Infraestrutura e Obras - Escolas Estaduais

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar
Atualizado em: 17 de dezembro de 2013
Infraestrutura e Obras - Escolas Estaduais
Dados 3.396 obras / 877 salas / 92.085 vagas / R$ 943,8 milhões (2011 - 2012)
Órgão Educação e FDE
Página Infraestrutura e Obras - Escolas Estaduais

A Secretaria de Educação, investiu R$ 1,6 bilhão em obras para novas escolas em todo o Estado, entre os anos de 2011, 2012 e 2013, resultando em mais de 5.355 obras, 877 salas e 104.580 vagas para os alunos de toda rede estadual de ensino.

Somente em 2011, o valor de investimento foi de R$ 360,4 milhões, aumentando o número de salas e vagas escolares. Em todo Estado foram feitas 1.706 obras, 416 salas de aulas e foi criado mais 43.150 mil vagas para os alunos.

No ano de 2012, os investimentos foram de R$ 583,5 milhões, entre obras, salas e vagas escolares no Estado. O valor total foi de 1.690 obras, 461 salas e 48.405 vagas.

Em 2013, o investimento foi de R$ 688 milhões, em obras de melhorias para ampliar a qualidade da infraestrutura dos prédios das escolas estaduais e o desenvolvimento das atividades pedagógicas, além da expansão do número de vagas na rede estadual de ensino. No total, foram 1.959 obras escolares, incluindo 12 novas escolas entregues em todo o Estado, com capacidade para atender mais 12.495 alunos.

TOTAL DE OBRAS CONCLÚIDAS EM 2011, 2012 E 2013
Ano Local Obras Salas Vagas Investimento
2011
Capital
455
142
14.910
R$ 17,3 milhões
Gde.São Paulo
423
44
4.620
R$ 54,0 milhões
Interior
828
230
4.620
R$ 24.150 milhões
Subtotal
1.706
416
43.680
R$ 360,4 milhões
2012
Capital
354
173
18.165
R$ 174,6 milhões
Gde.São Paulo
404
41
4.305
R$ 130,1 milhões
Interior
932
247
25.935
R$ 278,7 milhões
Subtotal
1,690
461
48.405
R$ 583,5 milhões
TOTAL
3.396
877
92.085
R$ 943,8 milhões
2013
Capital
650
173
18.165
R$ 272,8 milhões
Gde.São Paulo
703
41
4.305
R$ 185,3 milhões
Interior
1.312
247
25.935
R$ 428 milhões
Subtotal
2.665
461
48.405
R$ 886 milhões
TOTAL
6.061
877
92.085
R$ 1,9 bilhões


Escolas Novas

Atualizado em: 30 de janeiro de 2013

Em 2011, foram investidos R$ 168 milhões em obras de infraestrutura como construção de 26 novas escolas e 416 salas de aula. Além de obras de ampliação em 31 unidades. No ano de 2012, foram construídas 31 escolas estaduais e 461 salas de aulas, com o investimento de R$ 160,9 milhões.

OBRAS NOVAS - CONCLUÍDAS
Ano Local Obras Salas Vagas Investimento
2011
Capital
6
81
8.505
R$ 39,2 milhões
Gde.São Paulo
2
28
2.940
R$ 6,9 milhões
Interior
18
180
18.900
R$ 64,0 milhões
Subtotal
26
289
30.345
R$ 110,2 milhões
2012
Capital
9
128
13.440
R$ 47,5 milhões
Gde.São Paulo
2
24
2.520
R$ 8,6 milhões
Interior
20
183
19.215
R$ 67,0 milhões
Subtotal
31
335
35.175
R$ 123,1 milhões
TOTAL
57
624
65.520
R$ 233,2 milhões


Construção e ampliação de escolas - Acompanhamento Anual
Ano Escolas construídas Ampliações Salas construídas Investimentos
2012
31
21
461
R$ 160,9 milhões
2011
26
31
416
R$ 168,2 milhões
2010
28
43
498
R$ 200,1 milhões
2009
32
39
483
R$ 137,2 milhões
2008
38
38
458
R$ 95,7 milhões
2007
36
26
454
R$ 69,3 milhões


Em 18 de dezembro de 2012, o governador Geraldo Alckmin apresentou propostas de parceria entre Estado e União na área da Educação.

As principais ações para a Secretaria da Educação incluem Plano de Expansão da Rede Física, que prevê a construção de 137 unidades escolares com 1.446 salas de aula; implantação de acessibilidade física em 717 escolas estaduais; e a construção de 17 escolas indígenas. O Governo aguarda análise do Ministério da Educação e posterior liberação dos recursos.

