Discurso - SP leva programa Água Limpa a Guaraçaí 20132008

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Discurso - SP leva programa Água Limpa a Guaraçaí

Local: Guaraçaí - Data:20/08/2013

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Boa tarde. Boa tarde a todas e a todos. Estimado prefeito, Dói Suttini. Quero cumprimentar a senhora sua mãe, Dona Alzira, que nós alegra aqui com a sua presença. A presidente do Fundo Social de Solidariedade, a Elza. Um abraço da Lu. O Gerson, o vice-prefeito; vereador Amarildo, presidente da Câmara, saudando aqui os vereadores. Deputado Edson Giriboni, secretário de Recursos Hídricos. Deputado Sílvio Torres, secretário da Habitação. Deputado Dilator Borges; o Dedê, prefeito de Guararapes, presidente do Comitê do Baixo Tietê. De Andradina, prefeito Jamil Ono; Itapura, o Jerry; Bento de Abreu, Valinho; Val Paraíso, Marquinho; Rubiácea, Lalá; Barbosa, o João do Boi; Lavínia, o Mário; Braúna, o Vander Guerrero; Murutinga do Sul, José Célio; Castilho, o Joni; São João do Paudalho, o Manuel; Mirandópolis, o Chicão Momesso. Os ex-prefeitos que nos alegram aqui com a presença, o [ininteligível], o Fábio Galera, o Dr. Alceu Segamarchi, superintendente do DAE. Queria apresentar a vocês Dr. Severo. Cadê o diretor do Deinter, aí? Dr. Severo, dá um pulinho aqui para o pessoal te conhecer. Nós criamos o Deinter... Aqui era subordinado a São José do Rio Preto, a região era muito grande; então criamos o Deinter 10. Dr. José Severo já tomou posse, já está trabalhando. É o novo delegado aqui da Deinter 10. Desejar ele um ótimo trabalho. Cumprimentar também o Coronel Botero. Coronel, por favor. Coronel Botero é o comandante aqui da região do CPI-10. Dar os parabéns aqui a comunidade. Estava vendo aqui o primeiro semestre e de 2013: homicídio, zero; furto tivemos, mas roubo, zero. Furto de veículo, zero; roubo de veículo, zero; roubo de carga, zero; roubo a banco, zero; latrocínio, zero. Temos um caso de estrupo. Mas esse é um trabalho que a gente não pode descuidar, tem que todo dia fazer um esforço para melhorar. E eles estão firmes aí para proteger a população e fortalecer a segurança. Bom trabalho a Polícia Civil e Militar. Cumprimentar o Dr. Carlos Mendonça Casati, delegado seccional. O Padre Fernando aqui da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida. A nossa diretora da Educação... Cadê a Selena? Selena, né? Selênia? A Selênia... A regional, a Delegacia de Educação aqui de Andradina, no Idesp, foi a primeira do estado de São Paulo; a primeira do estado de São Paulo. Vocês estão... Diretores, coordenadores, professores, funcionários, alunos; parabéns. A gente fica orgulhoso; 82% das metas foram atingidas. Então parabéns a Selênia. Fala aqui.

SELÊNIA, DIRETORA DA EDUCAÇÃO: E parabéns as diretoras Selma Miqueleto, da escola Juventino. Gerentes de organização escolar, professores, alunos, todos que estão aqui presente. Porque a escola cumpriu 120% das metas no ensino fundamental e no ensino médio. É o Juventino, parabéns.

