Discurso - Entrega de ambulift para o aeroporto de Presidente Prudente 20131904

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Entrega de ambulift para o aeroporto de Presidente Prudente

Local: Presidente Prudente - Data:19/04/2013


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bom dia! Bom dia a todas e a todos! Quero saudar o nosso prefeito anfitrião, o Milton Carlos de Mello Tupã; Dr. Valmir, presidente da câmara, saudando os vereadores; a professora Lina Mara Riso Battistella, secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência; professora Heloísa Arruda, secretária de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania; nossos deputados; companheiros do trabalho por São Paulo; o Mauro Bragato, Ed Thomas; Dr. Fábio Meireles, presidente do Sistema Faesp/Senar; Ricardo Volpe, superintendente do Daesp; Marco Rocha, presidente da Unipontal, saudando aqui todos os prefeitos, vice-prefeitos, vereadoras; o Douglas Pauluze, coordenador municipal dos direitos da pessoa com deficiência; Frei Francisco, presidente do Lar São Francisco de Assis, nosso parceiro aqui na OS; Vagner Vicentini, diretor comercial da Luz, Equipamentos Aeronáuticos; amigas e amigos. Nós hoje estamos entregando o primeiro, Tupã, o primeiro Ambulifit de sete que foram adquiridos, São Paulo será o primeiro estado do Brasil a ter o Ambulifit; cadeirantes, pessoas com mobilidade reduzida, nós temos cada vez mais também pessoas idosas, viajando, vão poder com o Ambulifit serem colocadas com segurança, conforto, dentro das aeronaves. Primeiro, Presidente Prudente, depois Rio Preto, Araçatuba, Marília, Bauru, Ribeirão Preto, dois; tá faltando mais. Presidente Prudente, Marília, Araçatuba, Bauru, Rio Preto, Ribeirão Preto, Ribeirão Preto terá dois. Então são sete Ambulifit que já começam a funcionar. Depois aqui o aeroporto, nós investimos mais de R$ 9 milhões no balizamento noturno, pistas e pátios, R$ 1,8 milhão no ataque rápido, é o mais moderno caminhão com equipamentos para combate a incêndio, com isso o aeroporto de Presidente Prudente passa a estar no grau seis de segurança, um dos maiores graus de segurança para receber mais voos e mais transportes aeroviário aqui. Todos os aeroportos, nós compramos quantos? Oito caminhões ataque rápido. Depois vamos construir aqui a base da rádio patrulhamento aéreo, são R$ 4,2 milhões, a obra começa hoje, então teremos uma base, aqui, de rádio patrulhamento aéreo. E vamos investir no terminal R$ 11,7 milhões, o terminal de passageiros tem 1.700m, ele passará para 4.800m de área construída para poder ter mais conforto, segurança, para todos os passageiros. Presidente Prudente é uma das mais importantes regiões do Brasil, do interior do Brasil, e porta de entrada de São Paulo e do país, crescendo muito, e todo apoio aqui à região. Estamos indo em seguida ao Copom, vamos inaugurar o primeiro, também, Copom do interior de São Paulo, com todo o sistema de comunicação digital, todo informatizado pra 54 cidades, e todos os policiais com tablet embarcado, computação embarcada nas viaturas. Vamos trazer pra Prudente o GRAU, a gente espera no segundo semestre ter o GRAU, que é o Grupo de Resgate e Atendimento de Urgência, estamos contratando enfermeiras especialista em trauma, cirurgiões e anestesistas especialistas em tragédias, traumas, grandes impactos, doentes graves. Estamos estudando a possibilidade de ter um heliponto no Hospital Regional, no HR um heliponto, e estamos estruturando o GRAU, que já funciona hoje em São Paulo, trazer para o interior e aqui terá também o GRAU. Estamos começando a recuperação da SP-425, entre Martinópolis e Parapuã, recapeamento, acostamento, terceiras faixas, obras de arte e segurança. E vamos inaugurar também, declarar inaugurada a Fatec, um moderníssimo prédio já com quatro cursos superiores, gratuitos, faculdade, tecnólogo, e também serão ampliados os cursos aqui da Fatec. Mas no próximo encontro nosso a gente detalha um pouco mais. Eu quero dizer do nosso compromisso aqui com vocês por terra, através da grande ampliação das rodovias da região; pelo ar, através da grande ampliação do sistema aeroviário. Eu não posso dizer terra, mar e água, mas vamos fortalecer as hidrovias aqui da região. Agradecer a Lina Mara Battistella, a Lina Mara é uma craque, viu? É uma referencia internacional nos direitos da pessoa com deficiência. Parabéns pela sua luta! Agradecer a Heloísa, nós vamos assinar o decreto de regularização fundiária, isso é um marco de tranquilidade e segurança jurídica para a região, todo o dinheiro que nós arrecadarmos vai ficar aqui nos municípios, prefeituras e assentamentos, e vamos quintuplicar as compras pelo PPAIS. Um dia desses um agricultor de Assis, felicíssimo, que ele tinha vendido toda a produção de chuchu para a penitenciária de Marília, tudo, vendeu tudo, foi R$ 14 mil reais. Então nós vamos ampliar agora as compras por todas as penitenciárias, hospitais e escolas, compra direta do pequeno agricultor e da agricultura familiar pelo PPAIS. Mas, quero deixar um grande abraço, e como nós estamos aqui no aeroporto, viu, Ed Thomas e Bragato, Dr. Fábio, pra descontrair um pouco, tinha uma... Sebastião Santos também, chega aqui, Sebastião. Deputado estadual, nosso companheiro na assembleia. Tinha uma história de Pindamonhangaba de uma pessoa que tinha muito medo de andar de avião, tinha um medo danado de andar de avião. Aí, a mulher falou: “Não, bem, não tem perigo, vamos que a coisa é segura, pode ir, não tem perigo”. E ele não queria de jeito nenhum, a mulher insistiu e ele foi. Aí, entrou no avião, a aeromoça falou: “Em caso de pouso na água, seu banco é flutuante”. “Tá vendo, amor, olha que gelada que nós entramos, pouso na água, quanto tempo que eu não nado, estou fora de forma, olha que...”. “Não bem, não tem perigo, isso aí é só instrução de segurança de voo”. Decolou. Daqui a pouco a aeromoça: “Apertar o cinto de segurança, vamos atravessar uma área de turbulência”. “Tá vendo mulher, já imaginou chacoalhar 10 mil metros de altura, olha que gelada, não precisava ter vindo”. Segurava no banco, apavorado. Passou. Daqui a pouco o comandante falou: “Aqui quem fala é o comandante Juarez, observe a sua direita, nós estamos passando pela cidade de Uberlândia”. Ele não aguentou e gritou, né? Juarez, Juarez, olha pra frente Juarez! Grande abraço a todos.