Discurso - Descerramento de Placa de Vicinais e Entrega de 119 Unidades Habitacionais da CDHU - 20122104

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso de Descerramento de Placa de Vicinais e Entrega de 119 Unidades Habitacionais da CDHU

Local: São Pedro do Turvo - Data: 21/04/2012

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: O nosso Governador Geraldo, Geraldo Alckmin! [palmas].


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Boa tarde a todas e a todos. Dizer da alegria de estarmos aqui neste sábado, um dia histórico, 119 famílias que realizam o sonho da casa própria. Cumprimentar o nosso prefeito, anfitrião, prefeito de São Pedro do Turvo, o Roberto Di Bastiani; Marilda Di Bastiani, presidente do Fundo Social de Solidariedade; Nenê, o vice-prefeito; Vereador Edson Luiz de Souza, presidente da Câmara; Deputado Federal Sílvio Torres, nosso secretário da Habitação; secretário do Esporte Lazer e Juventude, Benedito Fernandes; o Aparecido Bruzarosco, secretário adjunto de Emprego e Trabalho, está aqui conosco o Aparecido; deputado estadual, vice-líder do governo, Vinícius Camarinha; prefeita de Santa Cruz do Rio Pardo, a Maura; o prefeito de Ourinhos, o Toshio; de Óleo, o Vidotto; de Salto Grande, o Geraldinho; Major Dudas, o Ladeira, gerente regional aqui da CDHU, aniversariante; e, principalmente, as famílias aqui do Jardim Vitória. Parabéns, aí, a vocês. Nós estamos entregando hoje as casas. Aqui foi bem explicitado, a participação dos mutirantes, participação de todos vocês, que estão de parabéns. Conjunto com água, esgoto, galeria, asfalto, meio-fio, sarjeta, calçada, separação entre as casas, casas novinhas e vai instalar nas próximas semanas o aquecedor solar. Então, isso é importante, o aquecedor solar, porque o maior custo de conta de luz é chuveiro. Então, reduz um terço, praticamente, a conta de luz, vai reduzir muito a conta de luz, vai ser a menor conta de luz aqui de São Pedro do Turvo. E a entrega, hoje, aqui, das casas. Quanto é uma casa para alugar em São Pedro do Turvo, mais ou menos? Trezentos reais? Duzentos e cinquenta? Trezentos e cinquenta? E é um dinheiro sofrido, que todo mês você paga ali o aluguel e vai embora. Aqui vocês vão pagar para ser donos da casa. E quem ganha um salário mínimo, vai pagar R$ 93,00 para ser dono da casa, porque não passa... [palmas]. Não passa de 15% da receita da família, não pode passar de 15%. Então, é um programa socialmente super importante. São Paulo é o único estado, dos 27 estados da federação, que põe 1% do ICMS só para moradia. Esse ano vai dar quanto, Silvio? Um bilhão, mais ou menos? Perto de R$ 1 bilhão. E casa é muito emprego também. Trabalha pedreiro, servente, eletricista, encanador, motorista, secretária, engenheiro, muito emprego, comércio, ativa a economia local. Aqui nós investimos, o governo do estado, R$ 5,9 milhões. Já podem mudar, está pronto, é só... Hoje já. Quem quiser já pode mudar. O prefeito, quando eu vindo para cá, ele... Nós temos um programa chamado Creche Escola, nós vamos fazer mil creches no estado de São Paulo. Então, hoje, a mamãe, ela às vezes precisa trabalhar, precisa ter uma outra atividade e não tem com quem deixar a criança. Então, aqui tem um terreno aqui em cima, não é isso, Roberto? Tem um terreno aqui em cima, da CDHU; nós vamos ceder o terreno para a prefeitura e passar o dinheiro para fazer a creche [palmas]. Então nós vamos ter a creche escola aqui no bairro. O prefeito também colocou que tem uma rodovia, uma vicinal que liga a SP 40 ao bairro Água Suja, Rodovia Joaquim Antunes Gama, é um quilômetro só. Então, nós vamos liberar R$ 140 mil para o recape, lá, da vicinal [palmas]. O prefeito pediu também o recurso para recapeamento aqui na cidade. Ele vai fazer uma 'apertozinho' lá, nós vamos liberar R$ 280 mil para ajudar no recape, também, aqui da cidade [palmas]. Diz que uma grande obra é fruto de muitas mãos. Então, queria agradecer ao secretário Silvio Torres, que é o nosso secretário da Habitação. Quantas casas nós temos hoje em construção, Silvinho? Trinta e duas mil casas e apartamentos, hoje, estamos construindo no estado de São Paulo. Cada casa dá três empregos, então são quase 100 mil empregos na construção civil aqui no estado. E as casas nossas, é para quem não tem casa. Quem já tem casa, já está resolvido. É para quem não tem. E quem ganha muito, vinte salários, dez salários, também não está no nosso programa. Nós priorizamos as famílias de menor renda, 90% é um salário, dois salários, três salários, vamos até cinco salários. E tem um forte subsídio: vamos dizer que a casa custou R$ 52 mil, a prestação que vão pagar, quem ganha um salário, vai pagar, no máximo, uns R$ 20 mil. Quer dizer, o governo está entrando com R$ 30 mil de subsídio, para poder viabilizar a moradia para todos, para ninguém ficar para trás. Queria aqui agradecer ao Ladeira, cadê o Ladeira? Acho que ele está lá no fundão [palmas]. Aqui a equipe do CDHU toda [palmas], toda a equipe aqui da secretaria. Agradecer os nossos deputados, o Vinícius Camarinha, tem nos ajudado muito lá na Assembleia Legislativa. O Mauro Bragatto, aqui representado pelo Adriano, não é, pelo Adriano. Agradecer ao nosso prefeito, o Roberto, a sua equipe, os seus secretários, D. Marilda, agradecer todo o time aqui da prefeitura. E, especialmente, agradecer a vocês, que suaram a camisa aqui e conquistaram o Jardim Vitória. Diz que na vida a gente vive de sonho, não é isso? Quando é criança, a gente sonha com chocolate, sonha com a bola de futebol; eu vejo a minha netinha grudada na boneca, sonha com a boneca, com o brinquedo; os jovens, todas as idades, sonham com a namorada, sonham com o namorado, depois sonha com os filhos. E o sonho da família é a casa, é você ter um teto, que é seu, que você tem segurança, que pode deixar para os filhos, esse é o sonho da família. E a gente fica feliz de juntos podermos realizar, aqui, esse sonho. Que a casa nova traga muita alegria para todos! Parabéns a vocês [palmas].


ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Pode aplaudir, pode[palmas]. E mais palmas às famílias que vão [interrupção no áudio].