Notas oficiais - SP-250 Rodovia Bunjiro Nakao 20141403

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Data: 14 de março de 2014

Órgão: Logística e Transportes

Veículo solicitante: Jornal Folha de São Paula/São Paulo

Resumo:

veículo solicita fazer uma entrevista por telefone com o secretário Saulo de Castro Abreu Filho ou outro representante da Secretaria de Logística e Transportes.

Nota enviada:

O Governo de Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria de Logística e Transportes, tem atualmente quatro obras previstas para a SP-250, onde 226,85 quilômetros de extensão da rodovia receberão serviços para melhorias e modernização.

O projeto para o trecho entre Capão Bonito, Guapiara, Apiaí e Ribeira já foi concluído. Entre o km 225,3 e o km 354,94 serão realizados serviços para recapeamento da pista, pavimentação dos acostamentos, melhorias no sistema de drenagem e sinalização. O edital de licitação para contratação da obra deverá ser publicado em abril e os serviços iniciados em agosto de 2014, com prazo de execução de 18 meses. O valor orçado da obra é de R$ 371,3 milhões, que serão financiados pelo BID.

Entre Vargem Grande Paulista e Ibiúna, o DER desenvolve atualmente projeto executivo para obras de duplicação da pista, do km 42,5 ao km 74. O projeto deverá ser concluído ainda neste ano e a licitação da obra deverá ocorrer em novembro de 2014. O valor orçado da obra é de R$ 102,3 milhões.

Ainda há outros dois projetos em fase de elaboração, para obras entre Ibiúna- Piedade e entre Piedade - Pilar do Sul. Neste trecho de 68,4 quilômetros, serão realizados serviços para recapeamento da pista, implantação de faixas adicionais, melhorias na drenagem e sinalização. O valor das duas obras é de R$ 81 milhões e após a conclusão dos projetos, o edital de licitação das duas obras também deverá ser publicado em novembro de 2014.

O objetivo do Governo do Estado é que todas as rodovias que apresentaram na pesquisa algum requisito entre ruim e péssimo, em um período de uma a dois anos, estejam em condições boas ou ótimas. Desta forma, as rodovias que não apresentaram condições satisfatórias têm obras previstas em fase de licitação ou com projeto em elaboração.

Notas oficiais
201120122013201420152016201720182019