Discurso - Lu Alckmin - Inauguração do 7º Polo Regional da Escola de Moda da capital – União Comunitária de Mulheres do Jardim Nair - 20121009

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Transcrição do discurso da primeira dama, Lu Alckmin, na Inauguração do 7º Polo Regional da Escola de Moda da capital – União Comunitária de Mulheres do Jardim Nair

Local: Capital - Data: 10/09/2012

LU ALCKMIN, PRESIDENTE DO FUSSESP: Como é emocionante ouvir de cada aluna a transformação. E queria parabenizar as professoras, parabenizar a Lucilene, não é?


ORADORA NÃO IDENTIFICADA: [ininteligível]


LU ALCKMIN, PRESIDENTE DO FUSSESP: (...) pelo carinho, pelo amor... Eu sei que a Lucilene passou por um problema, mas Deus está aqui, viu Lucilene? Vem aqui do lado, Deus está aqui, você está fazendo um bem tão grande para essas pessoas. As próprias alunas falando que a Lucilene muitas vezes fala: “tem que desmanchar, tem que refazer a roupa!”. Mas é isso que a gente quer, porque a gente não está fingindo que está ensinando, não é? Eu vi, e pelo que foi apresentando aqui, roupas belíssimas, bem acabadas, isso é dignidade! Isso mostra que o ser humano, todo mundo é igual, ninguém é diferente, só precisa ter oportunidade. Então, através da Maria Eulina que apresentou essa entidade, a Maria Eulina que tem um trabalho maravilhoso no Castelinho, e lá, nós vamos levar, também, a Escola de Moda que pode, ali, no centro da cidade ajudar aquelas pessoas. E através da Maria Eulina, nós chegamos aqui, através da Cristina, que é técnica do Fundo social, que é essa pessoa maravilhosa, que cuida da Zona Leste, não é? Cristina, querida, vem cá! A Cristina, uma salva de palma, também! [ininteligível] agradecer o Artur, que é presidente da União de Mulheres, a Dona Nair(F), a Dona Socorro(F), que deu um testemunho tão lindo, não é? Pela união de tantas pessoas tão especiais, transformando tantas vidas, então... A outra professora não está aí, não é?


ORADORA NÃO IDENTIFICADA: Está. Adriana!


LU ALCKMIN, PRESIDENTE DO FUSSESP: Está? Vem cá, Adriana! Então, as professoras que são as peças fundamentais, não é? Vamos dar uma salva de palmas para elas! Que elas continuem esse trabalho tão bonito, tão assim, emocionante como eu pude ver aqui, eu vi até desfile de modas aqui, [ininteligível] elas mostrando as roupas... Então, estou muito, muito feliz, e nós estaremos todos juntos, aqui, ajudando a comunidade. Para mim é uma honra pode estar aqui, de a gente poder fazer a nossa parte. Eu quero desejar a cada um de vocês, é que Deus esteja presente nas suas famílias, porque sem Deus nós não somos nada e com Deus, nós podemos tudo, não é? Nos unimos, porque ninguém pode ser feliz, enquanto estiverem pessoas passando fome, passando necessidade... E é através desses pequenos projetos que a gente [ininteligível], a gente está regatando a dignidade das pessoas e mostrando que todos são capazes de ter uma vida melhor através do seu trabalho, muito [ininteligível]. Então, todos estejam com Deus.