Discurso - Inauguração do novo posto do Corpo de Bombeiros e entrega de viaturas para a região 20162901

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Inauguração do novo posto do Corpo de Bombeiros e entrega de viaturas para a região

Local: [[]] - Data:Janeiro 29/01/2016

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: [...] do governador do nosso Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin!

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Boa tarde a todas e a todos. Quero saudar o nosso prefeito, o Elvis Cezar; cumprimentar a Selma, presidente do Fundo Social de Solidariedade; o vice-prefeito Oswaldo Borelli; o César, ex-prefeito aqui do município; Alexandre Moraes, secretário do Estado de Segurança Pública; a deputada federal Bruna Furlan; os deputados estaduais, o Márcio Camargo e o Igor Soares, sua esposa Lisiane; prefeitos aqui presentes, de Jandira, o Gê; Itapecerica da Serra, o Chuvisco; Itapevi, Jaci Tadeu; Pirapora do Bom Jesus, Gregório; Araçariguama, o Roque; Carapicuíba, o Serjão; em São Lourenço da Serra, o Fernando; coronel Duarte, comandante do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo; doutor Albano Davi Fernandes, diretor do Demacro; coronel Ernesto Neto, comandante do CPA/M-8; tenente-coronel Roberto Lago, comandante aqui do 18º Grupamento de Bombeiros; tenente Belucci, comandante aqui do Bombeiro de Santana do Parnaíba, de Parnaíba; a doutora Isabel Cristina, delegada de polícia; o coronel Eduardo Espósito, secretário municipal de Segurança Urbana; vereadores; oficiais de praças da Polícia Militar; Polícia Civil aqui presente; Científica; os bombeiros do município aqui de Santana de Parnaíba; amigas e amigos. Hoje é um grande dia, poucas cidades brasileiras têm um Corpo de Bombeiro da própria cidade, e Santana de Parnaíba, graças, Elvis, a essa parceria tem o bombeiro aqui na sua cidade, essa beleza de prédio, o mais moderno, com sustentabilidade, toda água de chuva das calhas é captada, vai para um sistema de cisternas subterrâneas e com isso nós utilizamos e essa água é reutilizada, água e o prédio com alta sustentabilidade, caminhão auto bomba, viatura de resgate e o melhor modelo, nós temos aqui 25 bombeiros sendo 14 da Polícia Militar e 11 bombeiros civis, então temos um modelo aqui perfeito unindo a Polícia Militar e os bombeiros, e os bombeiros civis, prédio com sustentabilidade, equipamentos novos e modernos e na própria cidade. O atendimento vai ser, ligou a sirene, em 10, 15 minutos vai estar em qualquer lugar no município, isso significa pelo resgate salvar vidas, atendimento rápido e com qualidade salva vida, salvar patrimônio, estimular o desenvolvimento da cidade, alguém vai montar uma fábrica, um comércio, uma empresa de logística, o empreendimento tem bombeiro? Se tiver Corpo de Bombeiro o valor do seguro reduz enormemente, o valor do seguro para uma indústria para uma empresa, para uma atividade qualquer que ela seja, e uma segurança para toda cidade. Quero aqui destacar a boa parceria aqui com o Elvis, estamos entregando também 115 viaturas da Polícia Militar e Civil aqui para os municípios da região oeste e também uma conquista importante, e fechamos o ano passado o menor número de homicídios da série histórica, desde 2001, no estado de São Paulo tinha morrido 13 mil pessoas por ano assassinadas, reduzimos para 12, 11, 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, e fechamos o ano passado com 3.982. O que dá, nós temos 44 milhões de habitantes, o estado de São Paulo é maior do que a Argentina, nós somos o segundo país em termos de PIB na América do Sul, atrás apenas do Brasil, o que dá 8,7 por cem mil habitantes, esses números que parecem frios significam o seguinte, que de 2014 para 2015, 594 pessoas tiveram suas vidas poupadas. Deixaram de morrer 594 pessoas, geralmente jovens, jovens. É uma grande...

