Discurso - Inauguração do Sistema de Tratamento de Esgoto - 20120905

De Infogov São Paulo
Revisão de 09h31min de 28 de maio de 2012 por Biacotrim (discussão | contribs) (Criou página com ''''Transcrição do discurso da Inauguração do Sistema de Tratamento de Esgoto''' '''Local: Santa Gertrudes - Data: [http://infogov.imprensaoficial.com…')
(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso da Inauguração do Sistema de Tratamento de Esgoto

Local: Santa Gertrudes - Data: 09/05/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Boa tarde! Boa tarde a todas e a todos. Estimado prefeito anfitrião, João Carlos Vitte; Maria Cristina, presidente do Fundo Social de Solidariedade; vice-prefeito, Pedro Garcia; vereador José Luiz Vieira, presidente da Câmara, saudando aqui todos os vereadores e vereadoras; deputado Edson Giriboni, secretário de Saneamento e Recursos Hídricos; deputado Aldo Demarchi filho aqui da cidade de Santa Gertrudes; prefeito de Rio Claro, Du Altimari, de onde nós estamos vindo; prefeito de Analândia, Luiz Antônio; de Dois Córregos, o Buchinha; de Sales, o Ni Baiano; prefeito de Piracicaba, ministro Barjas Negri, que preside o Comitê da Bacia de Piracicaba, Capivari e Jundiaí; ex-prefeito Valtimir Ribeirão, aqui do município, Nevoeiro Junior; ex-prefeito de Rio Claro, o Giuliano Deliberador, Chefe de Gabinete lá do DAEE; o Heitor Almeida, nós passamos lá no Aspacer pra ter lá um encontro sobre a indústria da cerâmica; pastor Eduardo [ininteligível], presidente do Conselho dos Pastores; Dr. André Luís Álvares Muller, delegado titular; capitão André Viana, comandante; professora Maria Célia Vieira, diretora da Escola Nilva Rocha, quero saudar aqui os nossos alunos, os estudantes aqui presentes; cumprimentar também o Clube do Vovô daqui de Santa Gertrudes; amigas e amigos, uma palavra breve. Mas é da alegria de estarmos juntos aqui, no município! São poucos os municípios brasileiros que a gente pode dizer que são municípios saudáveis, 300%, o que é um município 300%? É aquele que tem 100% de água tratada, e é muito importante água de qualidade, grande parte do corpo humano é água, quantos por cento do corpo humano é água, mais ou menos? 60%, um bebê, um bebezinho chega a 80%, água! A gente vai ficando mais velho, vai ficando mais? Enxuto, não é isso! Mas 60% é? Água! Então água tratada, a água não pode ser via de contaminação de doenças no aparelho digestivo, e nós precisamos tomar água, eu como médico já curei muito cefaleia de pessoas que se esquece de tomar água, tem dor de cabeça, porque estão desidratadas vão aprender tomar água, a pessoa tem que tomar 2 litros de água, quem é mais pesado um pouquinho mais, quem é menos um pouquinho menos, mas água tratada. Os outros 100% coleta de? Esgoto! Criança põe a mão no chão, não põem? Criança vira e mexe, põem a mãozinha no chão, e depois mão suja acaba se contaminando, então precisa tirar o esgoto de perto da casa, 100% de? Coleta, e 100% de? Tratamento, não jogar no rio e poluir os rios, né? Então, parabéns a Santa Gertrudes, João Carlos, uma cidade 300%, cidade... Município saudável: 100% de água tratada, 100% de esgoto coletado e 100% de esgoto tratado! Dos seis municípios, praticante, do Brasil, não tem 400, que são municípios 300%. E, nós investimos aqui, R$ 4,1 milhões em lagoas aeróbias e anaeróbias para tratar o esgoto, e com isso limpou 100% o Ribeirão Claro! Os nossos prefeitos estavam me dizendo aqui, Ribeirão Claro tem 40 e? E 3 km, ele nasce em Corumbataí, ele tem 43 km, com essa estação de tratamento limpou tudo, o rio nos 43 km estará despoluído, estará totalmente limpo. Aí, limpa... Ajuda a limpar o Corumbataí, que ajuda a limpar o Piracicaba, não é [ininteligível]? Corumbataí é da bacia do Rio Piracicaba e ajuda a limpar o rio? Tietê, que ajuda a limpar o rio? Paraná que se junta ao? Paraguai forma uma bacia do? Prata, que chega em? Montevidéu, onde o Santos venceu o Peñarol e foi campeão da Libertadores! Mas é uma grande alegria! Eu queria dar os parabéns aqui aos alunos, porque vocês estão dando um grande exemplo, pegando o óleo de cozinha. Porque normalmente