Fonte: AI SEE SDECT


Novas Escolas 2011/2014

O Governo de São Paulo entregou nessa gestão (2011/2014), 11 novas escolas estaduais. Os municípios contemplados foram: Bragança Paulista, Campinas, Bauru, Amparo, Pedreira, Hortolândia, São Luiz do Paraitinga, Indaiatuba, Brasilândia, Araraquara e Ourinhos. Investimento total de aproximadamente R$ 38 milhões.

Novas Escolas 2011/2014
Ano Escola Município Investimento
08/01/2011
EE Bairro Água Comprida
Bragança Paulista
R$ 2.337.825,72
13/04/2011
EE Culto à Ciência
Campinas
R$ 2.989.927,44
19/09/2011
EE Guia Lopes
Bauru
R$ 3.904.491,32
17/02/2012
EE Bairro dos Rosas
Amparo
R$ 4.346.057,66
17/02/2012
EE Ana Ferrari Rossi
Pedreira
R$ 1.970.202,08
13/04/2012
EE Jardim Amanda
Hortolândia
R$ 5.069.603,60
08/05/2012
EE Monsenhor Ignacio Gioia
São Luiz do Paraitinga
R$ 4.981.971,21
04/05/2012
EE Jardim Colonial
Indaiatuba
R$ 4.326.044,45
16/05/2012
EE Ilha da Juventude
Brasilândia
R$ 3.429.782,18
03/06/2013
EE Alto de Pinheiros
Araraquara
R$ 2,9 milhões
08/06/2013
EE Professor Júlio Mastrodomênico
Ourinhos
R$ 2,66 milhões
01/08/2013
Escola Estadual Vila Yolanda IV
Capital
R$ 5,4 milhões
06/09/2013
Escola Estadual Jardim Nossa Aparecida II
Brasilândia
R$ 3,9 milhões

Ampliações de Escolas

Atualizado em: 31 de janeiro de 2013

Entre 2011 e 2012 foram investidos no total de R$ 95,8 milhões em ampliações nas escolas da rede estadual. Em 2011 o valor total foi de R$ R$ 58,0 milhões, já em 2012 o valor nas obras de ampliações foi de R$ 37,8 milhões.

Ampliações - Concluídas
Ano Local Obras Salas Vagas Investimento
2011
Capital
11
61
6.405
R$ 28,1 milhões
Gde.São Paulo
3
16
1.680
R$ 10,5 milhões
Interior
17
50
5.250
R$ 19,4 milhões
Subtotal
31
127
13.335
R$ 58,0 milhões
2012
Capital
4
45
4.725
R$ 18,1 milhões
Gde.São Paulo
2
17
1.785
R$ 7,0 milhões
Interior
15
64
6.720
R$ 12,7 milhões
Subtotal
21
126
13.230
R$ 37,8 milhões
TOTAL
52
253
26.565
R$ 95,8 milhões

Obras de Reforma

Atualizado em: 20 de janeiro de 2014

Entre 2011 e 2012 foram investidos no total de R$ 570,1 milhões em obras de reformas nas escolas da rede estadual. Em 2011 o valor foi de R$ 176,1 milhões nas reformas, já em 2012 o valor nas obras foi de R$ 393,7 milhões.

Em 2014, estão em andamento 2,1 mil obras em escolas de todo o Estado, com investimento de mais de R$ 1,3 bilhão, que devem gerar mais de 160 mil vagas, além de 348 novas escolas, 53 ampliações, 1.548 reformas e 216 coberturas de quadras.

TOTAL DE OBRAS DE REFORMA EM 2011 E 2012
Ano Local Obras Investimento
2011
Capital
420
R$ 46,6 milhões
Gde.São Paulo
393
R$ 31,0 milhões
Interior
771
R$ 98,8 milhões
Subtotal
1.584
R$ 176,4 milhões
2012
Capital
302
R$ 97,2 milhões
Gde.São Paulo
372
R$ 106,8 milhões
Interior
865
R$ 189,6 milhões
Subtotal
1,539
R$ 393,7 milhões
TOTAL
3.123
R$ 570,1 milhões


Obras de Reforma
Ano Obras Valor
2012
1.539
R$ 393,7 milhões
2011
1.584
R$ 176,4 milhões

Obras de acessibilidade

No ano de 2011, foram realizadas 78 obras de acessibilidade nas escolas estaduais. Investimento de R$ 129,9 milhões nas construções de rampas de acesso, banheiros, acessíveis e balcões de atendimento, colocação de elevadores, trilhas indicativas para deficientes visuais, correções de desníveis e criação de vagas de estacionamento demarcadas, dentre as várias exigências, de acordo com as normas técnicas vigentes e o diagnóstico para cada região. Em 2012, 18 obras já foram realizadas com o investimento de R$ 48,4 milhões.

