Discurso - Inauguração da expansão do Terminal Açucareiro Copersucar 20130506

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Inauguração da expansão do Terminal Açucareiro Copersucar

Local: Santos - Data:05/06/2013

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Bom dia a todas e a todos! Quero saudar o Luiz Roberto Pogetti, presidente do Conselho de Administração da Copersucar; Paulo Roberto de Souza, presidente da Copersucar; prefeito anfitrião, Paulo Alexandre Barbosa; presidente da Codesp, o Renato Barco; Mauro Borges, presidente da ABDI, Associação Brasileira para o Desenvolvimento da Indústria; Capitão de mar e guerra, Marcelo Ribeiro de Souza; Paulo Skaf, presidente da Fiesp; o ministro Pedro Pimentel, perdão, Ministro Pedro Parente, presidente do Conselho Deliberativo da Única; Júlio César Ramundo, diretor do BNDES; parlamentares aqui presentes, Moreira Mendes, nosso constituinte; Sigmaria Seixas; Roberto Massafera; os secretários de estado: José Aníbal, Mônica Bergamaschi, Dr. João Carlos Meirelles, Edmur Mesquita; ex-prefeito Gilberto Kassab; lideranças aqui do setor suproenergético; trabalhadores e trabalhadoras; equipe toda aqui da Copersucar, dizer da alegria de estarmos hoje aqui, Pogetti, em um dia histórico, histórico para Santos, onde no século XVI chegou a cana de açúcar e cinco séculos depois a gente vê o Brasil e São Paulo o maior produtor do mundo de açúcar e álcool, e a Copersucar líder inconteste mundial do setor, pela sua eficiência, pelo seu trabalho, pelo seu empenho. E hoje um ganho importantíssimo, social, o setor supraenergético responde por 1,2 milhões de empregos diretos, fora os empregos indiretos, 75% dos municípios do estado de São Paulo tem uma dependência social e econômica desse setor. Estamos falando do interesse do Brasil, porque a balança comercial, esse é um setor que vai gerar um superávit de 15 bilhões de dólares de divisas para o Brasil, e hoje, com essa estrutura maravilhosa aqui do terminal do açúcar, aqui da Copersucar, do TAC, vamos dar um passo ainda mais importante. Quero cumprimentá-los pelo exemplo de investimento de trabalho e competência, reduzindo custo, melhorando eficiência para poder crescer ainda mais. E reiterar o compromisso de São Paulo com a infraestrutura, nós estamos, junto com o governo federal, investindo 1,6 bilhões de reais na hidrovia Tietê/Paraná, remodelando todas as pontes para não ter que separar as barcaças do comboio, para ganhar tempo e rapidez, e vamos levar a hidrovia até Artemis, em Piracicaba, onde ela vai integrar direto com a ferrovia. Hoje ela já chega a Anhembi, a dutovia, a Logum, do qual a Copersucar tem 25%. Está inaugurando 360 km de dutovia entre Ribeirão Preto até Paulínia, e nós assinamos o decreto tirando o ICMS do lastro do álcool, do etanol, durante todo esse trajeto. A ferrovia, estamos nesse momento trabalhando com o ministro César Borges para acelerar o ferroanel, o tramo norte e o tramo sul, para a gente ganhar eficiência no transporte ferroviário. O rodoanel entregaremos em abril o trecho leste, e já está em obra também o trecho norte. Aqui embaixo, na Baixada, temos uma boa parceria com o Renato Barco, e o governo federal com a Dersa, para a segunda fase da perimetral do Guarujá, e o que o Paulo Alexandre falou, a entrada aqui de Santos, uma reunião importantíssima essa semana onde se vai ter um investimento que pode chegar a 800 milhões de reais, melhorando muito o acesso aqui ao porto e à região. E a ligação seca, Santos/Guarujá, aqui é a maior travessia marítima do mundo de balsas, ferry boats, barcos, catrária, e nós vamos ter uma ligação seca para pedestre, bicicleta, carro, ônibus, caminhão e até trem, porque o VLT, cuja obra começou essa semana ligando Santos, São Vicente e depois Praia Grande, irá também, em um segundo momento, até o Guarujá. E também estamos atentos à questão tributária. Eu comentava com o Pogetti, São Paulo representa por 60% da produção no setor, mas no etanol, responde por70% do consumo do etanol, se nós temos 22% da população brasileira, consumimos 70% do etanol, isso mostra como foi importante quando nós mantivemos o ICMS da gasolina em 25% e reduzimos o ICMS do etanol para 12%. Aliás, não pode haver uma contribuição maior ao meio ambiente do que estimularmos uma energia limpa, verde e renovável, como é o etanol no uso do carro flex fuel, do biocombustível, do bicombustível. Por isso nós ficamos muito felizes de abraçar aqui a Copersucar, dizer que uma empresa é um ativo importante da nação, do país, quem cria emprego não é governo, governo o faz de forma complementar, quem cria emprego são os empreendedores, e São Paulo é terra do trabalho, terra do empreendedorismo, e por isso nosso abraço muito afetivo, nossos cumprimentos. Nós estamos tristes porque emprestamos o Neymar para o Barcelona, mas estamos muito felizes com este grande terminal da Copersucar. Parabéns!