Coletiva - Enceramento do Fórum Nacional de Direito do Consumido do Mercado de Combustíveis 20162111

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Enceramento do Fórum Nacional de Direito do Consumido do Mercado de Combustíveis

Local: [[]] - Data:Novembro 21/11/2016

REPÓRTER: Governador o senhor estava falando também sobre caçar inscrições de postos, significa o quê, o Governo do Estado vai fechar os postos que foram encontrados com fraudes?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Exatamente. É proteger o consumidor, evitar que o consumidor quando abasteça o seu carro esteja colocando álcool aguado, gasolina solvente, fraude volumétrica ele põe 30 litros de combustível e entram 29, chamada bomba baixa uma coisa gravíssima com um chip que frauda o volume do combustível. Combustível adulterado prejudica a saúde, destrói o motor, estraga o carro, prejudica o desempenho, estraga o meio ambiente e fraude tributária e concorrência desleal. Então o combate vai ser por terra, mar e ar, é defender o consumidor primeiro blitz sem parar, hoje estamos fazendo em todo o Estado de São Paulo, checando posto por posto. A ANP tem que entrar, a Agência Nacio nal de Petróleo e a Receita Federal, porque há importação de metanol em NAFTA e o uso indevido, o metanol inclusive é muito grave para a saúde sendo colocado o combustível, nós vamos rastrear porque não adianta só fechar aquele posto que geralmente é laranja, mas precisa rastrear de onde está vindo. Quem é o transportador, quem é o distribuidor, acabamos de fechar uma grande distribuidora fraudulenta em Guarulhos. Então um trabalho completo para proteger o consumidor.

REPÓRTER: O Estado tem o cálculo de quanto perde em arrecadação com esses fraudes e com a elisão?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Olha, embora nós tenhamos o menor imposto do Brasil gasolina no Brasil geralmente e mais de 30%, São Paulo é 25, o diesel é 15% ou mais, São Paulo é 12, ao álcool chega a 30%, São Paulo é 12. Embora a gente tenha os menores impostos, fraudes, então não é pequena porque o combustível está entre os maiores contribuinte do ICMS de todos os Estados, então é um trabalho super importante porque esses recursos também é o recurso da educação da saúde e da segurança.

REPÓRTER: Quanto é essa perda Governador, em impostos?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO. Difícil você definir, mas ela é significativa.

REPÓRTER: Há denúncias também ainda que carecem comprovação, do envolvimento do crime organizado e do tráfico de drogas no uso, na compra e uso desses postos para lavagem de dinheiro. O senhor tem essa informação como é que está isso?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Olha, são quadrilhas criminosos muito organizados, grandes empresários que vai desde a importação de produtos do golfo do México de outras regiões do mundo o metanol em especial, e tipos de nafta, até a pessoa que tem lá o posto que geralmente...

REPÓRTER: O envolvimento do PCC o senhor ouviu falar disso o Governo do Estado está apurando isso?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: É, onde há fraude, há crime organizado, desorganizado, aí é combate interrupto um abração.

REPÓRTER: Governador o senhor poderia comentar sobre a questão da possibilidade do governo permitir os Estados emitirem dívidas, o senhor acha que há essa possibilidade?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Olha eu acho que o que o Governo Federal deve fazer é possibilitar financiamentos, você tem, aliás, você tem possibilidade de buscar recursos até fora do país, então é importante especialmente para investimentos como é que pode hoje recuperar emprego? Uma das maneiras mais rápidas de você recuperar emprego é infraestrutura é estrada é aeroporto, porto, rodovias, saneamento, construção civil. É preciso crédito. O Brasil tem os juros mais altos do mundo, e não tem crédito, o crédito sumiu. Então é importante sim você ter financiamentos para investimento que é o gasto bom, que reduz custo Brasil.

REPÓRTER: Essa alternativa seria utilizada, o governo do estado tem interesse nessa alternativa?

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: O governo tem todo o interesse em financiamento para infraestrutura, Metrô, terem, rodovias, saneamento básico.

REPÓRTER: Obrigado. Categoria 21 de novembro de 2016 [[]]