Discurso - Assinatura de Convênios - 20122611

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Assinatura de Convênios

Local: Capital - Data: 26/11/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Boa tarde a todas e a todos! Cumprimentar o aniversariante de ontem, secretário Sidney Beraldo. 38 anos de mandato Parlamentar e Executivo. Saudar os nossos secretários de estado: O Edson Giriboni, o José Manuel, o Júlio Semeghini, Benedito Fernandes, O Marcelo Araújo, o Silvio Torres, o Rodrigo Garcia. Cumprimentar todos os parlamentares, deputadas, deputados. Cumprimentando o deputado estadual Baleia Rossi, que aqui falou em nome dos seus colegas; prefeito de Ourinhos, Toshio Misato. Cumprimentando todos os prefeitos, as prefeitas, vice-prefeitos, vereadores, secretários; Gustavo Úngaro, nosso corregedor. Cumprimentar as dirigentes das nossas entidades aqui do Estado de São Paulo, grandes parceiros. Uma saudação a delegada Rose, que nos ajuda lá na Casa Civil; Rubens Cury. E dizer da alegria desse encontro. O maior beneficiário desse trabalho é a nossa população. Nós todos aqui, Governo do Estado, deputados, governos municipais, temos um dever: defender os interesses da nossa população e trabalhar em benefício na nossa população. O Brasil é um país muito grande e os países de dimensão continental são países federativos, então o Brasil é uma República Federativa. E o que caracteriza a federação é a sinergia, é a integração entre os entes federados. Quem está mais perto enxerga melhor, quem está mais perto ouve mais; então o governo do município está muito perto da população, e, portanto, vai poder fazer muito em benefício da população. Na área da infraestrutura urbana, na área do esporte, na área do saneamento, na área da habitação, na área social, do desenvolvimento social, na área da cultura, na área da saúde, na defesa civil, enfim, em todas as áreas. E a alegria também de termos aqui as nossas entidades, grandes parceiras, que é a sociedade civil organizada. Os Estados Unidos é o país mais rico do mundo e é o campeão de trabalho voluntário, voluntário. Não há nada mais importante do que sociedade civil organizada. Eu estou chegando agora da inauguração do instituto de pesquisas clinicas de HPV, Humano Papiloma Vírus... Enfim, de toda a pesquisa na área de saúde na Santa Casa de São Paulo. A Santa Casa de São Paulo é de 1.560. Quatro séculos e meio. Não é do Governo, é da sociedade, é uma corrida de revezamento: cada um vai cumprindo uma etapa, prestando serviço a quem precisa. A Faculdade De Medicina da USP nasceu lá. A USP não tinha hospital, quem tinha hospital era a Santa Casa, o hospital escola da USP foi a Santa Casa. A Escola Paulista De Medicina nasceu lá, não tinha hospital, o hospital escola era a Santa Casa de São Paulo. Então, a sociedade civil organizada, nós temos o dever de fortalecer, nós não devemos ter uma visão de que tudo deve ser estatal. Não. Deve ser público, mas não necessariamente estatal. Quanto mais organizar a sociedade civil, melhor. Fico muito feliz, hoje são 900 convênios, 384 municípios, nós estamos cobrindo aqui 60% dos municípios do estado de São Paulo; só hoje quase 200 milhões de reais que vão beneficiar muito a nossa população.

Agradecer ao Beraldo. E olhe, apliquem com toda economia e todo rigor. O Beraldo cochichou ali para mim, falou: “Olha, eu estou indo lá para o Tribunal de Contas, eu vou fiscalizar um por um esses convênios.” Mas, agradecer também ao Beraldo que fez um grande trabalho como prefeito, como deputado, como secretário de Estado.

E que vai servir à população de São Paulo na corte de contas. Cumprimentar a nossa Assembleia Legislativa, cumprimentar os nossos deputados. A democracia é compartilhamento de competências, é divisão de poderes, essa é a beleza da democracia. Então a participação dos deputados, cada um representando a sua região, um seguimento da sociedade, setores da sociedade aos quais são mais vinculados, só enriquece, só fortalece o sistema democrático. Cumprimentar os prefeitos que estão lá na ponta suando a camisa, quem cumpriu aí o mandato, agradecer, é uma honra! Eu já fui prefeito, é uma honra a gente ter tido esta oportunidade de servir à população, uma grande honra, não é? Poder ter tido essa confiança de poder servir à população. Os que foram reeleitos é um novo mandato, zera e começa a reestruturar tudo de novo; ajuste é uma coisa interminável. Aos que estão chegando já começam com sorte porque já receber muitos convênios aí que vão acabar passando para o outro governo, então já entram já mais embalados. Enfim, cumprimentar aí todos vocês, agora é pé na estrada, trabalhar bastante para poder beneficiar a população. Quero deixar um grande abraço. A política nos permite ampliar este rol de conhecimento. Se a gente não tivesse uma participação política, não conheceria muita gente. Ela permite, com os amigos, fazer mais amigos; e ela embute relações de afeto, de confiança, de lealdade, de esperança, de sonhos, de trabalho, de sacrifícios... Então, é uma alegria estar com todos vocês, essa é a casa de todos vocês, e, diuturnamente, estão construindo a grandeza de São Paulo. Muito obrigado!