Discurso - Inauguração das obras de Afastamento e da Estação de Tratamento de Esgoto - ETE Oeste - 20121711

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - Inauguração das obras de Afastamento e da Estação de Tratamento de Esgoto - ETE Oeste

Local: Adamantina - Data: 17/11/2012

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Senhoras e senhores, ouviremos o governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR: Olha, se Deus quiser não é nada grave, desejar toda saúde pro nosso prefeito eleito, o Ivo, que vai estar aí com toda energia, com toda força a partir de 1º. de janeiro, pra trabalhar pela população aqui de Adamantina. Um abraço muito carinhoso ao Ivo. Cumprimentar o Kiko, prefeito de Adamantina, a Elizabeth, vice-prefeita; o vereador Silvio, presidente da câmara; o Dr. Pacheco, vice-prefeito eleito; o ex-prefeito, o Rossi, José Laércio Rossi; deputado Giriboni; nosso secretário de saneamento; Mônica Bergamaschi, secretária de agricultura; Max Penido, secretário de habitação; deputados Mauro Bragato; Reinaldo Augusto; Ed Tomas; Dilador Borges, começa agora dia primeiro; prefeitos de Teodoro Sampaio; José Gutiérrez, presidente da Unipontal, com quem assinamos o recebimento da área pra fazer o corpo de bombeiros lá em Teodoro Sampaio; prefeito de Mariápolis, o Ismael, reeleito; Pacaembu, a Mara; Guararapes, o Dedê; Guarapuã, o Samir; João Pedro, o prefeito de Lucélia; prefeito eleito de Lucélia, Osvaldo Alves Saldanha; ex-prefeito de Mariápolis, José Aparecido; diretor da SABESP, Luiz Paulo de Almeida Neto; presidente da SDHU, Dr. Amaral; Dr. Valmir, diretor do DEINTER 8; major Enzo Berton, comandante do batalhão da região; Ademir Garcia Barra; secretários municipais, lideranças aqui da comunidade, amigas e amigos. Primeiro é uma alegria aqui, voltar aqui a Diamantina. Eu estava daqui de cima olhando aqui essa estação de tratamento de esgoto. O Brasil tem quantos municípios? Cinco mil, seiscentos e lá vai pedrada, né? Quase cinco mil, quase cinco mil e setecentos municípios. A gente conta nos dedos da mão, os municípios que são 300%, 100% de água tratada, água de qualidade. SABESP é como Nova York, Nova York é famosa porque as pessoas tomam água da torneira, né, os restaurantes chiques de Nova York, a água vem de graça ali pela garrafa. Tudo é água da torneira. Aqui também, pega água e tomar, porque ela é tratada, controlada, qualidade, 100% de água tratada. E a gente esquece de tomar água, hein? Quanto que tem que tomar de água por dia? Dois litros, quem for mais fortão, um pouquinho mais, né, então dois litros de água. Aliás, de manhã, acordou de manhã, escovou o dente, copão de água. Água não se toma gelada, água é de moringa, é fresca, não é gelada. Água se toma devagarinho, devagarinho, de gole em gole, não é de uma vez. Então, devagar, copo ali na mesa de trabalho, e vai tomando água devagarinho. Água 100% de esgoto coletado. Quantos municípios tem esgoto coletado? Pouquíssimos. Aqui 100%, pega o esgoto da porta da casa da pessoa, põe na rede e tira, e 100% de esgoto tratado. Olha que estação de tratamento de esgoto, isso aqui é coisa de primeiro mundo. Então, Adamantina, 300%, 100% de água, 100% de esgoto, 100% de esgoto tratado. Asfaltar rua é administrar pro automóvel, administrar pro ser humano, é água e esgoto, é saneamento básico, isso é administrar pro ser humano. E despoluir as bacias. O Edson Giriboni estava dizendo que dos 62 municípios aqui operado pela SABESP até 2013, todos vão estar com o esgoto tratado. Aqui despolui o Córrego do Rancho, que recebia toda a carga de esgoto “in natura”, que vai despoluir o Rio do Peixe. Aliás, eu que sou santista, isso é uma homenagem ao peixe, né? Mas o fato é que nós vamos estar limpando os nossos rios, e o rio é proteína. Meu pai era veterinário e dizia: “A maneira mais econômica de produzir proteína é debaixo d’água”. Peixe, peixe, aumentar a piscicultura. Nós consumimos pouco mais de oito quilos de peixe per capta/ano, o mínimo é 12, temos que aumentar o consumo de peixe, né, e produzir mais. O Brasil não é autossuficiente, nós importamos peixe, nós não somos autossuficientes, piscicultura é muito importante, por isso essa semana com a Mônica e o Bruno Covas, nós zeramos os gastos pra fazer tanque, então o pequeno produtor, o médio produtor, chegava a pagar até R$ 19 mil pra CETESB, vai ser zero, pra fazer tanque escavado, pra produzir peixe. Lazer, né, lazer, aqui nós estamos longe da praia. Quantos quilômetros, Bragato? Quanto? 600km. Diferente da minha região, que você dá um pulinho, cai na praia. 