Coletiva - São Paulo e União assinam liberação de recursos para Linha 9-Esmeralda 20201701

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - São Paulo e União assinam liberação de recursos para Linha 9-Esmeralda

Local: Capital - Data: Janeiro 17/01/2020

Soundcloud

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado pela presença de vocês. Obrigado por estarem aqui nesta fria tarde de verão em janeiro, aqui em São Paulo. Muito obrigado, ministro Gustavo Canuto. Muito feliz de estarmos realizando mais esse trabalho conjunto. Operação do governo federal, governo estadual, com a participação do governo municipal também, na gestão do Bruno Covas. Quero registrar mais uma vez o cumprimento ao Alexandre Baldy como secretário de Transportes Metropolitanos, a equipe da CPTM e aos trabalhadores também. Muito importante que essa linha nove da CPTM tenha os seus trabalhos iniciados. Ela vai gerar um benefício concreto de imediato na sua primeira etapa de conclusão para 100 mil brasileiros, que residem aqui no extremo da zona sul da capital de São Paulo e ao ser concluída, na plenitude, mais de 300 mil brasileiros serão beneficiados, ministro, com essa obra que tem recursos federais, recurso do governo do Estado de São Paulo e a cooperação da prefeitura municipal de São Paulo. Quero aproveitar para dizer aos jornalistas que aqui estão que até a metade deste ano, ou seja, até julho nenhuma obra, volto a repetir, até julho, salvo se tivermos alguma medida de justiça que não esteja dentro do horizonte, neste momento não há, até metade deste ano todas as obras paradas em São Paulo, seja Rodoanel, seja ferrovia, seja metrô, seja rodovia, estarão reiniciadas, algumas das quais com recursos federais, junto com o governo estadual, outras com recursos do governo estadual, outras com recursos do BID e do Banco Mundial, Banco Interamericano Desenvolvimento e Banco Mundial, algumas com a participação de municípios, mas todas elas serão retomadas. Como disse o ministro Canuto, como disse você também, Alexandre Baldy, não é responsável o governo que assiste e contempla obras paradas, obra parada significa dinheiro público desperdiçado. Então, nós estamos juntos dentro desse processo. Volto a exaltar e cumprimentar o ministro Canuto, por compreender a importância do trabalho conjunto, governo federal, governo estadual e, obviamente, no caso aqui específico na capital São Paulo, junto com o prefeito Bruno Covas. Então, essa é uma boa notícia que até metade deste ano todas as obras que estão paradas serão retomadas e reiniciadas. Agora a disposição, vou considerar aqui o limite cinco perguntas, o ministro tem viagem e eu tenho ainda uma agenda longa aí pela frente.

MARCELO, REPÓRTER: O senhor falou hoje da linha dois verde, até Penha. Eu queria que o senhor falasse também.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Eu vou dividir, Marcelo, obrigado pela pergunta. A resposta com Alexandre Baldy, hoje nós lançamos, assinamos o Autoriza, no Palácio dos Bandeirantes. Hoje ao meio-dia para essa linha dois, uma linha muito importante, a linha verde do metrô, é mais um projeto estava paralisado e que agora será retomado para conclusão plena até 2026, mas da mesma maneira que essa nossa linha nove da CPTM, ela será inaugurada em etapas, ou seja, em dois anos já teremos a primeira etapa em condições de funcionamento, atendendo a zona leste da capital de São Paulo, que é muito importante também, tanto quanto a Zona Sul, concentra a maior parte da população na região da capital de São Paulo. E agora o Alexandre Baldy pode para dar um pouco mais detalhes sobre essa linha dois.

ALEXANDRE BALDY, SECRETÁRIO ESTADUAL DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS DE SÃO PAULO: Sim, governador. A linha dois verde, com a sua autorização para o início das obras, ela hoje começa a sua extensão entre a estação Vila Prudente e a estação Penha, aonde ela passa a integrar [ininteligível] da sua concretização com a linha três vermelha, contribuído muito com a mobilidade urbana da zona leste da cidade de São Paulo. Nós concretizamos as estações da linha 15 prata, que integram com a estação Vila Prudente e agora com essa extensão, com as oito novas estações e 18,3 quilômetros, que estão, a partir de agora, autorizados a serem construídos, a linha dois verde passa a ser a linha mais extensa do sistema do metrô, quando for conclusa da cidade de São Paulo e futuramente chegará, quando da desapropriação a ser realizada, até a cidade de Guarulhos, que é a estação Dutra, com investimentos da ordem de 6 milhões de reais, aonde este ano já com a encomenda dos [ininteligível] , quer dizer, com todo o planejamento que a secretaria, com a autorização do governador, fez para que a gente possa iniciar a obra com aquilo, sendo formado em 90 dias e é claro com planejamento, orçamento e, principalmente, com assertividade em seu cronograma. Esses são, integralmente, recursos do governo do Estado de São Paulo.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Vamos lá, mais alguma pergunta?

ORADORA NÃO IDENTIFICADA: Não. Acabou.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Ok. Pessoal, então, muito obrigado. Bom fim de semana para vocês...

REPÓRTER: Governador, essa linha nove esmeralda, ela pode chegar até Parelheiros? Onde moram mais de 100 mil...

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Baldy.

ALEXANDRE BALDY, SECRETÁRIO ESTADUAL DOS TRANSPORTES METROPOLITANOS DE SÃO PAULO: Olha, nós primeiro vamos terminar até Varginha, mas sem dúvida alguma, aqui esse pensamento, o governador João Doria até hoje me fez essa pergunta pela manhã, se nós poderemos avaliar, refletir, pensar sobre a possibilidade, após concretizar essa obra, Mendes-Vila Natal, Varginha, e nós planejamos a possibilidade da extensão até Parelheiros.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Na verdade até Nova Parelheiros. Então, isso vai entrar e em análise a partir de agora, mas como disse o Baldy, vamos por etapas, vamos concluir aquilo que estava inconcluso, com investimentos que já estão no orçamento, com execução que já está autorizada, mas não vamos deixar de ter no nosso horizonte, a possibilidade de chegar até Nova Parelheiros, incluindo Parelheiros, evidentemente. Pessoal, obrigado. Bom final de semana para vocês. Obrigado.