Coletiva-Inauguração do Portal Turístico e Descerramento de Placa de Recuperação de Vicinal-20121703

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição da coletiva da Inuguração do Portal Turístico e Descerramento de Placa de Recuperação de Vicinal

Local: Caconde - Data: 17/03/2012

REPÓRTER: Governador, essa vicinal, apenas o trecho de São Paulo está duplicado?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Olha, nós estamos entregando hoje o asfaltamento de mais uma ligação do estado de São Paulo com o estado de Minas Gerais. Uma região muito bonita, São Paulo Caconde, município estância turística, dos esportes radicas, do clima aqui da serra, muita água, e o município de Muzambinho também é um município muito importante, região de café, região de turismo também. Nós estamos entregando o trecho paulista totalmente pronto, 12 quilômetros de asfalto concluído, vamos percorrê-lo agora. E ficam faltando os 9 quilômetros de Minas Gerais e na quinta feira já solicitei ao governador de Minas, Anastasia, a possibilidade de Minas fazer a sua parte. Ganham os dois estados, ganham as duas cidades e as duas regiões.

REPÓRTER: O Portal também?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: O Portal, estância... Caconde é uma estância turística com eventos importantes, esporte radical, clima. Então, o Portal vai fortalecer o turismo aqui na cidade, o calçadão, o centro de eventos da cidade... São obras todas para fortalecer a infraestrutura do turismo. E autorizamos os recursos para completar o esgoto. Caconde não trata esgoto e ela vai passar a ser uma cidade 300%: 100% de água tratada, 100% de esgoto coletado e 100% de esgoto tratado.

REPÓRTER: O CDHU na Vila Santa Isabel e São Carlos está sofrendo com enchentes, governador, e a prefeitura está tentando uma parceria com o governo para fazer um lago de retenção. Acho que houve algumas reuniões, mas não chegaram a um acordo. O senhor acha que dá para chegar num acordo nas próximas reuniões? Há previsão para fazer essa obra, acabar com esse problema?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Olha, dar uma boa noticia. Eu acabei de autorizar já o secretário da Habitação, Silvio Torres, para a CDHU liberar a área para construção do piscinão, para construção do reservatório, né, para evitar as enchentes. Hoje, o piscinão é a várzea moderna. As várzeas foram ocupadas, então, o piscinão armazena a água no pico da chuva, evitando as grandes enchentes. Então, já está autorizado o terreno pela CDHU para o município de São Carlos.

REPÓRTER: Sobre a violência. As explosões de caixas eletrônicos, que estão chegando agora no interior, algumas placas foram identificadas como São Paulo, Campinas, que são cidades maiores. Quer dizer, a violência, ela está chegando no interior e principalmente em cidades menores, aqui como a nossa região em [ininteligível]. O senhor pretende fazer alguma coisa para amenizar essa violência?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Olha, duas coisas. A primeira, prender essas quadrilhas. Nós já temos 48 presos, quadrilhas que atuam na questão de caixa eletrônico, explosão de caixa eletrônico. Força Tática de madrugada, porque normalmente essas ações são nos períodos de madrugada, e prisão desses criminosos. A outra é junto ao Exército. Quer dizer, está havendo muito roubo de explosivo, muito desvio de explosivo, e o Exército é quem autoriza os explosivos. Então, nós vamos fazer um trabalho conjunto com as forças armadas do Exército para que, às vezes o roubo acontece no trajeto, é preciso verificar o depósito desses explosivos, ou seja, a autorização de explosivos ser muito controlada, porque acaba tendo desvio e esses explosivos são utilizados para cometer crime.

REPÓRTER: O senhor acha que precisa reforçar a segurança?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Não, a segurança já está sendo reforçada, nós estamos com cinco mil policiais militares a mais do ano passado para esse ano, vamos ter outra formatura agora no meio do ano, e Força Tática de madrugada, que isso ocorre geralmente de madrugada. E investigação da Polícia Civil para prender as quadrilhas. Agora, precisamos controlar o acesso dos criminosos aos explosivos, aí quem autoriza a comercialização é o Exército. Nós vamos procurar ajudar para ter um controle melhor.

REPÓRTER: Governador. Carol, de Tapiratiba. Com referência ao treino, o Ginásio de Treinamento Olímpico, o senhor tem alguma previsão para o interior para que possa ajudar nas Olimpíadas?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Nós vamos verificar sim. É prioridade nossa preparar nosso interior para a Copa do Mundo de 2014, nós vamos ter muitas cidades do interior que vão sediar centros de treinamento para seleções. Não somos nós que escolhemos, é a própria Seleção que escolhe a cidade que ela vai ficar um mês. E também para as Olimpíadas, São Paulo tá bem representado.

REPÓRTER: Obrigada, governador.