Discurso - Visita às obras das enfermarias da Santa Casa e reabertura do Hospital Santa Isabel - Unidade Veridiana 20131802

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Visita às obras das enfermarias da Santa Casa e reabertura do Hospital Santa Isabel - Unidade Veridiana

Local: Capital - Data: 18/02/2013


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Bom dia! Bom dia a todas e a todos! Estimado governador Laudo Natel, governador que inaugurou aqui o hospital Santa Isabel; Dr. Kalil Rocha Abdalla, provedor da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo; deputado federal Roberto Freire; deputados estaduais: Dr. Antônio Salim Curiati, que como médico aqui trabalhou; Dr. Jooji Hato, Osvaldo Vergínio, Marcos Zerbini; vereadores: Floriano Pezaro, Marco Aurélio Cunha, Rubens Calvo; Celso Jatene, secretário de Esportes do município de São Paulo; desembargador João Alberto Pezarini; prefeita de São José da Bela Vista, Célia Maria Santos; Dr. Antônio Carlos Forte, superintendente aqui da Santa Casa; professor Valdir Golin, diretor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa aqui de São Paulo; o corpo clínico, administrativo, amigas e amigos. Dizer da alegria de participarmos hoje da inauguração da nova unidade, a unidade Veridiana do Hospital Santa Isabel, completando 40 anos. O presidente Médici só não está presente porque não era cliente aqui da Santa Casa, não é? E nós vimos ali que os médicos todos que estavam presentes aqui na inauguração, estão todos aqui trabalhando. Mas dizer da alegria, Dr. Kalil... Qual instituição, não só no Brasil, mas no mundo, vai completar meio milênio daqui a pouco, 500 anos?A Santa Casa de São Paulo é de 1560, século XVI, tempo do índio Tibiriçá. A Santa Casa de São Paulo, esse prédio aqui é de 1884, aliás, neste local, o conjunto todo, desde 1884. O Santa Isabel completando 40 anos. A Faculdade de Medicina, “Top”. Em ciências médicas da Santa Casa de São Paulo é o que nós temos de mais avançado em pesquisa, ciência, avanço, tecnologia, conhecimento, residência médica. Um centro de excelência aqui de São Paulo. E sempre se modernizando. E agora já as duas unidades: a unidade Veridiana e a unidade Jaguaribe; 240 leitos de convênio que ajudam a manter a Santa Casa, que tem 2.217 leitos, 18 mil pessoas trabalham na Santa Casa. É uma excelência, administra por contrato de gestão, cinco unidades nossas: o hospital de Guarulhos, que é um dos grandes hospitais, é administrado pela Santa Casa, o hospital do estado; o hospital de Franco da Rocha, um hospital novo, que nós inauguramos há dois anos, nosso contrato de gestão, Santa Casa de São Paulo; hospital de Francisco Morato, Santa Casa de São Paulo; o CAISM de franco da Rocha, que é o centro que atende dependentes químicos e saúde mental, Santa Casa de São Paulo; e o ambulatório Martin Fontes, um dos grandes ambulatórios aqui da capital. Trabalho maravilhoso... Aliás, quero saudar também o professor José da Silva Guedes, que é ligado aqui à Santa Casa, que foi nosso secretário de Estado da Saúde. O hospital penitenciário também, Santa Casa de São Paulo. Aqui só tem campeão, Kalil, são todos Neymar. Ou melhor, cometi uma gafe aqui... São todos Rogério Ceni, Luís Fabiano, não é? Parabéns! Bom trabalho a todos! Contem conosco!