nos alegra aqui também com a presença; vereador Attila Russomanno; vereadora bispa Lenice, nos alegra aqui com a presença; o presidente da BRASA, o Edemar João Tomazelli, da BRASA; o Coronel Carlos Roberto... Carlos Roberto Albertin, subprefeito aqui de Cidade Ademar; Paulo Alves, Coordenador de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria de Desenvolvimento Social; o Rogério Lessa, diretor do programa Bom Prato; o Rodolfo [ininteligível] do programa Acesso a São Paulo; o Jonas, camisa nove... Camisa Nova, presidente do CONSEG e da Associação Comercial [ininteligível]; o companheiro Luciano Rodrigues; pastores aqui presentes, lideranças da comunidade, lideranças comunitárias, equipe aqui do Bom Prato, dizer da alegria de estarmos juntos aqui. Esse é o 34º, são trinta e quatro restaurantes Bom Prato, o 20º na cidade de São Paulo, o 1º aqui na Cidade Ademar, e nós já desde o início já entregamos oitenta e oito milhões de refeições, oitenta e oito milhões, duas vezes, mais de duas vezes a população do Estado de São Paulo, quase duzentos milhões o governo investiu nesse que é um programa social. Primeiro que não há remédio melhor do que alimentação adequada. A maioria das doenças a gente contrai por maus hábitos, e um desses maus hábitos é comer errado. É o grande problema hoje de saúde pública do mundo é obesidade, a ela ligado diabete. Hipertensão arterial, problemas cardiovasculares, esteatose hepática, é tudo alimentação inadequada. E em cidade grande, onde o trabalho nunca é perto de casa, a pessoa acaba comendo fora. Comer fora é caro e, nem sempre, se come adequadamente. Então, o restaurante Bom Prato é alimentação correta, sob o ponto de vista nutricional; controle do Ital, que é o Instituto de Tecnologia de Alimentos. Ela é balanceada: Proteína, carboidratos, lipídios, vitaminas e sais minerais. Ela é perfeita, sob o ponto de vista nutricional! Por apenas R$ 1,00! E qualidade, quentinha, bem feita, come sentado. É um restaurante. Esse é um outro erro que a gente comete na alimentação, é comer correndo, comer depressa. A pessoa tem que mastigar, mastigar, mastigar... Aí se alimenta melhor, e come menos. E aquela pressa pra comer, a pessoa acaba comendo mais do que deveria. Eu me lembro que em casa, Rodrigo, meu pai insistia muito, e a minha irmã pequenininha, então, mastiga, mastiga... Ela dizia: “Pode engolir? Pode engolir?”. Tinha que mastigar. E a minha avó dizia o seguinte: “Na mesa não se envelhece.”. Não pode ter pressa. Hora de refeição é calma, devagar, mastigar com calma... E aqui foram agregados valores, que, além do almoço, café da manhã, R$ 0,50: café, leite, achocolatado, frios, pão, fruta. Depois agregou um outro valor: o Acessa São Paulo. Nós tivemos no mundo, eu diria que quatro mudanças importantes, na nossa geração. Quais foram essas quatro mudanças importantes no mundo? Mercado de trabalho: nossas vovós tinham três, quatro profissões. Hoje, as mulheres estão em todas as profissões. Então, mudança no mercado de trabalho. A outra mudança é tecnológica. Então, a internet, a rede de computadores mudou o mundo, e o Acesa São Paulo é fundamental, com os monitores para ensinar a inclusão digital. Isso é emprego, isso é informação, isso é educação. Terceira mudança no mundo, a questão ambiental. Se os sete bilhões de pessoas do mundo tivessem um padrão de vida norte-americano, precisava ter quatro planetas Terra para dar conta. Quatro planetas, ou seja, não é possível continuar com esse estilo de consumo, e com a cultura de descarte que o mundo de descarte que o mundo tem. Então o Rodrigo falou aqui uma coisa importante, o óleo da cozinha ter uma destinação adequada, os copinhos tenham uma destinação adequada, o cuidado com a sustentabilidade. E a quarta mudança do nosso mundo é a mudança demográfica. Um mundo em que se morria com 40 anos de idade, hoje chegar a 80 é moleza. E nós vamos chegar rapidamente a 100 anos, e as mulheres não morreram mais. Então, é uma grande mudança demográfica. Então, é um outro valor aqui que é curso, aqui tem cozinha, tem restaurante, tem instalações, têm tudo. Então, o nosso presidente da BRASA, me falou ali no cantinho: “Eu quero ter aqui a melhor escola de gastronomia de São Paulo”, a melhor escola de gastronomia. Então, o Davi Zaia e o Rodrigo já vão entrar em contato lá com o nosso presidente da BRASA para a gente ter curso aqui de pizzaiolo, padeiro, confeiteiro, cozinheiro, ajudante, copeiro. Hoje, é que falta mão de obra. Chapeiro, falta mão de obra. Então, cursos aqui ligados à gastronomia. Então é o almoço, café da manhã, computação, inclusão digital, Acessa São Paulo e o Via Rápida que é para emprego. Hoje é arroz, feijão, salada de alface e tomate, frango ao molho do chefe, molho de tomate, seleta de legumes, sobremesa é maçã, e suco. Então eu queria agradecer ao Davi Zaia, nosso secretário de Gestão, agradecer ao Rodrigo Garcia, secretário do Desenvolvimento Social. Ambos fazendo um trabalho muito dedicado. Agradecer aos nossos vereadores. O Zé Rolim. O último restaurante Bom Prato foi lá em Paraisópolis. Está funcionando direito lá, Zé Rolim? Duas mil refeições por dia. Estoura até o teto lá, que é 1.800, e ele quer mais 500. O Goulart, Zé Goulart, meu amigo, ele está em profunda tristeza com o Campeonato Paulista, mas é um bom amigo. Na Libertadores, vamos chegar na Libertadores. O Russomanno, o Attila, a bispa Lenice, o Albertinho, agradecer aqui a todos vocês. E o Mário Covas dizia o seguinte: A gente nunca deve cometer três pecados: Furar fila, interromper partida de futebol e atrasar o almoço.

Bom almoço a todos.