Discurso - Entrega de 304 unidades da CDHU em Álvares Machado e descerramento de placa de melhoramentos de dispositivos na SP 270 - 20121710

De Infogov São Paulo
Revisão de 09h21min de 22 de outubro de 2012 por Natalia.fransilva (discussão | contribs) (Criou página com ''''Entrega de 304 unidades da CDHU em Álvares Machado e descerramento de placa de melhoramentos de dispositivos na SP 270''' '''Local: [[Região de Presidente Prudente|Álvares…')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Entrega de 304 unidades da CDHU em Álvares Machado e descerramento de placa de melhoramentos de dispositivos na SP 270

Local: Álvares Machado - Data: 17/10/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Bom dia. Bom dia a todas e a todos. Hoje é dia 17 de outubro, não é? E é um dia histórico porque a gente nunca esquece o dia que a gente consegue ter uma casa própria. E a partir de amanhã já pode começar a mudar, não é isso, Dr. Agenor? Então a partir de amanhã, feita a vistoria o pessoal já pode ir começando já a mudar. E as casa ficaram muito bonitas aqui. Quero cumprimentar o prefeito de Álvares Machado, Dr. Juliano, o presidente do Fundo Social de Solidariedade, a Dra. Renata, o presidente da Câmara Municipal, o vereador José Cláudio Bresan, deputado federal Silvio Torres, secretário da Habitação, coronel Meira, secretário da Casa Militar que está aqui conosco, deputados estaduais, o Mauro Bragato e o Ed Thomas, deputados aqui da região, prefeito de Presidente Prudente, o Tupã, de Quatá o Marcelo, João Ramalho, o Zezé, Rancharia o Alberto Cezar, Presidente Epitácio o Furlan, Parapuã o Samir, Emilianópolis o Francisco Bresque, Pirapozinho Brambilla, Piquerobi, José Edvaldo, Tupi Paulista o Ferracini, o Horácio Fernandes, prefeito eleito aqui de Álvares Machado. Os prefeitos eleitos de João Ramalho, o Vagner. De Quatá, Luciana. Palmital, a Ismênia. Caiabu, o Dario. Rancharia, o Marquinhos. Presidente Epitácio, o Picuxa. Mirante de Paranapanema, o Carlinhos. Presidente Venceslau, Jorge Duran. Tarabai, o Elias Natalino. Dracena, o Pedreti. Teodoro Sampaio, o Cezar. Cumprimentar o presidente da CDHU, o Dr. Antônio Carlos do Amaral, o diretor do Deinter, o delegado Dr. Valmir Geraldi, Dr. José Carlos Oliveira Junior, seccional, Dr. Erio Miola Junior, delegado de polícia do município, coronel Leopoldo, comandante da região, Mauro Vilanova, gerente regional, gerente de relações institucionais da Cart que é a concessionária da região. Nós estamos fazendo aqui a duplicação com New Jersey para dar mais segurança na rodovia Raposo Tavares. Cumprimentar o José Carlos Cabrera Parra, a Tereza Gonçalves, associação do bairro Chácara Arthur Boigues, os novos moradores e moradoras, amigas e amigos. Estamos muito felizes, viu, de voltar aqui à Álvares Machado. Eu acho que nós já estamos chegando aqui a mil unidades, não é isso? 941 só aqui nesses dois anos do meu mandato, quase mil. A gente imaginar cinco pessoas cada apartamento ou casa dá cinco mil pessoas. A população de Álvares Machado tem 23 mil, ou seja, mais de 20%, quase ¼ da população que sai do aluguel. Quanto é um aluguel de uma casa ou apartamento aqui, novinho assim? 300? 400 reais? Até 500 reais? E é um dinheiro sofrido, não é isso? Porque todo mês você paga aquele aluguel e não fica nada. Aqui vocês vão pagar muito menos do que o aluguel para ser dono da casa, para ter a escritura, para ter o teto, para deixar para os filhos, para ter a segurança da moradia. A gente fica muito feliz. O Brasil tem quantos estados? Vinte e seis. Mais o Distrito Federal dá vinte e sete. O estado de São Paulo é o único estado do Brasil que põe 1% do ICMS todo ano. Esse ano se somar a carteira da CDHU mais o 1% mais os financiamentos dá quase dois bilhões em moradia. Aqui na região, o Silvio Torres colocou, nós já entregamos perto de 3.800 casas e apartamentos o ano passado e esse ano. Temos 3800 em obra. E o vamos começar 5800. Vai dar em torno de 13 a 14 mil moradias. Cada casa entre emprego direto e indireto, da 3 empregos, por que trabalha, pedreiro, servente, engenheiro, secretário, eletricista, motorista, ou