Discurso - Governador entrega 101 casas populares em Borá 20132308

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Governador entrega 101 casas populares em Borá

Local: Borá - Data:25/08/2013

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DE SÃO PAULO: Bom dia! É uma alegria estar aqui em Borá. Cumprimentar o Luiz, nosso prefeito, Luiz do Açougue, nosso anfitrião; D. Margarete, presidente do Fundo Social de Solidariedade; o presidente da Câmara, o Márcio Leovezete. Cadê o Márcio? Márcio Pelé, torcedor do Santos Futebol Clube. Mas como é que pode Márcio Pelé ser torcedor do São Paulo, né? Deputado Mauro Bragato tá aqui conosco; deputado Osvaldo Virgílio; os prefeitos de Artulândia, o Leninho; Palmital, a Ismênia, [ininteligível]; Quatá, Lu da Farmácia; de Tarumã, o Jairão. Nós vamos hoje ainda a Tarumã. Tarumã, né? Cândido Mota, o Doutor Zacarias; Regente Feijó, o Marcão; Assis, o Ricardo Pinheiro; Lutessem, o [ininteligível]; Corriente, o Dado Pompeia, o Oscar; Oscar Bressani, o Marcos; Quintana, Fernando; João Ramalho, o Wagner. Quero saudar aqui os ex-prefeitos da região, o Luiz, o Ieia, o Edvaldo. Queria convidar o Edson Rogati... Cadê o Edson? Edson, vem aqui. O Edson preside a Federação dos Hospitais Filantrópicos e Santas Casas do estado de São Paulo. Nós temos um slogan: É dos carecas que elas gostam mais, né? O Ladeira, gerente aqui da CDHU; tenente coronel Marcos Leite; o grupo Alegria de Viver, que participaram aqui do Jori da região; os moradores aqui do conjunto Parque das Flores; é isso? Parque das Flores. Quando é que vocês vão mudar? Quando? Que dia? Hoje? Faz muito bem, né? Demorou, mas chegou, né? Mas olha, dizer da alegria de estarmos juntos aqui, cumprimentar aqui a comunidade. Não existe... alguém me falou: “Olha, lá é um município pequeno...”. Não existe município pequeno; todo município é grande, todo município é grande. Pode ter maior população, menor população, mas não tem diferença. Município é importante em todo lugar, é o governo mais importante, o governo local, perto da população. Contem conosco, viu, Luiz? Conte conosco aqui pra gente trabalhar juntos em benefício da população. A prefeitura vai receber um micro-ônibus novinho, 0 km para educação; vai receber uma van 0 km para transporte de pacientes. Só não é aquela do cinema, você abre a porta e sair uma morena e uma loira de dentro, né? Um caminhão 0 km, um caminhão carroceria; uma creche para as mamães, uma creche caprichada aí. A prefeitura já arrumou o terreno? Aonde vai ser? Perto do parque, aqui do lado. Vai ter uma creche novinha. Um centro de convivência dos idosos, também, vai atender os idosos. E dar uma... e dar uma boa notícia para vocês, nós aprovamos uma lei que o Bragato e o Osvaldo Virgílio vão aprovar ela rápido, dizendo que do idoso. Então, é o seguinte, todo ônibus intermunicipal, você quer ir de Bora pra Marília, quer ir pra... De Presidente Prudente para São Paulo, quer ir pro Guarujá, quer ir para Campos do Jordão, quer ir para Capital, Pindamonhangaba, pra onde quiser, visitar um parente, conhecer uma cidade, passear. Tem... Todo ônibus intermunicipal terá dois lugares gratuitos para a melhor idade, acima de... A única coisa é reservar 24 horas antes; marca um dia antes e, na hora do embarque só mostra que tem mais de 60 anos de idade. Pode ser homem e pode ser mulher. Embora quem tenha 60 seja um broto, mas vai só mostrar lá o documento que tem mais de 60 e tá liberado. Então, dois assentos, todos os ônibus intermunicipais e todo o estado de São Paulo. O prefeito falou comigo que precisa de dinheiro para a saúde, a saúde é absolutamente prioritária, então nós estamos liberando R$ 100 mil aí para a prefeitura. E ele vai nos apresentar um outro projeto também que nós vamos avaliar. E hoje nós estamos aqui muito felizes, porque estamos entregando 101 casas. Se a gente imaginar três, quatro pessoas cada família, são quase metade da população que passa a ter casa própria, e sai do aluguel. Quanto que é o aluguel de uma casa, mais ou