Discurso - Entrega da Carreta do Programa Via Rápida Emprego e Anúncio de Liberação de Recursos para a Arena Multiuso - 20120407

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso da Entrega da Carreta do Programa Via Rápida Emprego e Anúncio de Liberação de Recursos para a Arena Multiuso

Local: Sorocaba - Data: 04/07/2012

GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN: Bom dia. Uma alegria voltar a Sorocaba! Saudar o nosso prefeito, o Vitor Lippi; o vice-prefeito José Ailton Ribeiro; presidente da Câmara, engenheiro José Francisco Martinez, saudando todos os vereadores, vereadoras; deputado federal Júlio Semeghini, secretário de Estado de Planejamento; deputada estadual Maria Lúcia Amary; deputado estadual, pastor Carlos César; nosso ex-prefeito, o Paulo Mendes; nosso ex-prefeito foi meu colega de prefeitura, o Teodoro Mendes. Eu brinco, viu Teodoro, nosso mandato era de quatro anos, né, como todos os mandatos. Aí nós fomos tão bem que o povo pediu para prorrogar, virou seis, né. Aquele mandato foi de seis anos. E eu estava elogiando a arquitetura aqui do Palácio dos Tropeiros, obra do Teodoro Mendes, depois fomos colegas na Câmara Federal. A Emenda das Diretas teve dois grandes artífices, o Dante de Oliveira e o Teodoro Mendes, dois grandes lutadores aí. Quero cumprimentar o Marcão, prefeito de nossa vizinha cidade de Iperó; professora Laura Laganá, superintendente do Centro Paula Souza; o Ruan Don Sanchez, coordenador de Ensino Técnico e Tecnológico da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia; professora Clara Magalhães, coordenadora técnica da Paula Souza; o Franklin Masuda, diretor da Mitutoyo; Sul-americana, nosso parceiro aqui na Unidade Móvel de Metrologia; Alcides Braga Neto, coordenador industrial da [ininteligível]; Coronel Ademar Belotti, comandante da região; companheiro De Carlos; secretários municipais, diretores, professores das nossas escolas; amigas e amigos. Uma alegria vir a Sorocaba. Nós só podíamos assinar o convênio até sexta-feira. Então, nós estamos que nem o Romarinho, marcando gol no último minuto. Então, assinado o convênio dentro do prazo e são R$ 4 milhões para a primeira etapa, não é isso Vitor? Da arena multiuso. Nós estamos à véspera da Copa do Mundo, a abertura da Copa do Mundo e os principais jogos serão em São Paulo, os grandes eventos mundiais. E Sorocaba tem aeroporto, tem rede hoteleira, está perto de São Paulo; ela é uma das cidades candidata a centro de treinamento de seleções. Nós temos trinta e duas seleções da Copa do Mundo. Uma é do Brasil, trinta e uma, não somos nós que escolhemos, são elas que escolhem aonde vão ficar. Os chamados centros de treinamento. E a cidade precisa ter rede hoteleira, aeroporto e instalações esportivas. Mas quero aqui cumprimentar também o Atlético aqui de Sorocaba, Sorocabano. O esporte, ele é muito importante para a educação, é uma paixão nacional e é uma alegria nós estarmos aqui juntos. Nós temos aqui a Unesp, que nós trouxemos para cá os cursos de engenharia, especialmente engenharia mecatrônica ambiental. Temos aqui a Fatec, que é campeã do Enade. Temos duas Etecs, que são campeãs do Enem e será a única cidade, excluída a capital, que terá três Etecs. Nós vamos ter uma terceira Escola Técnica aqui, que é ensino que vira emprego. A Etec, cada cinco, quatro já saem trabalhando; e a Fatec, cada dez, novem já saem trabalhando. Tudo de graça e qualidade. E, fora da capital, é a cidade paulista, certamente brasileira, com maior número de alunos no Ensino Técnico e Tecnológico. Nós estamos chegando a oito mil alunos em Etec, Fatec, integrado com a Secretaria da Educação; que o aluno vai poder no Ensino Médio fazer de manhã ou de tarde Ensino Médio e, no outro período, técnico. E ele sai com os dois diplomas. Eles saem... E o integrado que já é currículo unificado da Paula Souza, então ele faz o tempo integral e vai sair com os dois diplomas, tudo de graça. E nós não podemos deixar, viu Vitor Lippi, ninguém para trás. Então, o que é o Via Rápida? Não tem vestibular, não tem Vestibulinho, qualquer pessoa pode fazer e se tiver desempregado, o curso, geralmente, leva um mês, ele tem uma bolsa de R$ 330 para se manter. Ele ganha uma bolsa para poder se manter. E nós fazemos o curso para o emprego da região. Então, por exemplo, região de Sorocaba, um dos maiores parques industriais do Brasil, então aqui o curso é metrologia, medidas de alta precisão, que é o que o mercado de trabalho precisa. Começamos com 60 alunos, 20 alunos de manhã, 20 alunos de tarde, 20 alunos de noite. Tudo em laboratório, já programado, preparado. Nós temos cinco carretas, cada uma tem um tipo de atividade. Tem uma só de gastronomia, não é isso? Hotelaria, a parte de hotelaria e hospedagem. Aliás, nós temos, aqui em Sorocaba, as Fatecs voltadas à área industrial e criamos ontem a Fatec de São Roque voltada ao turismo, que é uma estância turística. Para dar oportunidade para a região poder também estudar o setor terciário, que é de turismo, que é muito importante. Queria aqui dizer da alegria de estarmos juntos. As nossas obras estão caminhando, a Raposo Tavares, a sua duplicação, está indo