Discurso - Mudanças no sistema de ensino da rede estadual paulista 20130811

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Mudanças no sistema de ensino da rede estadual paulista

Local: Capital - Data:08/11/2013

Governador: Bom dia a todas e a todos quero cumprimentar o professor Hermann Voorwald secretário de estado da educação, Olimpio Neto dar as boas vindas a ele que é do estado do Tocantins, nosso secretário adjunto João Cardoso Palma Filho, Paulo Matias da Escola da Família, Francisco Poli presidente do sindicato do especialistas de educação do magistério oficial do estado, coordenadores de ensino, dirigentes regionais, professoras, professores, amigas e amigos hoje é um dia importante nós temos no ensino fundamental perto de 13 milhões aproximadamente 3 milhões de alunos e um grande debate que é a questão da progressão continuada que é correta, que é adequada o aluno que falta acima do limite ele é reprovado todo ano mas se ele não falta porque ele não aprende então se faz um esforço de reforço escolar de procurar aluno, aluna dar condição para ele possa prosseguir nos seus estudos até porque a reprovação continuada leva a evasão escolar é uma medida correta tanto é que hoje no Brasil inteiro nos três primeiros anos até o terceiro ano está implantada a progressão continuada até como política publica do MEC para todo o pais de outro lado nós precisamos avançar no sentido de que este modelo traga bons resultados sem efeitos colaterais e eu queria fazer uma distinção aqui ao professor Hermann porque ele talvez tenha sido quem mais ouviu a rede o professor Hermann ouviu, ouviu, ouviu, visitou, percorreu o estado e quem ouve mais erra menos acho que nós estamos dando um passo importante dizendo olha eram oito anos, era oito anos, avaliação no quarto e no oitavo ano, no final de cada ciclo, agora não são mais oito passaram a ser nove anos ai continuaram só duas avaliações, no quinto e no nono ano, então hoje nós estamos dando um passo dizendo assim olha o ano que vem já vale para o ano que vem nós vamos ter três avaliações, avaliação sempre não é, alias avaliação que era semestral ela passara a ser bimestral, é avaliação sempre, mas a reprovação é no terceiro, no sexto e no nono ano, acho que é uma medida extremamente importante que vai aprimorara a progressão continuada em beneficio dos alunos é igual eleição viu Hermann você tem duas teses, uma tese que não deveria ter reeleição e mandato de seis anos as democracias modernas não fazem isto as democracias modernas você tem avaliação mais curta, mais curta os Estados Unidos mandato de deputado é dois anos, dois, a cada dois anos se submete a uma avaliação é que lá o voto é distrital então a campanha (ilegível), e tal, eu entendo que quanto mais avaliações nós tivermos melhor e sempre com reforço escolar ao dando oportunidade ao aluno não é a cultura da reprovação mais é a oportunidade de recuperação isso tem o lado também pedagógico, o aluno opa no sexto ano eu vou ter a avaliação e posso não passar, ou seja, tem também o lado pedagógico e dentro de todo este esforço de educação compromisso de São Paulo valorização do magistério com uma carreira de estado importantíssima, recursos humanos com 59 mil professores agora nós chegaremos a 93 mil professores efetivados, concursados, Escola da Família reforçada trazer os pais para próximo da escola, escola de tempo integral nós avançarmos para a escola de tempo integral, os CEUS estimular a segunda língua, o VENCE este grande desafio de tornar o ensino médio mais atraente porque no mundo inteiro há uma dificuldade de você segurar o aluno, tornar a escola mais atraente, prepará-lo também melhor para o futuro, e agora uma duramente discutida com a rede, amadurecida com a rede uma mudança que eu vejo vai aperfeiçoar o modelo que é a progressão continuada com as avaliações para a reprovação, porque avaliação tem que ter sempre, mais avaliação para reprovação do terceiro, do sexto e do nono ano, eu queria deixar um grande abraço para vocês, tenho uma inveja danada do Hermann porque ele tem uma equipe de craques ai de campeões e fiquei muito feliz em recebê-los e convidá-los ai para um cafezinho, bom trabalho.

Aplausos. Capital