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Olha, nós estamos vindo aqui ao município de Guaraçaí. Quero agradecer os presentes. O CEU deve ser abacaxi de Guaraçaí e queijo Tânia, não é? Uma alegria. Queria dizer que entrando aqui na cidade, nós vamos fazer uma grande rotatória aqui no acesso da Marechal Rondon para Guaraçaí. Exatamente naquela esquina ali onde está escrito, como é? Tem uma placa ali. Exclusiva... na rotatória. Vai ser uma grande rotatória... R$3 milhões vai ser investido, uma grande rotatória, uma grande obra, fica pronta até março do ano que vem. Está aqui conosco, lá na ponta esquerda, é um bom jogador de futebol, o Sílvio Torres, que é o secretário da Habitação. Nós vamos ter 120 casas aqui em Guaraçaí. E mais 78 que vai assinar o convênio agora, então vai dar quase 200 casas. Quanto é o aluguel aqui em Guaraçaí? 200? 300? 400? 500? Caro, não é? Então, quanto é o salário mínimo? R$678, certinho. Quanto é 15% de 678? É, R$ 101,00. Então quem ganhar um salário vai pagar para ser dono da casa, R$ 101,00, porque nunca passa de 15% da renda para não deixar a família em situação difícil; então nunca passa de 15%. Só somos o único estado brasileiro que põe 1% do ICMS para fazer casa. Casa para quem não tem casa e casa para famílias de menor renda. Então quem ganha 1% salário pode ter acesso a casa própria. Só hoje nós entregamos em Paulicéia e São João do Pau D'alho, 171 casas, 171 famílias. Aqui 200 casas: cada casa três empregos, são 600 empregos na construção civil, que é uma área que gera muitos postos de trabalho. Então, cumprimentar o Sílvio Torres, a equipe da CDHU. A terceira boa notícia é para as mamães. O prefeito já assinou o Creche-Escola; então nós vamos ter uma creche para as mamães poderem deixar a criança com segurança. Eu tenho filho que mora no México, e a esposa dele, a Carla, teve gêmeos. Então eu fui lá no ano passado visitar o filhão e os netinhos; e via a dificuldade que é; criança quanto menorzinha mais cuidado precisa ter. Então a creche é uma segurança. Não é todo mundo que tem avó para ajudar, com que deixa a criança que não precisa trabalhar. Então nós vamos fazer mil creches no estado de São Paulo. Todos os municípios estão convidados a participar. Aqui quanto é o valor do convênio, você lembra? Deve ser R$1,5 milhão? R$1 milhão e 700 mil reais, é uma creche grande. Nós entregamos, inclusive mobiliada, prontinha para funcionar; então uma conquista importante. O município vai receber um ônibus escolar para transporte de estudantes; vai receber uma van 0 km para transporte de pacientes; um caminhão basculante, novinho, 0 km também para a Prefeitura, sempre ajuda. O prefeito vindo de Murutinga do Sul para cá falou: “Aqui nós temos assentamentos”. Não é isso, do Itesp? Então, primeiro uma boa notícia para a agricultura. Nós estamos comprando através do PPAIS, criamos um programa de compras governamentais. Nós temos quase 200 unidades penitenciárias, nós temos 210 mil presos no estado de São Paulo. Nós temos 4.500 escolas, quatro milhões e meio de alunos, nós temos mais de 100 hospitais. Então nós estamos comprando diretamente da agricultura, do pequeno agricultor, para melhorar a renda do agricultor. Fruta, verdura, grãos, leite; a gente compra diretamente do produtor. Então, estão abertos os editais, o chamamento público, quem quiser vender pode entrar já, o agricultor já pode entrar no PPAIS, para vender diretamente para nós, melhora a sua renda. Depois o... Panão, Panão, verifica para mim o nosso Mandese, como é que é o site pra gente, como é que as pessoas se inscrevem no PPAIS; já tá aberto o chamamento público já. E nós vamos liberar, Dói, 10 km de melhor caminho para as estradas rurais aqui do município. E entrando aqui na cidade, o prefeito mostrou o problema da erosão, não é isso? Tem uma erosão ali, uma galeria que precisa ser feita. Então, vem a chuva, daqui a pouco dá problema, né? Então nós vamos ajudar a fazer a canalização e o combate a erosão. Aqui tem R$ 200 mil, tem R$ 200 mil aqui para um posto de saúde na Vila Operária, e nós vamos dar uma ajuda pro seu