Discurso - Lançamento do Cartão Amigo do Idoso 20132603

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Lançamento do Cartão Amigo do Idoso

Local: Capital - Data: 26/03/2013

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Bom dia a todas e a todos! Estamos muito felizes com a presença aqui, de cada um de vocês que alegram aqui a sede do Governo, são muito bem-vindos! muito bem-vindas! Quero cumprimentar os nossos secretários de Estado. O Edson Aparecido, secretário-chefe da Casa Civil; a Eloisa Arruda, secretária da Justiça e Defesa da Cidadania; o deputado federal Rodrigo Garcia, secretário de Estado do Desenvolvimento Social; professora Linamara Batisttella, secretária dos Direitos a Pessoa com Deficiência; Dr. José Auricchio Júnior, secretário do Esporte, Lazer e Juventude; Nossos deputados aqui presentes: deputada Regina Gonçalves; deputada Analice Fernandes; deputado Estevão Galvão; deputado Rogério Nogueira, que está com a esposa; deputado Gilson de Souza; deputado Aldo Demarchi, que falou em nome dos seus colegas; os prefeitos aqui presentes, saudando o prefeito de Cafelândia, Luis Otávio de Carvalho; prefeitas: Saudando a prefeita de Ribeirão Preto, a Dárcy Vera; Marli Cortez, presidente do Conselho Estadual do Idoso; Dona Joana da Silva Cândido que recebeu aqui a cartilha e falou em nome dos idosos; Sr. Francisco José Pereira, que recebeu o cartão do idoso; Dona Carolina Augusta de Oliveira, que está aqui na primeira fileira, tem 91 anos e está ótima! Paulo Goes, diretor executivo do PROCON; Lobbe Neto, presidente do Cepam; Vice-prefeitos, vereadores, secretários, grupos da Melhor Idade, lideranças, amigas e amigos! Nós estamos muito felizes. São Paulo, um estado amigo do idoso. Eu certa vez, visitei em Goiás Velho, antiga capital de Goiás, antes de ser Goiânia. Na cabeceira do Rio Vermelho, a poetisa Cora Coralina, ela já tinha bem mais de 80 anos. E quando a visitei, ela disse: “Olha, todos nós estamos matriculados na escola da vida, onde o professor é o tempo”. A escola da vida, todo dia nós estamos aprendendo, amadurecendo, melhorando, nos corrigindo, estamos em construção, uma grande escola, que é a escola da vida. E quem vive mais tem mais sabedoria. Nós temos muito a aprender com quem tem mais sabedoria. E São Paulo é um estado amigo do idoso! Então, 1ª boa notícia: Aqui foi citado pelo deputado Aldo Demarchi, o nosso programa de Segurança Alimentar, o Bom Prato. O Bom Prato... 12 anos, Rodrigo? 12 anos! Tudo sobe, inflação existe, mas o Bom Prato nunca muda; R$ 1,00. Só melhora a qualidade! E nós vamos expandir a rede de restaurantes Bom Prato. 2ª boa notícia: O Viva Leite. Viva Leite Idoso. Nós temos hoje 100 mil idosos cadastrados e recebendo o programa hoje, na capital e na Grande São Paulo. 3º: Esporte. Nós estamos fazendo com todas as prefeituras, as academias de ginástica. Ontem nós passamos os equipamentos, todos os municípios que quiserem para terem as academias de ginástica nas praças. E aqui em São Paulo - o Auricchio já está verificando - nós vamos lançar em 60 dias, o Cartão do Esporte para o idoso poder, idoso de menor renda, poderem ter acesso à academia de ginástica nos horários ociosos das academias. 4ª boa notícia: Na habitação. Todas nossas unidades habitacionais 0,5% são destinada aos idosos. E fizemos inclusive em muitas cidades a Vila Dignidade para os idosos, estamos ampliando esse programa. 6ª boa notícia: Acessibilidade. A professora Linamara Batisttella dirige a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, então metrô, trem, equipamentos públicos, ônibus, todos com acessibilidade. E apoiando as prefeituras também para fazer correções urbanas, arquitetônicas para melhorar a acessibilidade; Sexta boa notícia: O turismo. Nós estamos lançando o programa do Turismo da Melhor Idade, no sentido em que as pessoas possam viajar. E espero em 90 dias. Hoje existe o passe do idoso no ônibus municipal, mas quem quiser ir daqui de São Paulo para Rio Preto, não tem. Então nós vamos incluir na licitação, que todos os ônibus dentro do estado tenham duas cadeiras gratuitas só para os idosos, então para ele poder viajar. Então, vai poder visitar um parente, conhecer uma cidade, visitar uma amiga, um amigo, sem gastar absolutamente nada! 7ª boa notícia: É a expansão do Centro de Referência dos Idosos, o CRI. Hoje nós temos CRI aqui em São Paulo lá na zona leste, o CRI de São Miguel; compramos a área d o lado, nós vamos dobrar o CRI. O CRI tem odontologia, prótese dentária, médico, pedicure, manicure, cabelereira, biblioteca, internet, exames na área de saúde. Mas a área mais frequentada é o sexto andar, que é o salão de baile! E todo o CRI vai ter o salão de baile, o Mandaqui também já tem. Então já temos na leste, São Miguel; na Norte, Mandaqui. Agora vamos fazer na Sul e na Oeste mais dois em São Paulo. ABC, Santos na Baixada, Campinas, Ribeirão Preto, nós vamos levar para Grande São Paulo os CRIs e para o interior. 8ª boa notícia é todo o município ter o Centro de Convivência do Idoso, o Rodrigo já está trabalhando, faltam 126, nós fechamos os 645 municípios com o Centro de Referência do Idoso.