o que acontece nas casas? O óleo de cozinha vai para a pia, e da pia vai para o esgoto, e do esgoto vai para o rio. Óleo, óleo, óleo e água não se misturam. Então, essa cultura, separa o óleo de cozinha, Prefeitura recolhe o óleo de cozinha e ele é reciclado, pode virar biocombustível, ele tem “n” maneiras de se reaproveitar. Eu estava lendo um estudo um dia desses, João Carlos, de que se todo mundo tivesse o padrão de consumo norte americano, padrão de riqueza, de consumo dos Estados Unidos precisava quatro planetas Terra, quatro planetas, para poder suportar o descarte e ao mesmo tempo o consumo de recursos naturais, então, é evidente que esse modelo nós precisamos melhorá-lo. Aliás, o Brasil dá um exemplo para o mundo, o Brasil tem na sua matriz energética 45% da energia é renovável, no mundo é 12%. O Brasil é 45%. São Paulo, 55% a matriz energética é energia renovável, e nós vamos chegar a 2020, a nossa meta é 69% de energia renovável. Ontem, comecei mais uma usina hidroelétrica, uma PCH, até não é tão pequena, porque geralmente quando fala pequena hidroelétrica é um megawatt, dois megawatts, essa é de 25 megawatts, atende uma cidade de 350 mil habitantes, em Pirapora do Bom Jesus, em dois anos fica pronta a hidroelétrica. E assinamos com a CAF, que é a agência de fomentos do pacto andino, para detectar todo potencial do Estado de São Paulo ainda inexplorado de pequenas hidroelétricas. Então, nós vamos chegar a quase 70% de energia renovável com pequenas hidroelétricas, eficiência nas grandes hidroelétricas, biomassa, bagaço de cana, energia eólica, enfim, “n” maneiras da gente poder ter energias mais limpas. Depois, vindo de Rio Claro para cá, nós viemos pela SP-316, que é uma avenida hoje, né, as cidades se juntaram, se conurbaram. Então, nós vamos recuperar toda a SP-316. Vai ser recapeada, acostamento até Cordeirópolis, mas os primeiros cinco quilômetros, que está muito urbano, vai ter inclusive ciclovia, nós vamos fazer um trabalho para evitar acidentes, para não ter acidente. Então, além da boa notícia da estação de tratamento de esgoto, a ligação... Rio Claro vai ficar mais perto de Santa Gertrudes, ou vice-versa, não é isso? Vamos aproximar mais ainda as cidades e Cordeirópolis, fazer um grande investimento aqui. Depois, autorizamos também uma ligação da Washington Luís com a SP-316, vai dar um quilômetro e meio, um quilômetro e trezentos. Então, mais uma ligação que vai ajudar também a melhorar aqui o sistema viário da cidade. E a outra... Nós estivemos lá na Aspacer, e essa região é o maior polo da indústria cerâmica do Brasil, e um dos maiores do mundo. Santa Gertrudes, Rio Claro, Iracemápolis, Ipeúna, e Cordeirópolis. Só aqui, quantos empregos são, só aqui em Santa Gertrudes? Sete mil empregos, só aqui. É impressionante o tamanho das fábricas. Se pegar piso cerâmico no Brasil e em qualquer Estado brasileiro sai daqui. Então é evidente que é um setor importantíssimo sob o ponto de vista de economia, ponto de vista econômico. Amanhã, nós vamos ter uma reunião em São Paulo porque estão preocupados com o preço do gás, o gás que a gente usa vem da Bolívia e ele é em dólar, o dólar subiu, né, já está R$ 1,90, ontem fechou a quanto? R$ 1,92. Isso é bom para quem exporta, é bom para a economia, mas quem tem insumo em dólar o custo sobe. Então o Dólar era da Bolívia. E Dólar aumentar o custo gás. Então amanhã vai ter uma reunião às 4 horas da tarde só para a gente tratar da questão do custo do gás natural para ajudar aqui o setor. E verificamos a questão dos caminhões. Tem muito caminhão, estrada de terra, faz muita poeira, particulado, evidente que não é bom pra saúde. Então, nós estamos começando autorizando 15 km de estradas vicinal pavimentada. Depois nós vamos avançando, daqui a pouco a gente fecha os 60 km que aí atenderão os cinco municípios e o setor fica bastante atendido. Mas eu queria agradecer, dizer da alegria de estarmos aqui em Santa Gertrudes. Ah, rotatória. Como a cidade está emendando uma na outra, então os cruzamentos são perigosos, não é isso? Se a gente for verificar acidente, o que é que é grave? É a pessoa