Coletiva - Governo faz inspeção em obras de nova estação da CPTM na capital paulista 20201801

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Governo faz inspeção em obras de nova estação da CPTM na capital paulista

Local: Capital - Data: Janeiro 18/01/2020

Soundcloud

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado pela presença de vocês. Queria aproveitar para agradecer toda a população aqui da zona Sul da capital de São Paulo, com a forma carinhosa com que nos tratou. Nós estamos inaugurando as obras da futura Estação Varginha da CPTM, da Linha 9-Esmeralda, da CPTM. Estamos reativando uma obra que estava parada, eu não discuto aqui o passado, eu discuto o presente e o futuro, sou um governador a fazer e retomar obras que ficaram paradas, e iniciar outras obras. E a nossa obrigação aqui é oferecer melhores condições de transporte público para a população, sobretudo, para duas importantes áreas da capital de São Paulo, a zona Sul onde estamos, e a zona Leste também. Essa estação aqui quando estiver pronta, vai atender mais de 50 mil pessoas por dia, podendo chegar até 110, 120 mil pessoas, quando as demais estações estiverem prontas também dessa Linha 9. Um investimento de mais de R$ 150 milhões, realizado pelo governo do estado de São Paulo, com o apoio do Governo Federal. E a participação também da prefeitura da capital de São Paulo. Prioridade para o nosso governo é expandir os programas de mobilidade com os trens da CPTM, com o metrô, e também com a MTU, com os ônibus, para a interligação com o sistema de pneus da capital de São Paulo.

REPÓRTER: Governador, qual é o prazo agora de entrega para essa obra, depois de atrasos sequenciais, era previsão inicial de 2015, teve outros atrasos, a obra parou, vai e volta. Que prazo vocês dão, e qual a garantia que a população aqui do extremo Sul da cidade vai ter de que dentro desse prazo novo vai, de fato, ser entregue a Estação Varginha?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bem, eu não posso responder pelo passado, eu sou governador do presente, eu fui eleito agora, estou fazendo aquilo que por circunstância não foi feito no passado, retomar obras paradas e concluir as obras. Até julho deste ano de 2020, todas as obras do estado de São Paulo estarão reiniciadas, exceto se houver alguma medida judicial que impeça. Essa estação estará pronta em julho de 2022, é uma estação grande, são 5 mil metros quadrados de área, são quatro andares de estação, e ela leva um tempo, evidentemente, para a sua implementação. E obviamente a linha também. Então até julho de 2022 essa linha estará sendo inaugurada, e eu estarei aqui para inaugurá-la.

REPÓRTER: Em julho de 2020? Seis meses todas as obras...?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Serão reiniciadas, inclusive M'Boi Mirim, Rodoanel, as obras do metrô, do monotrilho, todas elas, exceto se tivermos alguma medida judicial que impeça a retomada da obra, fazer apenas essa cautela, porque eu não detenho o poder sobre o Judiciário. Sobre o Executivo as obras estão já programadas, estão já alinhadas, organizadas do ponto de vista do que é investimento público, ou das licitações que vão promover o investimento privado.

REPÓRTER: A Estação Natal, que é a outra dessa mesma linha que também tem um passado de atrasos aí, essa tem a previsão de entrega dela também. E o modelo que vai ser de construção, vai ser um modelo clássico de licitação e tal, ou Parceria Público Privada, como vai ser o modelo de construção?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Neste caso aqui, da Estação Varginha, que é a Natal, será um modelo clássico, ou seja, investimento de processo licitatório dentro das regras da lei. Mas há estações que estão sendo construídas pelo setor privado, o caso da Estação João Dias, por exemplo, que ela está sendo construída com o investimento privado, e já a obra começou. Em relação à Estação Natal e as demais, muito em breve nós vamos anunciar com precisão quando serão retomadas as obras, e essa informação será disponibilizada à opinião pública.

REPÓRTER: Governador, ainda sobre o transporte metropolitano, estava previsto o aumento das tarifas da MTU amanhã, só que não houve a publicação das tarifas, dos valores, e dos índices. Está mantido esse reajuste para amanhã?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Não, o reajuste está previsto, na verdade, é para segunda-feira. O que foi anunciado vai ser cumprido, para este modal e para os demais.

REPÓRTER: Governador, o PSDB esteve envolvido [Ininteligível]?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: É cedo ainda para avaliar isso, o Bruno será candidato à sua reeleição, ele está inclusive fisicamente se recuperando, e bem, com bom tratamento médico, com bons médicos, que lhe dão assistência, e muita vontade e determinação. Eu diria que a definição de candidato a vice será definida, será apresentada até abril deste ano. Obrigado, pessoal.