A 9ª boa notícia é o Centro do Idoso. Cidades com mais de 50 mil habitantes, todas elas com Centro-Dia. O idoso pode chegar cedo: café da manhã, almoço, lanche, só sai de noite, só não dorme lá, mas passa o dia todo no Centro do Idoso.

10ª boa notícia, ainda na área de saúde, nós estamos expandindo a nossa rede de atendimento, inclusive, umas Santas Casas que estavam de muita dificuldade, nós estamos assumindo para ser hospital de retaguarda, aí o paciente que precisar dar uma animada nele e já dá alta, mas ele vai ter o atendimento personalizado. E hoje nós estamos aqui para lançar a 11ª boa notícia, homenagem número 11 ao maior jogador brasileiro, Neymar, mas a 10ª... Mas pode ser o Alexandre Pato, pode ser o Rogério Ceni, pode ser o Valdívia, mas a 11ª, que é a campeã, é o lançamento da cartilha que todos vão recebe, os Direitos do Consumidor Idoso, feita pelo Procon e pela Secretaria da Justiça e o cartão. O que nós detectamos? Nós detectamos que tem 32 mil pessoas no estado de São Paulo com mais de 80 anos de idade que não recebem nada, então, eles vão receber o cartão em maio, pelo correio, em casa, e já pode tirar a o dinheiro. Todo o mês, começa com R$ 100, vai no Creas lá da prefeitura, validar o cartão ou no banco, desbloquear o cartão, ou no banco. Certamente, existem mais pessoas, então, nós vamos primeiro os que já estão no Cadastro Único, pagar os 32 mil Cartão do Idoso, e depois fazer uma busca ativa porque, certamente, tem mais pessoas no estado de São Paulo que não recebem absolutamente nada ou recebem abaixo do que está estabelecido na legislação. Mas quero dizer da alegria de recebê-los aqui e agradecer aos nossos secretários, o Auricchio, o Edson, o Rodrigo Garcia. Nós tivemos já, na Secretaria da área social, bons secretários, historicamente, eu me lembro do governo Montoro, Carlos Alfredo Souza Queiroz, bons secretários, mas quero dizer o seguinte: o Rodrigo é campeão, campeão! Porque tem boas propostas e tira do papel as boas propostas e coloca em prática. Então, muito obrigado, Rodrigo! Quero agradecer à Eeloísa Arruda, que é craque, aliás, as mulheres são melhores do que nós homens. À Heloísa; agradecer à professora Linamara; agradecer o Paulo Góes, do Procon; agradecer os nossos deputados aqui presentes, o Rogério Nogueira, o Aldo Demarchi, a Regina Gonçalves, o Estevam Galvão, o Gilson de Souza, Analice Fernandes, enfim, todos os nossos parlamentares; agradecer e cumprimentar os nossos prefeitos e prefeitas, os nossos parceiros, e, especialmente, trazer um abraço muito carinhoso para vocês! Nós ficamos muito felizes com a presença da Melhor Idade, de todos vocês, que trouxeram a alegria, o entusiasmo de vocês! Eu que já entrei na Melhor Idade, eu quero trazer aqui 2 boas notícias para nós, da melhor idade. A primeira para os homens: nós vamos passar de 100 anos. 100 anos agora, vai ser fichinha! E outra para as mulheres: As mulheres não morrerão mais! Um abraço!