Coletiva - Governo de SP entrega UTI ampliada e mais serviços no Hospital de Prudente 20202002

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Governo de SP entrega UTI ampliada e mais serviços no Hospital de Prudente

Local: Presidente Prudente - Data: Fevereiro 20/02/2020

Soundcloud

REPÓRTER: Governador, o senhor falou da importância do estado para esse crescimento do país, para ajudar. Qual que é a importância da região de Presidente Prudente dentro dessa funcionalidade, ainda mais com esses investimentos?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Muito importante, porque aqui nós temos uma região de produção agrícola, de produção industrial, de serviços, de tecnologia, e de inovação. E aqui nós temos investimentos previstos nos polos de desenvolvimento econômico, nós temos feito um esforço muito grande na captação de investidores internacionais, e com excepcionais resultados. O ano passado nós trouxemos R$ 102 bilhões de investimentos internacionais para o estado de São Paulo, em fábricas, em programas de tecnologia, inovação, para a área de saúde, para a área de educação, e o setor do agronegócio. E vamos continuar a fazer isso, atraindo novos investidores, para gerar empregos e gerar oportunidades. São Paulo em 2019 alcançou 341 mil novos empregos, fruto desse trabalho, cresceu 2,8% no seu PIB, enquanto o Brasil cresceu um ponto, nós crescemos praticamente três vezes do que cresceu o Brasil. Prova de que estamos no caminho certo, atraindo investidores privados, gerando empregos e políticas públicas para a redução das diferenças sociais. Por isso, saúde, educação, assistência social, habitação popular, infraestrutura e segurança pública são prioridades que estão dando certo em São Paulo.

REPÓRTER: Governador, o senhor está hoje aqui inaugurando UTI, também a questão da ressonância magnética, mas ao mesmo tempo a gente tem ouvido da promotoria a questão de macas nos corredores aqui do hospital regional, e também a questão do hospital de rancharia, que perdeu os recursos para manutenção da UTI de lá, são dez leitos, cinco eram mantidos pelo estado, houve um corte no repasse, e hoje o hospital ameaça inclusive fechar aquelas UTIs. O senhor tinha inclusive a proposta de fortalecer as casas dos municípios menores. Como é que está essa questão? O que dizer? Basta o HR, é preciso também investir em hospitais na região?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bem, o HR - Hospital Regional, é o que nós estamos fazendo agora, ampliando os leitos de UTIs, são mais dez leitos em mais 20% da capacidade operacional para atender as pessoas que precisam muito, e são aquelas que vão para uma Unidade de Terapia Intensiva que salva vidas, é exatamente o que nós estamos fazendo. Acabei de confirmar também que vamos fazer o investimento para dez equipamentos desfibriladores que salvam vida das pessoas, exatamente aqui no Hospital Regional. E vamos anunciar a renovação do contrato com Rancharia, com a Santa Casa, está aqui o nosso secretário de Desenvolvimento Regional. Evidentemente eu estou corrigindo falhas do passado, ainda que não sejam minhas, eu tenho exatamente 14 meses como governador, mas não tem problema, a nossa obrigação aqui é fazer o melhor para o estado de São Paulo, corrigindo falhas do passado, agindo no presente e garantindo um futuro melhor para a população brasileira de São Paulo. Obrigado.

ORADORA NÃO IDENTIFICADA: Pessoal, só mais uma pergunta, que o governador está realmente atrasado, tá? Obrigada, gente.