Discurso - Visita à Escola de Moda do Fundo Social de Solidariedade 20162810

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Visita à Escola de Moda do Fundo Social de Solidariedade

Local: [[]] - Data:Outubro 28/10/2016

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: [...] do governador de todos os paulistas, Geraldo Alckmin.

[APLAUSOS].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Boa tarde a todas e a todos. Estimado prefeito de Marabá Paulista, o Hamiltinho; a Elena, sua esposa, presidente do Fundo Social de Solidariedade; Wilson Guidorizzi, vice-prefeito; vereador Danilo Cavalcante dos Santos, presidente da Câmara; secretário de Estado da Justiça, doutor Márcio Elias Rosa; secretário de Estado da Habitação, deputado federal Rodrigo Garcia, nós entregamos agora há pouco no município de Presidente Bernardes, fizemos um sorteio de 125 casas, é o Rodrigo que comanda, é a área da Habitação. Coronel José Roberto, chefe da Casa Militar; cadê o José Roberto? José Roberto, entregamos também uma ponte sobre o Rio Santo Anastácio. Deputado Ed Thomas; deputado Mauro Bragato; Marco Pilla, diretor do Itesp; Marco Rocha, nosso prefeito de Regente Feijó e presidente da Unipontal. Prefeitos; de Presidente Venceslau, Jorge Duran; Caiuá, Paulinho; Teodoro Sampaio, Cesar Herling; Piquerobi, o Dudu. Prefeitos eleitos de Euclides da Cunha, doutor Christian; e de Caiuá, a Rute. A Elisângela Aparecida de Souza, do Fundo Social aqui do município; as nossas técnicas do Fundo, a Márcia Bertoz e a Patrícia [ININTELIGÍVEL]. As professoras de escola de moda, professora Fátima [ININTELIGÍVEL] Tereza Monteiro; a Michele Justino, em nome de quem quero cumprimentar todas as alunas e alunos do curso de escola de moda. A Maria Rita de Souza Neves de Oliveira, em seu nome cumprimentando os beneficiários aqui com a regularização fundiária. A Helena e o Marcelo, produtores rurais do assentamento Santa Angelina de Caiuá. Capitão Camatari; sargento Nicoleti; o Chicão; o Mauro Villanova; o Antero Moreira França Júnior, da Sabesp; Cibele Rondó, diretora da Etec de Presidente Venceslau, a melhor nota do Enem da região, parabéns, viu.

[APLAUSOS].

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: O grupo da melhor idade Ser e Conviver. O Denilson [ININTELIGÍVEL], diretor técnico da penitenciária de Marabá. Amigas e amigos. Quatro boas notícias. A primeira boa notícia é a entrega dos títulos. São 138 famílias que, hoje, vão receber o título de regularização fundiária, o título de propriedade. Isso custaria aí quase R$ 5 mil, se fosse contratar advogado e agrimensor, topógrafo, tudo feito pelo Itesp. Nós estamos indo, Hamiltinho, cidade por cidade, entregando título e registrado no cartório, para as famílias das cidades, fazendo a regularização fundiária, para amanhã não vir alguém... Amanhã, pode aparecer alguém e dizer: “Olha, a casa é minha. O terreno é meu”, “Não, não. O documento está aqui e está registrado”. Então, um trabalho que é feito com muito capricho pela fundação Itesp. A segunda boa notícia é o curso do Fundo Social de Solidariedade, e eu quero trazer um abraço carinhoso da Lu aqui para vocês. A Lu tem verdadeira paixão pelos cursos. Aqui foi curso de moda, não é? O curso de moda. Então, a pessoa aprende costureira, piloteira, modelista, esses vestidos que as nossas modelos aqui desfilaram, são feitos por elas, até vestido de noiva é feito pelas alunas do curso de moda. A pessoa pode conseguir um bom emprego ou trabalhar em casa, trabalha e passa a ter renda, melhora a sua renda. A terceira boa notícia é que o Itesp, os nossos 137 assentamentos, a gente cuida deles, estrada, escola, energia elétrica, inclusive, água. Então, através da Secretaria de Recursos Hídricos, nós investimos R$ 5,2 milhões para implantar 31 poços no estado de São Paulo. E um deles... Nós estamos entregando o poço profundo, ele vai lá na profundeza, para ter bastante água para o assentamento. No assentamento Santo Antônio, onde nós temos 73 famílias lá vivendo e trabalhando. E a quarta boa notícia é que nós vamos ter mais duas fazendas, a fazenda Floresta e a fazenda Nazaré, mais duas grandes áreas para reforma agrária. A gente imagina que serão mais 250 famílias, que vão poder realizar os sonho de ter a sua terra, para poder produzir, para poder gerar oportunidade, riqueza, alimentos. Nós estamos vindo, Hamiltinho, de Bernardes, e lá estivemos no assentamento Florestan Fernandes, e eu vi orgulho lá do senhor Elias dizendo: “Eu produzo 100 litros de leite por dia na minha área”, 100 litros de leite por dia. Aliás, quero dar a quinta boa notícia... A Helena tira 500 litros de leite por dia, por dia! Quinhentos litros de leite por dia. E a quinta boa notícia é que o doutor Márcio Elias Rosa, secretário de Estado da Justiça, já está trabalhando para gente comprar o leite, diretamente do produtor, o PPAIS do leite, o programa de compras diretas, o PPAIS do leite para a gente poder melhorar a renda de quem trabalha no campo e o governo também comprar melhor os seus produtos. O prefeito, o Hamiltinho, deixou comigo aqui a questão da ponte entre Marabá e Presidente Venceslau, vou verificar, sim, a questão da ponte e vou ver também a questão da unidade penitenciária, porque é muito emprego. Hoje, uma nova unidade prisional, ela gera empregos diretos, 300 empregos diretos, fora os empregos indiretos, e além do ISS, melhora a arrecadação da prefeitura. Quero deixar um agradecimento aqui ao Hamiltinho, cumprimentando pelo seu trabalho, prefeito. Cumprimentar o Rodrigo Garcia, nosso secretário da Habitação; o José Roberto, da Defesa Civil; o doutor Márcio Elias Rosa, da Justiça; os nossos deputados, os amigos, o Mauro Bragato e o Ed Thomas. E, em especial, deixar um abraço muito carinhoso para cada um e cada uma de vocês que encheu o nosso coração de alegria com as suas presenças. Muito, muito obrigado. [[]]