Coletiva - Lançamento do Selo São Paulo Amigo do Idoso e Anúncios - 20122811

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - Lançamento do Selo São Paulo Amigo do Idoso e Anúncios

Local: Capital - Data: 28/11/2012

GOVERNADOR DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Olha, hoje é um dia importante, nós lançamos um conjunto de políticas públicas para São Paulo, o Estado o amigo do idoso. O Brasil que era um país jovem, e hoje é um país maduro, e caminha para ser um país idoso. São Paulo tem uma das mais altas expectativas de vida média do Brasil, 75 anos de expectativa de vida média, quase 72 para os homens, mais de 78 para as mulheres e subindo, então, hoje foi lançado e Rodrigo Garcia, o nosso secretário de desenvolvimento social fez um bom trabalho neste programa para universalizar os centros de convivência de idosos, os 645 municípios terem o CCI, aquele centro que reunião, tem baile, tem programa de geração de renda, tem atividade de lazer, enfim, um centro de convivência para o idoso, faltavam 99 cidades, nós autorizamos hoje as 99, 250 mil reais por município. E a cidades acima de 50 mil habitantes o centro dia, o idoso pode vir cedo, e sair no fim da tarde, começo da noite. Tem almoço, local para descanso, sala de jogos, leitura, encontros, enfim, um centro dia, que o idoso passa o dia todo. Meio milhão cada um, e nós autorizamos mais 108 centros dia, o que vai dar aí 54 milhões de reais. Vamos ampliar o CRI, o número de centros de referências dos idosos, o maior que nós temos é um São Miguel Paulista, e sexta-feira estamos compramos do lado do prédio do CRI, para fazer toda a área esportiva, desde piscina aquecida, área de esporte, chamada melhor idade ativa, por que é importante a pessoa não ter uma vida sedentária, ela manter a sua atividade física, também um selo, então os municípios vão se capacitar, tem um roteiro a seguir. Tem que ter o conselho municipal do idoso, tem que ter o fundo municipal do idoso, tem que ter uma série de metas para ter o selo amigo do idoso e ai ele vai receber ainda mais recursos do Estado para poder trabalhar nessa área, enfim, eu acho que esse é o caminho, melhorar a vida das pessoas, a qualidade de vida da população, e cientes de que nós estamos numa grande mudança demográfica, uma grande mudança demográfica. O Brasil que era uma pirâmide de base larga, muito jovem e pouco idoso, hoje já é um país maduro, e nós logo, logo teremos uma população com mais de 60 anos, maior do que com menos de 15 anos de idade, isso demanda saúde, educação continuada, políticas públicas de proteção a melhor idade..


REPÓRTER: Governador, hoje a Folha publicou uma matéria falando o que estado investiu somente 45% da verba do orçamento em segurança pública, porque só 45%?


GOVERNADOR DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Olha, esta matéria do PT, ela está equivocada, por que quê ela está equivocada? São Paulo é o Estado que mais investe em Segurança Pública. Em 2011 foram 12,2 bilhões de reais, 67% a mais, o orçamento da Segurança Pública, 12,2 bilhões nós investimos em 2011, 67% a mais comparado com 2010, o grande investimento do Estado na área de segurança não é prédio, não é carro, é pessoal, nós temos 100 mil policiais militares, mais uma folha de inativos muito grande, mais Policia Civil, mais de 30 mil polícias e mais polícia científica, então é custeio e pessoal, essa é a grande folha, tanto é que o ano passado foram 12,2 bilhões e este ano é 14 bilhões de reais. Esse investimento aqui se refere são compras, automóvel, viatura, motocicleta, equipamentos, muitos estão já em período de final de licitação, serão empenhados ainda este ano e o dinheiro vai ser gasto, mas São Paulo é o Estado que mais investe. Ano passado 12,2 bilhões, esse ano mais de 14 bilhões de reais e o grande investimento é pessoal e custeio, manter a força policial e todo o custeio, e os investimentos nós teremos o final desse processo licitatório agora em dezembro, compra de viatura, compra de computadores, compra de sistema de rádio e comunicação e os recursos serão empenhados.


REPÓRTER: O senhor falou matéria do PT, então o senhor acha que está havendo politização na [ininteligível]?


GOVERNADOR DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: Mas é óbvio, por que na realidade pode pegar qualquer estado brasileiro, qualquer estado brasileiro e o próprio Governo Federal você vai verificar que o Estado que mais prioriza a segurança é São Paulo, prioriza com recursos, esse ano 14 bilhões é o orçamento da Segurança Pública. Tá bom.


REPÓRTER: 14 é o que foi gasto, qual foi o total?


GOVERNADOR DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN: 14 é o orçamento, ele praticamente empata, o ano passado foi, olha vou dar os dados, em 2011 foi 12,2 bilhões, e em 2012, 14 bilhões e o ano que vem previsto 15, 6 bilhão no orçamento que está na Assembleia Legislativa de São Paulo.