600km, São Paulo, 700km da praia. Mas, em compensação esses rios maravilhosos aqui, né, o lazer que isso representa. Então, a primeira boa notícia, o saneamento básico; a segunda, a educação. Aqui, você recebeu ônibus escolar? Vários, né? Mas, não chegou agora? Não, eu sei. Mas, agora foi um. Do pequeno ou do grande? Médio. Isso aí... Por isso que é prefeito, né? Mas isso aí é o Panão, nosso repórter: “Dr. Geraldo, quem que o senhor acha que eu mais gosto? Eu não sei. É o senhor, Dr. Geraldo. Obrigado. E o segundo. Não sei. É quem o senhor quiser”. [ininteligível]. Aqui tem a ETEC, aliás, o melhor curso de técnico em mecânica do estado, e acho que um dos únicos da região, é uma grande ETEC, e já vamos fazer no Centro, vamos fazer no Centro da cidade a FATEC, Galvão, a faculdade de tecnologia. Então, o aluno vai poder estudar de graça, depois do ensino médio fazer o curso técnico que garante um bom emprego, e poder fazer a faculdade de tecnologia aqui em Adamantina, faculdade de graça, público e de qualidade. De cada cinco que sai da ETEC, quatro já saem contratados; e da FATEC de cada 10, nove já saem contratados. R$ 12 milhões o investimento na FATEC, e ampliando as engenharias. Nós fizemos um entendimento com a UNESP pra criar 12 engenharias no estado, liberamos R$ 55 milhões a mais do que eles recebem do ICMS. Aqui vão ter duas engenharias. Em Tupã, engenharia de biossistemas; e em Dracena, engenharia agronômica, que já tem isotécnia, vai passar a ter mais uma engenharia na própria região. Rosa, engenharia na área de energia; e Tupã, engenharia de biossistemas, lá já tem administração em agronegócio, e Rosana tem UNESP e Turismo, então fortalecer o ensino da região. A outra é a estrada, dia 23 sai o edital da SP-294, daqui até Tupi Paulista, e no começo do ano, Tupi Paulista até Panorama, aí chegamos no Rio Paranazão. São R$ 150 milhões, Adamantina/Tupi, e R$ 50 milhões a Tupi a ponte. R$ 200 milhões, acostamentos, recapeamento, terceiras faixas, obras de artes, segurança, rotatórias, viadutos, enfim. É uma autoestrada aqui pra dar segurança e desenvolvimento. As vicinais, nós já entregamos aqui a vicinal até o da via Rio Branco, prolongamento da via Rio Branco, José Bocardi, é essa que nós viemos, foi recuperada, e até divisa com Lucélia também. Três vicinais foram recuperadas, e temos também o Melhor Caminho, que falou aqui a Mônica Bergamaschi, que é um programa importante. E a Delegacia de Defesa da Mulher. Cadê o nosso diretor. Entregou agora, né? Há 20 dias. Então, o distrito, a delegacia do plantão policial foi reformada; Delegacia da Defesa da Mulher construída, e já liberado R$ 2,5 milhões para fazer a Delegacia Seccional aqui pra Adamantina. Aliás, tem a Delegacia da Defesa da Mulher, eu fui um dia desses, Reinaldo, lá em Indaiatuba, inaugurar lá uma fábrica, e a delegada de polícia da DDM, Delegacia da Defesa da Mulher, “Dr. Geraldo, queria que o senhor fosse lá na delegacia, o senhor vai lá, nós reformamos, tá novinha. Vai lá, não deixa de ir”. Eu atrasado, com pressa, já tinha ido a duas cidades, mas ela insistiu tanto que eu falei: “Tá bom, eu passo lá”. Aí passei. Realmente estava um brinco, né, a gente vê o capricho, né? Tudo pintado, arrumado, equipamento novo, computador, e ela delegada ia mostrando tudo com muito entusiasmo e tal. No corredor, aí acabou o corredor, uma grade, né, uma cela. Ela me chamou de lado e falou: “Doutor, aqui é onde os homens choram e ninguém ouve”. Não é fraca não! Mas, aqui a DDM foi totalmente construída, novinha, aqui a Delegacia da Defesa da Mulher. E finalmente, a habitação, assinamos o Cidade Legal, já regulariza 190 casas e abre aí o início para regularizar outros loteamentos e unidades habitacionais aqui da cidade. Queria agradecer a Mônica Bergamaschi, que tá fazendo um grande trabalho, nós vamos agilizar todas as. GTAs, 11 de dezembro, vamos fazer tudo informatizado. Vacinação, comunicação, transporte de gado, transporte de animais, vamos ganhar. Ninguém precisa viajar para a burocracia. Então, facilitar a vida do produtor. Agradecer ao Geribone. Nossa meta, São Paulo até 2014, todo o Estado e interior do Estado com saneamento. Em 2016, todo o litoral; e 2018, toda a região metropolitana. Então estamos acelerando devagar. Agradecer, cadê o diretor da Sabesp? Cadê o Luiz Paulo? Agradecer ao Luiz Paulo, toda a equipe da Sabesp, porque água é vida. Por isso que a gente tem que fazer ginástica, porque água parada estraga e 70% do corpo humano é água. O cigarro mata 3,4 milhões de pessoas por ano no mundo. A vida sedentária mata 3,8 milhões. Não tem saúde se não mexer o corpo... Tem que andar, tem que fazer ginástica. Não há nada melhor para a saúde do que isto. Nos Estados Unidos o remédio mais consumido é antidepressivo, o mais consumido, só falta por na água da Sabesp, a sertralinas. Por que isso? Porque é fazendo ginástica que se liberam as endorfinas, as dopaminas, serotoninas. Por isso se chama “barato do corredor”. O sujeito que corre, ele tem satisfação, porque melhora o cérebro emocional. Então, fazer ginástica para a água não parar. Agradecer ao Penido, Dr. Amaral.


