Coletiva - SP lança Vale Gás que vai beneficiar 500 mil pessoas em situação de vulnerabilidade 20211706

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Coletiva - SP lança Vale Gás que vai beneficiar 500 mil pessoas em situação de vulnerabilidade 20211706

Local: Capital – Data: Junho 17/06/2021

Soundcloud

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Pessoal, bom dia. Obrigado pela paciência, obrigado por terem vindo. Pra economizar um pouquinho de tempo, nós vamos direto às perguntas, mas antes eu quero agradecer a todos, inclusive meus colegas cinegrafistas, fotógrafos e meus colegas jornalistas também. Aqui ao meu lado, a Célia Parnes, secretária de Desenvolvimento Social, e o Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional. Nós amanhã teremos a oportunidade de reencontrar os jornalistas também, às 8h da manhã, numa nova entrega de vacinas, por isso hoje estamos fazendo uma entrevista coletiva um pouquinho mais curta. Então, vamos começar com o Marcos Vinicius, da TV Globo, GloboNews. Marcos, obrigado por estar aqui mais uma vez, bom dia pra você. Sua pergunta, por favor.

REPÓRTER: Bom dia, governador, tudo bom? Bom dia a todos também. Queria que você resumisse, por gentileza, então, os detalhes do programa Vale Gás, como que ele funciona, quantas famílias vão ser beneficiadas, quantas pessoas também, os critérios, por favor. Obrigado.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Marcos. Eu vou dividir a resposta, se você me permitir, com a Célia Parnes. Se eu sou o pai desse programa, ela é a mãe desse programa, e é um programa muito fundamentado na necessidade da mulher, mãe de família. O programa Vale Gás é um programa que vai atender 500 mil pessoas, são 100 mil famílias. São investimentos na ordem de R$ 31 milhões, do Governo do Estado de São Paulo, para o atendimento à população mais vulnerável do nosso estado, aquela população que não tem dinheiro para comprar um botijão de gás que está entre R$ 90 e R$ 100, e infelizmente em alguns lugares até R$ 120 o botijão de gás. Sem gás, as pessoas não conseguem fazer a alimentação nas suas casas, e esta é a razão de termos criado o programa Vale Gás. O Vale Gás vai oferecer R$ 300 em três períodos, para que as pessoas possam utilizar a cada dois meses, e comprar o seu botijão de gás de 13 litros, para o atendimento à sua família, uma família de até cinco pessoas. Portanto, são 100 mil famílias beneficiadas, são meio milhão de pessoas, 500 mil recebendo o Vale Gás. Fico muito feliz, como governador, de estar lançando esta iniciativa, sabendo que o gás é quase tão fundamental para as famílias quanto o alimento que elas têm em casa. Sem gás, elas não podem aquecer o seu feijão, o seu arroz, o seu ovo, a sua mistura, a sua comida na sua casa. Célia.

CÉLIA PARNES, SECRETÁRIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL: Complementando então, governador, o público elegível a esse programa é o público mais vulnerável do nosso estado. São famílias que vivem na pobreza e na pobreza extrema, especialmente em favelas, comunidades, territórios mais vulneráveis do nosso estado. São 82 municípios contemplados, diversas regiões do nosso estado, focando justamente nessa maior fragilidade, especialmente em segurança alimentar. Então, o Vale Gás vem complementando todas as ações de segurança alimentar, junto com a grande distribuição de alimentos que vem sendo feita pelo Governo do Estado, focado em comunidades, favelas, população na pobreza e na pobreza extrema.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Obrigado, Célia. Marcos Vinicius, obrigado mais uma vez, obrigado pela pergunta, obrigado por ter vindo. Agora, o Maicon Mendes, da Rádio Jovem Pan. Cadê você Maicon? Está aqui, desculpa. Bem-vindo, bom dia, sua pergunta, por favor.