[APLAUSOS].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Nós vivemos um momento no Brasil que, às vezes, parece que é politicamente incorreto cumprir a lei, ficou feio, não é? É incrível, cumprir a lei. E elogiar a polícia, elogiar a polícia, pois quero aqui fazer justiça. Se São Paulo virou a página, que era o estado mais violento do Brasil, para o estado mais seguro, nós devemos a esses heróis anônimos, anônimos.

[APLAUSOS].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Quantos morreram? Perderam a vida, covardemente assassinados, só pelo fato de serem policiais. É necessário, Santo Agostinho dizia que é necessário reconhecer, agradecer e retribuir. Então nós queremos reconhecer, agradecer e retribuir, contem conosco para a gente poder avançar ainda mais. Temos aqui uma bela Etec, agora também Fatec, faculdade pública e gratuita, nível superior, as obras aqui da Via Parque. Está concluído no [ININTELIGÍVEL - 00: 01: 36] a restauração da igreja da matriz e todo ali o seu entorno, tem um grande significado histórico, então deveremos estar autorizando até março, incluído no...

[APLAUSOS].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: A região oeste, a região oeste aqui da região metropolitana de São Paulo, terá o maior e melhor sistema de abastecimento de água do país todo. Nós vamos ficar com uma superestrutura. Graças a Deus, passou a crise, mas o ano que vem, 2017, nós vamos inaugurar a maior obra de água do estado, a chamada PPP do Rio São Lourenço.

[APLAUSOS].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: O Rio São Lourenço é o afluente, o Rio São Lourenço é o afluente do Rio Juquiá, que é o afluente do Rio Ribeira. Então, nós vamos buscar água no Alto Ribeira, lá no município de São Lourenço da Serra, de Juquitiba, e trazer água nova para cá, 6,4 metros cúbicos de água por segundo, por segundo. Cada segundo, 6.400 litros de água nova, a 83 km de distância, 300 metros de altitude, passa a Serra de Paranapiacaba e chegamos com a água aqui, exatamente aqui na região oeste da Grande São Paulo, preparados para o desenvolvimento do nosso estado. Essa é uma cidade muito especial. Sua fundadora é a Susana Dias. Uma das poucas cidades, talvez no mundo, fundadas por uma mulher, uma mulher que fundou essa cidade. E daqui, de Santana do Parnaíba, que partiram os Bandeirantes, para empurrar o Tratado de Tordesilhas e alargar as fronteiras do Brasil. Se o Brasil tem essa dimensão continental, um dos maiores países do mundo, nós devemos, aqui, a Santana do Parnaíba, essa terra de Bandeirantes.

[APLAUSOS].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: O prefeito, vindo para cá, nós passamos pela ponte sobre o rio Tietê. E realmente, no horário de rush, aí, no fim da tarde ou de manhã, deve dar um aperto lá, não é? Porque só tem uma pista de cada lado. Então, nós vamos, sim, fazer uma boa parceria para a nova ponte sobre o rio Tietê.

[APLAUSOS].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Quero... Você conhece a...

[APLAUSOS].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Tem uma história de... Uma história de parceria. Na minha cidade natal, em Pindamonhangaba, tinha um médico, tempo antigo, lá para década de 40, que dizem que era muito econômico. Então, um alfaiate de nome Paschoal, vai ao doutor. Vai lá, fez uma consulta, na hora de ir embora, falou: “Olha, doutor”, chamava doutor Lessa. “Olha, doutor Lessa, eu não tenho como pagar. Mas eu sou alfaiate, então se o senhor precisar que eu pregue um botão, eu estou ao seu dispor”. Aí diz que no outro dia o doutor pôs um botão dentro do envelope e mandou para ele: “Paschoal, prega um paletó neste botão”, não é?

[APLAUSOS].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: As parcerias... Vamos fazer o paletó juntos aí, não é? O papa se chama pontífice, que quer dizer pontífice? Pontífice é quem faz ponte, ele faz a ponte entre a terra e o céu. Um construtor de pontes é um pontífice. Nós poderemos ter aqui Elvis I. Grande abraço!

[APLAUSOS]. [[]]