hospital, que a saúde é sempre uma prioridade da população. Nós temos... eu fico feliz como médico porque hoje é o dia da saúde. Estou saindo lá de Murutinga, nós vamos reabrir a Santa Casa. Aqui vamos ajudar, aqui vamos ajudar um hospital e o posto de saúde. Em Andradina, liberamos R$ 1,5 milhão para a Santa Casa, todo centro cirúrgico vai ser modernizado, ficar novinho. Provedor da Santa Casa de Araçatuba está aqui conosco, aquele moço careca, simpático lá. Não fique triste porque é dos carecas que elas gostam mais, viu? Nós estamos autorizando mais 10 leitos de UTI Neonatal para as crianças. Nós estamos vivendo mais ou menos? Mais, mais. Em 1940, aquele Brasil rural da década de 40, a expectativa de vida média no Brasil era 43 anos de idade, expectativa de vida média, porque morria muita criança. A mortalidade infantil era de 140, então era comum uma mamãe dizer: “Tive cinco filhos, vingaram quatro”. “Tive oito filhos, vingaram seis”. E as famílias eram grandes. A minha mulher, a Lu, ela é a sétima filha de 11 irmãos; minha sogra teve 11 filhos, e veja como a vida era diferente. Ela teve 11 filhos e pegou mais um pra criar, ela criou 12, 12; 11 dela e mais um de fora. Por isso que a Lu aprendeu a dividir, família grande, né, você aprende a partilhar. Mas, hoje a mortalidade infantil no estado de São Paulo era 140 lá atrás, hoje é 11. A maioria dos municípios é um dígito; oito, nove. Nós temos nível europeu, é raro uma criança morrer. De outro lado a expectativa de vida está subindo. No Império Romano, lá atrás, as pessoas viviam 30 anos, 30 anos. Hoje a gente vive no Brasil em média, expectativa de vida média, 73; em São Paulo, 75. Se passar dos 30 é mais de 80, porque sai da vulnerabilidade juvenil, morre muito jovem fim de semana; carro, moto, droga, tiro. Então, não é de doença, é causa externa, então passou dos 30, escapa dessa vulnerabilidade maior do jovem, vai pra mais de 80. Quem é idoso? Quem tem mais de 60, 65, 80? Idoso é quem tem, pelo menos, 10 anos a mais do que nós, né? Então, o meu filho falou lá um dia desse: “Ah, pai, fui lá socorrer, ajudar não sei quem”. Eu falei: Quem era ele? “Ah, um tiozinho”. Fui lá ver o cara tem 30 anos. Tiozinho, né? Então, quando você tem 30, é quem tem mais de 40. Quando chegar nos 40 é quem tem mais de 50. Quando chegar nos 50 é quem tem mais de 60. Quando chegar nos 60, como eu, é quem tem mais de 70. Quando chegar nos 70 é mais de 80. E quando chegar nos 80 é mais de 90. Fernando Henrique diz que a vida começa aos 82, tá com uma namorada de 37, não tá fraco não. Mas, eu quero deixar um grande abraço. Agradecer aqui o Dilador, deputado, tem nos ajudado muito lá na Assembleia Legislativa; o prefeito citou também o André do Prado, os nossos deputados estaduais. Agradecer ao Giriboni. Cadê o Gibironi? Nós já fizemos, já entregamos, aqui entregamos uma estação já, da zona norte, agora estamos iniciando da zona sul; R$ 4,5 milhões. Não precisa passar para a Sabesp, não precisa; não precisa pagar esses R$ 4,5 milhões, o governo é que vai arcar com isso. Nós vamos entregar a estação operando, operando, para a prefeitura. A cidade vai ser uma das poucas cidades do Brasil, né, 100% de esgoto coletado e tratado. Eu perguntei ao Dói, nós vamos tirar cinco toneladas por mês de carga orgânica do córrego Ipê, e do Ribeirão Moinho, que são afluentes do Paranazão. Perguntei para ele se tinha peixe aqui nos rios. Tem? Além do Lambari? Não, mas agora, tratando 100% de esgoto vai ser, vai ter muito Pintado, Pacu, até porque todo mundo gosta do peixe, né, do Santos Futebol Clube, não é isso? Eu nunca vi tanto prefeito Santista, viu, como no estado de São Paulo. Mas eu quero agradecer ao Giriboni, agradecer ao Sílvio, agradecer ao Dilador. Cumprimentar aqui os prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, e especialmente vocês. Podiam estar em casa, podiam estar passeando, podiam estar com a família, e deram alegria aqui da sua presença. Guaraçaí não é só a capital do abacaxi, do bom queijo, é a capital também da hospitalidade. Muito obrigado.

ORADOR NÃO IDENTIFICADO: Pode aplaudir. Guaraçaí