Obras de acessibilidade
Ano Obras Valor
2012
18
R$ 48,4 milhões
2011
78
R$ 129,9 milhões
2010
108
R$ 140 milhões
2009
220
R$ 210 milhões
2008
83
R$ 98 milhões
2007
91
R$ 80 milhões
2006
70
R$ 102 milhões

FONTE: Secretaria de Educação Data referente: até março/12

Coberturas de Quadras

Atualizado em: 30 de janeiro de 2013

Para garantir as condições adequadas à prática esportiva oferecida aos milhões de alunos da rede pública estadual de ensino, todas as unidades escolares, onde há viabilidade técnica, terão suas quadras poliesportivas restauradas e cobertas, o que representa melhor proteção contra sol, chuva e efeitos de intempéries ambientais(vento forte, temporal, seca, calor tórrido,etc).

Além disso, todos os novos prédios escolares atualmente construídos já prevêem em seus projetos originais a existência de quadra coberta inserida no corpo da construção. Em 2011, foram investidos R$ 16 milhões nas coberturas de 60 quadras estaduais. No ano de 2012, foram feitas 99 quadras, o investimento total foi de 28,9 milhões de reais.


COBERTURA DE QUADRAS - CONCLUÍDAS
Ano Local Obras Investimento
2011
Capital
18
R$ 3,4 milhões
Gde.São Paulo
25
R$ 5,6 milhões
Interior
22
R$ 6,9 milhões
Subtotal
65
R$ 15,9 milhões
2012
Capital
39
R$ 11,8 milhões
Gde.São Paulo
28
R$ 7,7 milhões
Interior
32
R$ 9,4 milhões
Subtotal
99
R$ 28,9 milhões
TOTAL
164
R$ 44,8 milhões


Cobertura de Quadra - Acompanhamento Anual
Ano Quadras Cobertas Investimento
2012
99
R$ 28,9 milhão
2011
65
R$ 15,9 milhões
2010
221
R$ 75,5 milhões
2009
404
R$ 123 milhões
2008
446
R$ 102 milhões
2007
230
R$ 39 milhões
2006
-
2005
249
2004
74
2003
271
2002
528
2001
896
2000
16
1999
39
1998
32
1997
11
1996
1
1995
0

Fonte: Secretaria da Educação

2017

06/01/2017 - Rede estadual recebe mais de R$ 34 milhões para manutenção de escolas

Os alunos da Rede Estadual de São Paulo vão voltar às aulas com as escolas renovadas. Neste ano, as mais de 5 mil unidades da rede paulista receberão, juntas, R$ 34,7 milhões para a realização de serviços de prevenção e reparos em prédios escolares. O valor por unidade é calculado a partir do número de alunos matriculados.

O governador Geraldo Alckmin participou nesta sexta-feira (6) do início das obras de manutenção e preparação para o próximo ano letivo da Escola Estadual Marisa de Mello, zona leste da capital. “Durante todos este mês de janeiro, as escolas serão pintadas, passarão por reparos, pintura, corte de grama e limpeza para poder receber bem os alunos no dia 1°”, afirmou o governador.

Com o repasse, as escolas poderão contratar e acompanhar serviços de pintura, troca de torneira, limpeza da caixa d’água, fiação elétrica, revestimentos, troca de vidros, janelas e esquadrias. Para intervenções de maior complexidade, que necessitam do acompanhamento de laudos e engenheiros – como a construção de quadras e ampliação de prédios -, a Diretoria Regional de Ensino realiza um processo diferente, que envolve uma autorização feita pela Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE).

A verba é destinada às unidades que atendem alunos do Ensino Fundamental (Ciclos I e II) e Ensino Médio. As unidades dos Centros Estaduais de Educação de Jovens e Adultos (CEEJA) também estão incluídas.

Além do fundo de prevenção, as escolas são assistidas pelas unidades móveis que atuam em serviços emergenciais (por exemplo, quebra de telhas após temporais). As equipes gestoras são as responsáveis pela comunicação com as Diretorias de Ensino e remessa de pedidos para a solução dos problemas mais simples das escolas.


03/03/2017 - Geraldo Alckmin inaugura Escola Estadual em Garça

Inaugurada nesta sexta-feira (3), mas em funcionamento desde o início do ano letivo de 2017, a EE Professora Norma Monico Truzzi, no distrito de Jafa, em Garça, tem 221 alunos matriculados nos últimos anos do Ensino Fundamental, Médio e Ensino de Jovens e Adultos (EJA). A unidade educacional conta com recursos para atendimento de pessoas com deficiência intelectual.

Ver também

Links externos