Discurso - Inauguração do CEI Jardim Fontális e Descerramento de Placa de Outros 3 CEI's - Centro de Educação Infantil - 20122510

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Inauguração do CEI Jardim Fontális e Descerramento de Placa de Outros 3 CEI's - Centro de Educação Infantil

Local: Capital - Data: 25/10/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Bom dia, a todas e a todos! Cumprimentar nosso prefeito, prefeito Gilberto Kassab; Secretária Linamara Rizzo Battistella; o Fernando Padula, representando nosso secretário [ininteligível]; Secretária Célia Falótico; o Secretário Luiz Ricardo Santoro; Vereador Anibal de Freitas; a Laura Kamia, representando o vereador Kamia; subprefeito Esaú Segala; cumprimentando todos os subprefeitos; a Leila Oliva, Diretora Regional de Educação; a Juliana [ininteligível], diretora aqui do CEI Jardim Fontalis; supervisoras das CEIs inauguradas hoje, a Cláudia Luiz, Simone Santos e Sandra Cristofani; o João Campos e a entidade mantenedora da Estrela da Esperança, vai administrar aqui a CEI; coordenadores; dirigentes; professores; líderes comunitários. É uma grande alegria, nós fizemos um convênio com o prefeito Gilberto Kassab para 42 creches, e hoje estamos entregando quatro de uma vez. É a Jardim Fontalis aqui, Jardim Colorado, Fim de Semana... Isso é um nome interessante, não é? E Tiquira, quatro ao mesmo tempo. E estamos com quase todas, algumas já foram entregues nos meses anteriores, e outras em obra, 42 creches com esta qualidade que nós estamos vendo aqui. Que capricho, não é? Que obra bem feita. Esse pessoal da [ininteligível] é craque, não é? Muito bem feita. 230 crianças, então nós estamos falando desses dois convênios que fizemos, e quase nove mil crianças, mais de nove mil crianças que vão poder ter vaga nas creches gratuitas e com essa qualidade. É o melhor investimento, porque é cuidar da criança... Tem uma historieta árabe que eu gosto muito, que perguntaram a uma mãe qual dos filhos ela mais amava. E ela respondeu, ela falou: “O pequenino, até que cresça, o doente até que sare, o ausente até que volte”. Pequenino até que cresça; quanto menorzinha a criança, mais cuidado tem que ter. Tanto é que o índice de mortalidade infantil da Organização Mundial de Saúde, é o número de crianças que morre no primeiro ano de vida. Tanto que é no primeiro ano de vida que os cuidados são maiores, mais intensos com a criança, e é exatamente o objetivo da creche, que a criança de zero até três anos e onze meses. E depois para as mamães, porque a Linamara lembrou bem, crianças com e sem deficiência, todo mundo incluído, atendendo a todos. E as mães precisam ter o local para creche, porque as vezes precisam trabalhar, ter outras atividades, muita mamãe acaba postergando a maternidade em razão dessa questão. Então, é um grande investimento, não é? Saúde, sociabilidade, educação, parte social, a gente fica muito feliz. Quero, aqui, cumprimentar o prefeito Gilberto Kassab, nós estamos fazendo esses convênios em todo o Estado de São Paulo, estamos chegando a quase 200 municípios, o programa chama “Creche Escola”. Então, de zero a três anos e onze meses, é creche; e quatro até cinco anos e onze meses é a EMEI, é a pré-escola. Aí, a gente passa o dinheiro, a prefeitura constrói, equipa, e põe para funcionar. No ensino fundamental tem uma rede grande da prefeitura muito boa, e nós também temos a nossa, estamos fazendo um grande esforço nas escolas estaduais. No ensino médio, nós estamos caminhando para unir com o técnico, aliás, todos os CEUs, a prefeitura tem nos cedido; já são acho que 25 CEUs, já temos a ETEC nos CEUs, é a escola técnica gratuita, um ano e meio o aluno já está com o diploma de técnico. E agora unindo com o técnico ele vai sair se ele quiser, com dois diplomas, sai com diploma do ensino médio e técnico. A FATEC, já estamos com 55 faculdades em tecnologia gratuita, três anos só a faculdade, e as universidades de São Paulo. E criamos um programa novo chamado “Via rápida”, que não tem vestibular, não tem Vestibulinho. Qualquer um pode fazer, curso de um mês, dois meses, se a pessoa tiver desempregada e não tiver recebendo seguro desemprego, ela tem R$ 330 de bolsa, para locomoção, para alimentação e para dar um apoio, e cursos de grande empregabilidade. Por exemplo: em todos os restaurantes Bom Prato, curso a tarde de cozinheiro, chapeiro, pizzaiolo, confeiteiro, padeiro, garçom, copeiro, enfim, cursos de grande procura. Construção civil, costureira, piloteira, bordadeira, modelista. Então, cursos de grande necessidade no mercado de trabalho. Mas, quero deixar um grande abraço aqui para a população. Cumprimentar o Prefeito Gilberto Kassab pela boa parceria que estamos fazendo em benefício da população, e, principalmente, a comunidade que ganhou aqui um equipamento caprichadíssimo. Parabéns a todos!