tentar atravessar a pista, aí acaba tendo um atropelamento. Então, nós já mandamos incluir no projeto da SP-316 as rotatórias com segurança. A pessoa para, passa uma pista, depois passa outra e vai evitando acidente. Isso é que nem vacina, é saúde pública. Do que é que se morre ou do que se adoece no mundo moderno? Quais as causas de morbimortalidade? A primeira é coração e grandes vasos, essa é a primeira. A segunda é câncer. A terceira é acidente, não é doença. A terceira causa de morbimortalidade é causa externa, não é doença. É afogamento, atropelamento, desastre, tiro, queimadura, é causa externa, não é doença. O que é que era a causa de morbimortalidade de causa externa? Era a violência, era tiro, arma de fogo. São Paulo tinha 12.880 homicídios por ano, isso em 2001. Foi baixando para 11, 10, 9, 8, 7, 6, 5, hoje é 4.200. Nós tínhamos 35 homicídios por 100.000, hoje nós temos 9,8. Estado de São Paulo era o quinto estado mais violento do Brasil. Hoje é o vigésimo quinto. E hoje está nos jornais, acho que é no Estado de São Paulo ou na Folha sobre violência sobre as mulheres, mulheres assassinados. Dos 27, nós somos vigésimo sexto. Aqui só tem um a menos que é o Piauí, menos aonde as mulheres morrem. Então, eu digo que a... Bom, e qual é então a maior causa senão é tiro? É acidente rodoviário. É motocicleta, é carro, é atropelamento, é tudo voltado à rodovia. O atropelamento, falta de passarela, ou imprudência ou... E tem coisa que a gente também não consegue controlar. E agora na Páscoa nos fizemos um esforço, polícia para todo lado, todo mundo trabalhando para reduzir acidente. Reduziu, mas uma acidente perto de Marília, morreram em um acidente cinco pessoas. Por quê? Uma caminhonete puxando um trailer. O trailer na subida escapou. O trailer veio em cima do carro, o camarada pra fugir do trailer foi para a contramão, pegou o outro que vinha e pronto. Duas famílias ali, cinco mortos, como é que você vai prevê uma coisa dessas? Mas muita coisa a gente pode prever. Então, as rotatórias, a ciclovia, o acostamento, a terceira faixa traz mais segurança para a população. Nós temos uma meta, queremos que todo o brasileiro de São Paulo chegue a cem anos de idade e que as mulheres não morram mais, não é? Mas eu quero agradecer aqui ao Aldo Demarchi. José Saramago dizia que toda grande obra é fruto de muitas mãos. Então, agradecer aqui ao Aldo Demarchi, vocês tem um deputado trabalhador. Eu sou um fã do voto distrital. Porque eu fui deputado distrital. Se o Brasil tivesse voto distrital nós tínhamos uma outra política no Brasil. Dá região, conhece a cidade, trabalha pela cidade, todo mundo sabe quem é, padrão de vida, fiscaliza, participa. Então, eu quero agradecer aqui ao Aldo Demarchi, um grande líder do seu partido lá na Assembleia Legislativa e grande companheiro e trabalhou por todas essas obras aqui da região. Agradecer ao nosso prefeito, o João Carlos, o Vicci pelas realizações, pela parceria, conte aqui conosco. Agradecer ao nosso deputado o secretário, o Edson Giriboni é engenheiro da Poli. Um craque em saneamento. Daqui nós estamos indo para Itirapina. Aí vamos, de novo, sempre de 0% de 100% de esgoto tratado. Itirapina... Qual é a bacia lá, o rio lá? Itirapina, Piracicaba, Jacaré? Não. É Tietê jacaré, não é isso? Itirapina é outra bacia. Mas também... Médio Tietê, Baixo Tietê. Bom, mais ou menos, médio, baixo é o Tietê. E Tietê, Jacaré, Tietê, Jacaré. Enfim, nós vamos despoluindo os nossos rios. A mancha de poluição do Tietê estava em barra bonita, ela retrocedeu 120 km. Nós temos que perseverar. É perseverando. Vai melhorando, vai melhorando. As indústrias já melhoraram, agora é esgoto sanitário. É tratar esgoto sanitário que vai despoluindo os rios. Já tem mais peixe lá em Piracicaba. Que peixe que tem lá? Mandi, Cascudo, já tem dourado. Isso aí até Piapara. Rodo Porto é o Restaurante. Mas, enfim, agradecer muitíssimo aqui a vocês, a prefeitos aqui da região que nos alegram aqui com a presença. E fico feliz de ver os jovens aqui os estudantes a escola envolvida com o meio ambiente e com a sustentabilidade.

Parabéns, Santa Gertrudes.