comércio que é ativado, movimenta a economia, então é muito importante. E o conjunto com água, esgoto, calçada, asfalto, iluminação pública, e as casas o melhor acabamento e com uma coisa dificilmente uma casa tem que é energia solar. O que quê gasta conta de luz? O que quê é? É chuveiro! Não é isso? Chuveiro é que faz aquele reloginho girar rápido, então a luz da sala do quarto, é pouquinho. O que gasta mesmo é chuveiro. A energia solar esquenta a água sem precisar usar energia elétrica, então nós estamos ajudando o Brasil na sustentabilidade, por que está aproveitando a energia do sol e a conta de luz vocês vão sentir, quem mudar agora para cá, vai ver que a conta de luz caí e vai cair para a vida inteira, é uma economia, todo mês está economizando ali um dinheiro da conta de energia elétrica. Eu queria dizer ao prefeito, doutor Juliano, que ele deixou aqui o pedido, nós tínhamos aqui um prédio, pela no centro, que é o Expurgo, área lá do Expurgo, no centro da cidade, e nós vamos adoro, você ligou para Mônica? Nós vamos doar o terreno, agora já derrubou o prédio. Nós vamos o doar para a prefeitura fazer uma praça, uma área verde lá no centro de cidade. E nós temos aqui o parque dos Pinheiros, que nós liberamos aí 59 9 mil reais para a galeria de águas pluviais e infraestrutura, e nós vamos mais no fim do ano, raspar o fundo do tacho lá e mandar mas um dinheirinho para asfalto aí para ajudar o município. Quero agradecer, agradecer o Silvio Torres, nosso secretário da habitação, fazendo um ótimo trabalho, agradecer ao presidente da CDHU, nosso presidente doutor Amaral, preside a empresa, o Mauro Vilanova, que dirige aqui a CDHU, em nome deles agradecer todos. Cumprimentar, chegou o prefeito eleito de Piquerobi, cadê o Dudu? Está lá atrás, Arlete, prefeita de Ribeirão dos Índios, está aqui na frente. E dizer o seguinte: Eu já fui prefeito, esse período é da lua de mel agora, porque ganhou a eleição, mas ainda não começaram a suar camisa. Eu me elegi prefeito em Pinda, na minha cidade Natal, na década de 70, colega do doutor Juliano, era médico, e jovem e assumir naquele tempo não era primeiro de janeiro, era primeiro de fevereiro, agora que é primeiro de janeiro, então assumir, primeiro de fevereiro. E tinha um loteamento na cidade, que chamava Beira Rio, o nome já indica o problema. E aí uma chuvarada no mês de fevereiro e eu estreei na prefeitura com uma enchente, mas alagou o Beira Rio inteiro, aí eu sem dinheiro, década de 70, município pequeno, aí emprestei do quartel uma retroescavadeira, dei o óleo diesel e fiz o mutirão, então chamei o povo para a gente limpar o bairro, num sábado, e eu fui lá dar exemplo, valentão do bambi tinha lá. Aí uma hora da tarde, verão, um calor insuportável, pingando de suor, barro até na cabeça, naquele tempo não era careca. E aí o colega meu, era solteiro, jovem, um colega meu, num Jipe sem capota, aquele Jipinho Iris antigo, uma loira muita bonita que tinha lá em Pinda, parou assim em cima do bairro, deu uma buzinada, eu de baixo de valeta olhei, ele falou lá cima: "Essa moleza vai acabar" prefeito sofre, mas é uma alegria, não tem nada a que gente goste mais do que poder o governo local, porque o governo das cidades, dos municípios é muito perto do povo, você convive com o dia a dia, então realiza muito. Você está muito próximo, ele enxerga o problema da população, porque vive com ela, sente os problemas e a população sabe julgar muito bem, então quero cumprimentar a todos, quem perdeu a eleição, disputou, participou, deu a sua contribuição, quem ganhou tem a grande honra e a responsabilidade de suar camisa, para fazer um bom trabalho e para vocês parabéns, que a casa nova traga aí muitas luzes, muitas bênçãos. Agradecer ao Eddy Tomas, e a Mauro Bragato, que têm nos ajudado muito na Assembleia Legislativa, dois bons deputados, agradecer ao doutor Juliano que foi nosso companheiro aqui nesse período de prefeitura, desejar um bom trabalho ao prefeito eleito, ao Horácio. E especialmente que casa nova traga muitas alegrias para vocês, parabéns.