menos? Duzentos, 300, 350... Quem ganhar um salário vai pagar R$ 101,00 para ser dono da casa. E aluguel é um dinheiro sofrido, né? E olha, a casa demorou, mas tá caprichada: Piso cerâmico em toda edificação, forro de PVC, muro de arrimo, muro de divisa, azulejo na cozinha e banho, piso de acesso, calçada, asfalto... Temos algumas famílias com pessoas com deficiência, a casa tá adaptada. O conjunto todo com água, esgoto, asfalto, calçada, muro divisório, e todas as casas vão receber o aquecedor solar. Ladeira, quando vai ser instalado? Fechou agora. Mais ou menos, você calcula? Três meses? Então, hoje é agosto, né, 25 de agosto, então até novembro, até novembro tem que tá colocado o aquecedor solar. Custa R$ 1,5 mil, R$ 1,6 mil. Ninguém vai pagar nada. Nós vamos instalar em todas as casas. O que é que gasta eletricidade? É chuveiro, né? É chuveiro que gasta muito. O aquecedor solar vai reduzir a conta d’água em 30%. Vocês vão ver a diferença. A hora que puser o aquecedor solar, a conta d’água despenca. Então, toda casa terá, todas as casas da CDHU terão aquecedor solar, e a conta de luz baixa. E a gente ajuda o meio ambiente, porque, ao invés de gastar energia, tá aproveitando a energia do sol, a energia solar, que é uma energia renovável. Por que, ela é renovável? Porque o sol tem todo dia. Quando a gente tira o petróleo do mar, um dia acaba, então não é uma energia renovável. E energia solar é uma energia limpa, porque ela não polui, o sol solta poluição. O petróleo do mar, ele vira combustível fóssil e ele polui, então prejudica a saúde e o meio ambiente; então todas as casas terão o aquecedor solar. Nós queremos deixar um abraço para vocês, que a casa nova aí traga muitas bençãos, muita alegria! São Paulo, o Bragato o colocou aqui, é o único estado do Brasil que investi 1% do ICMS só em habitação, por quê? Porque, primeiro, casa para quem não tem casa; quem já tem, já resolveu o seu problema, é para quem não tem casa! Casa... quem ganha um salário, pode ter casa, porque nós subsidiamos, então quem ganha um salário, não compromete mais do que 15% da sua renda, por isso que dá R$ 101,00. Quanto que é o salário mínimo? Quanto? Já ouvi aí. É R$ 678,00; 15% de R$ 678,00? Eu também não sei, mas me falaram que R$ 101,00, por isso que não passa disso, está certo? Nunca passa de? De 15%, e a pessoa dona da? Casa! E é só casa, para quem não tem? Casa; quem já tem, não! E só para famílias de menor renda, a gente vê na revista aí; o sujeito comprou: o jogador futebol comprou casa de R$ 5 milhões; cantor comprou casa de R$ 10 milhões, não falta casa! Nós precisamos arrumar casa para que ganha um salário, dois salários, três, quatro, cinco; casa bem feita, com toda infraestrutura, com documento deixa para os filhos, é da família. E construção, gera emprego; quanto mais casa faz, mais emprego gera. Hoje, nós estamos com quarenta mil casas em construção, quase isso, cada casa são três empregos; então são quase cento e vinte mil empregos, que são gerados através da construção civil. Mas, eu quero agradecer aqui aos nossos deputados, o Mauro Bragato, nós fomos colega juntos na Assembleia Legislativa; agradecer o Osvaldo Vergínio, o Osvaldo Vergínio provocando aí, faz tempo, né, que vocês foram? Uma vez, nós fomos a Presidente Epitácio, aí uma mocinha bonita, tal, veio toda sorridente, falou para Bragato, 'ah, eu gosto muito de você, tal!', o Bragato já ficou todo alegre, 'a minha avó, foi sua eleitora', pronto, agora, acabou com o Bragato. Mas o Bragato é bonitão, aí! Mas agradecer o Bragato, cumprimentar toda equipe aqui do CDHU, o Sílvio Torres, Dr. Amaral e todo o time. Cumprimentar o Luiz, nós viemos aqui, de Ourinhos... De Assis, né? De Assis pra cá, batendo uma boa conversa, aprendi muito aqui sobre morar, sobre a região, o crescimento aqui da cidade, a usina, né, cana-de-açúcar, a pecuária, o comércio e uma cidade arrumadinha, muito boa. E conte conosco viu, Luiz, para gente trabalhar juntos aí em benefício da população! Felicidade aí, na casa nova, parabéns! Borá