DR. AMARAL: Nessa estação nós vamos ter uma eficiência bem acima da legislação.


GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR: Olha, ele está dizendo, o diretor, que esta estação, a eficiência dela em recuperar a qualidade da água é a maior. É muito acima inclusive da média e da legislação brasileira. Agradecer aqui o Amaral, o Penido, toda equipe da CDHU. Agradecer aos nossos deputados; o Ed Thomas, que está nos ajudando muito na Assembleia Legislativa de São Paulo; agradecer o Bragato. Eu fui deputado junto com o Bragato, fui liderado dele, um grande deputado. Muito obrigado. Agradecer o Reinaldo Alguz, da Alta Paulista. Vocês têm não só um deputado grande, mas um grande deputado. Reinaldo é um grande companheiro, o Dilador apresentado pra vocês, Dilador toma posse dia 1º. de janeiro agora, vai assumir lá pra reforçar o time. Agradecer aqui o Kiko, bom prefeito, bom amigo, agradecer aqui o Kiko, todo o trabalho. Ele tá lembrando muito bem, o Kiko, que a Polícia Militar também o prédio R$ 600 mil foi investido aqui para a região. E queria dizer que o Kiko vai passar pro meu time, que é dos ex-prefeitos, esse é o melhor time de clube que existe, viu? Já foi, ninguém mais pede aumento, já tá tudo, né? Não, isso aí é história. Eu sempre digo o seguinte: na política se você não tiver preparado no dia que sair, o caboclo desviar, o senhor não pode fazer, viu? Porque o Mário Covas dizia: “A melhor parte da política é o povo”. É o povo, esse tem memória, tem carinho, sabe votar, erra menos que as elites. Mas, olha, cumprimentar, em Adamantina, de janeiro a setembro de 2010, teve um homicídio; de janeiro a setembro de 2011, zero; janeiro a setembro de 2012, zero, nenhum caso de homicídio. Latrocínio, nenhum caso, aliás, 2010, 2011 e 2012. Roubo a banco, 2010, 2011, 2012; zero. Roubo de carga, 2010, 2011, 2012; zero. Roubo de veículo, um caso teve este ano. Enfim, cumprimentar aqui a Polícia Civil e a Polícia Militar, agradecer o Kiko, mas deixar um grande abraço aqui pra vocês todos, contem conosco aí pra gente trabalhar em benefício da nossa população. Alta Paulista, eu sempre digo, é o novo corredor de desenvolvimento de São Paulo, une o estado mais forte da América Latina, que é São Paulo, com o centro-oeste brasileiro através do Mato Grosso do Sul. Então, é investir forte aqui na região que nós vamos ter um grande desenvolvimento aqui regional. Muito obrigado.