REPÓRTER: Bom dia, governador. Maicon Mendes, da TV Jovem Pan News, que agora é a rádio que virou TV. Uma pergunta, que tem a ver também com o programa social, mas também não pode deixar de falar sobre as prévias para a Presidência da República. A gente sabe que o senhor enfrentou, como governador, aquelas prévias, que é uma disputa muito intensa, e agora, para a presidência, não vai ser diferente. Só que já começam as intrigas, começa aquele jogo político. Alguns dos candidatos, que o senhor vai acabar enfrentando nessas prévias, já acham que os programas sociais lançados pelo Governo do Estado já começam a ser uma obra eleitoreira. Como que o senhor encara isso, essas críticas? E como que vai ser, como que o senhor prevê essa briga acirrada à Presidência da República em 2022? Obrigado.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Maicon, pra mim, as críticas são elogios. Se receber críticas a lançar programas sociais, para ajudar os mais pobres, os mais humildes, os que não têm o que comer, os que não têm onde viver, e você viabiliza o Alimento Solidário, o Vale Gás, a Habitação Social, o Bom Prato, o programa de cobertores do Inverno Solidário, iniciativas para atender os mais pobres e os mais humildes, que ótimo. Tomara que todos façam campanha no Brasil e, com isso, possam ajudar os mais pobres, os mais vulneráveis, em todo o Brasil. Portanto, pra mim, essas críticas são elogios. Nós estamos fazendo programas sociais, desde o início do governo, vamos continuar a fazer, especialmente diante de uma pandemia que ainda não terminou, e o Governo do Estado de São Paulo, com a mesma ênfase, o mesmo esforço que fez para viabilizar a vacina, está fazendo já desde o início deste ano programas sociais para proteger, sobretudo àqueles que, de comunidades, são os mais desvalidos e os mais vulneráveis. Então, seguiremos dentro deste ritmo, para apoiar os mais pobres no Estado de São Paulo. Critiquem os que quiserem criticar, e sigam nosso exemplo os que tiverem dignidade, compaixão e solidariedade.

Vamos agora ao Mark Figueiredo, da TV Bandeirantes. Mark, obrigado por estar aqui também. Bom dia.

REPÓRTER: Bom dia, governador, bom dia...

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Espera só...

REPÓRTER: Oi, oi?

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Agora sim.

REPÓRTER: Bom dia, governador, bom dia a todos. Eu queria entender melhor um pouquinho como vai ser feita, ou se já foi feita a seleção dessas pessoas que serão beneficiadas por esse Vale Gás, e se existe perspectiva também de ampliar esse projeto daqui pra frente.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Mark, obrigado pela oportunidade dessa sua pergunta. Vale lembrar que o Vale Gás começa agora em julho, portanto já no próximo mês, é um programa imediato. Nós estamos no dia 17, dentro de 13 dias, ele já estará sendo aplicado para beneficiar 500 mil pessoas aqui em São Paulo. E a Célia Parnes, nossa secretária de Desenvolvimento Social, pode dar mais detalhes, diante da pergunta que você, gentilmente, nos fez. Célia.

CÉLIA PARNES, SECRETÁRIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL: Pois não. Essa população, esse grupo de famílias, são famílias, como eu mencionei, na pobreza e na pobreza extrema, ou seja, com renda até R$ 178, que não recebem o Bolsa Família e que estão em aglomerados subnormais. O que são aglomerados subnormais? São favelas, comunidades, locais com muito mais dificuldade de infraestrutura, onde nós identificamos que o gás é mais necessário e são famílias realmente com altíssima vulnerabilidade. Então, nesse sentido, essa ação, as 100 mil famílias elegíveis aí ao programa Vale Gás.

Pois não, eu vou passar aí--

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Você conseguiu ouvir?

CÉLIA PARNES, SECRETÁRIA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL: Ouvi sim, Sr. Governador. Ele falou se será necessário algum tipo de cadastro. E nós temos dois sites já disponíveis, que é o site valegas.sp.gov.br, e também o bolsadopovo.sp.gov.br. Os dois recebem e dispõem as informações da elegibilidade das famílias, todas as informações necessárias. Essa família deve estar inscrita no Cadastro Único, portanto, ela tem um número de identificação social. Ela insere, portanto, o número de identificação social neste local próprio, no site, e já recebe a resposta se está dentro do grupo elegível. No caso positivo, ela complementa as informações com facilidade de acesso por celular ou por endereço para correspondência, pelo qual nós enviaremos então o código, para que ela retire em dinheiro esse recurso, para a compra do botijão de gás.

JOÃO DORIA JÚNIOR, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bem, obrigado, Célia. Mark, obrigado, foi importante até para complementar a resposta. Obrigado pelas perguntas. Eu queria, de novo, agradecer ao Marcos Vinicius, o Maicon, e a você, Mark, pelas perguntas, por terem vindo, os demais jornalistas também, que estão aqui, meus colegas cinegrafistas também, muito obrigado. Voltaremos a nos encontrar amanhã pela manhã, provavelmente, os que puderem estar, às 8h da manhã no Butantan. Vamos fazer uma nova entrega de vacinas para todo o Brasil. E, na outra semana, teremos mais insumos também chegando aqui no Aeroporto Internacional de Guarulhos. Obrigado, tenham uma boa tarde, um bom dia, se protejam, estejam bem. Tchau, pessoal, obrigado.