bem. Nós vamos entregar o ano que vem o primeiro trecho até Capela do Alto e depois até Itapetininga, 24 meses. SP-79, recapeamento já pronto, até Jardim do Éden, e ela será totalmente duplicada até Itu. Inclusive com ciclovia. As obras da SP-264, nós teremos o projeto executivo até outubro e aí já lançamos o edital da obra, da duplicação até Salto de Pirapora, passando pela UFSCAR, de Sorocaba até Salto de Pirapora. Uma obra também muito importante. Estamos ampliando o aeroporto, uma obra também importante, são quase R$ 10 milhões. Dotando a cidade uma boa logística e infraestrutura. E a área de saúde, que é o grande avanço do mundo em que nós vivemos. Nós vivemos em um outro mundo. Quer dizer, na época dos homens das cavernas, se vivia 20 anos. No Império Romano, se vivia 25 anos. No Brasil do século passado, se vivia 45 anos. Hoje, a expectativa de vida média em São Paulo se aproxima de 75. Quem passa dos 30 vai para mais de 80, porque sai da vulnerabilidade juvenil. Morre muito jovem. Dia 9 de julho que dia é? Dia da Revolução Constitucionalista de 32. Então, a revolução está fazendo quantos anos esse ano? 80 anos. Os heróis da Revolução de 32 ganham uma pensão, quatrocentos e poucos reais. Aí eu falei “Não é justo”, então eu aumentei para o piso, não o piso do salário mínimo, o piso de São Paulo, que é R$ 720, piso paulista. Aí, eu falei “Bom, mas quem são os heróis?”. O mais jovenzinho tem 98, porque 18 mais 80, 98. Eles vão de 98 até 103. Tem 45 e 220 pensionistas, porque mulher vive mais do que homem. Eu fui, Laura, lá na Vila Prudente, o clube da terceira idade, 200 pessoas, tudo acima de 85. Só mulheres, os homens já tinham morrido todos. E o nome do clube era As Sapecas. Então, aqui quatro boas notícias: o AME, que nós vamos ter 15 mil atendimentos por mês. A Prefeitura já providenciou o prédio, nós vamos contratar a OS, fazer o processo licitatório, equipamento imobiliário, segundo semestre funcionamento. Segundo: recuperar os dois hospitais do complexo hospitalar. Hospital Regional e o Leonor Mendes de Barros. Fachada, telhado, vazamento, ambulatório, farmácia de alto custo. Um conjunto de obras, são R$ 13 milhões. Equipamentos: nós vamos ter câmera para medicina nuclear. E a primeira ressonância magnética gratuita do SUS para a região. Aqui também no complexo hospitalar. Abrimos concurso para 100 médicos. E grande procura. Por que grande procura? Porque nós estamos mandando em agosto um projeto de lei para Assembleia estabelecendo a carreira do médico. Inclusive, nós vamos remunerar muito bem os médicos em tempo integral. Nós queremos médico que só se dedique ao serviço público. Só se dedique ao SUS, dedicação exclusiva. Então, quem fizer dedicação exclusiva vai ter um plus a mais e vamos valorizar bastante. O concurso público. E a Prefeitura acabou de nos doar um terreno para um segundo novo hospital do lado da Raposo Tavares, um hospital de urgência, emergência, trauma ortopedia, cirurgia e terapia intensiva. Então, nós vamos dotar a cidade de...E a saúde não é fácil. Tudo o que a gente faz baixa custo. Quer ver? Quanto custava um computador antigamente? Era caríssimo. Quanto custa hoje um computador? Caiu o preço. Quanto custava um celular? Ninguém tinha. E quem tinha, naquela época, caía no pé e quebrava o pé, porque era um tijolo. Hoje, o celular é muito mais.... Agora, tem um setor que o avanço da ciência e da tecnologia aumenta custo, se chama saúde. Esse é o problema. Falta de ressonância, tomografia, medicina nuclear. Mas, não tem importância. É um recurso que é necessário, porque é a vida das pessoas, a qualidade de vida da população. Mas eu quero deixar um grande abraço, cumprimentar aqui esse grande prefeito de... Esse grande prefeito de Sorocaba, que é o Vitor Lippi. Parabéns, Vitor, pelo seu trabalho! José Ailton. O nosso queridíssimo presidente da Câmara, meu colega de estudos, Martinez. Eu fiz medicina, ele fez engenharia. Nós estudávamos juntos. E nós temos uma característica. Hoje é comum estudar e trabalhar. No nosso tempo também era. Nós dois dávamos aula de noite para pagar a faculdade. Uma alegria aqui abraçar o Martinez. Teodoro Mendes, meu colega de Câmara e Prefeitura. Paulo Mendes. Os vereadores. Vocês têm dois ótimos deputados, que é a Maria Lúcia Amary, cadê a Maria Lúcia? E eu adoro Maria Lúcias, né. A minha mulher também chama Maria Lúcia. O Carlos César, pastor Carlos César, companheirão na Assembleia Legislativa, os dois sempre trabalhando aqui pela cidade. O Júlio Semeghini, que um craque no planejamento. O Júlio tem uma enorme de uma capacidade de trabalho. E a nossa querida Laura Laganá, que tem um time de craques lá na Paula Souza. Só tem Neymar lá na Paula Souza, Romarinho, Danilo, enfim. Mas quero é deixar um grande abraço aqui para vocês. No outro jogo, lá em Buenos Aires, quando o Boca Juniors marcou o gol, lá no Morumbi o que teve de foguete foi impressionante. Eu até achei... Não estava vendo o jogo, falei “nossa, o Corinthians marcou” aí fiquei sabendo que era do Boca Juniors. Mas hoje eu tenho certeza que o foguetório vai ser muito maior, né. Que vai ser do nosso Corinthians aqui.

Grande abraço a todos.