Região de Sorocaba

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar
Nota: depois de quatro Regiões Metropolitanas (RM) e duas Aglomerações Urbanas (AU), Sorocaba é a quinta Unidade Regional (UR) com mais de 1,7 milhões de habitantes.
Lupa.png
Mais informações: Região Metropolitana de Sorocaba (lei que regulamenta a região)
Região de Sorocaba
Principais cidades Sorocaba, Itapetininga e Botucatu
Nº de municípios 47
População 2.389.811 habitantes
Divisão dos municípios por Regiões de Governo
Avaré Águas de Santa Barbára, Avaré, Cerqueira César, Iaras, Manduri
Botucatu Anhembi, Areiópolis, Bofete, Botucatu, Conchas, Itatinga, Laranjal Paulista, Pardinho, Pereiras, Porangaba, Pratânia, São Manuel, Torre de Pedra
Itapetininga Alambari, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Guareí, Itapetininga, Quadra, São Miguel Arcanjo, Sarapuí, Tatuí
Sorocaba Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Ibiúna, Iperó, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto de Pirapora, Salto, São Roque, Sorocaba, Tapiraí, Tietê, Votorantim
Região Metropolitana de Sorocaba
Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê, Votorantim

Compromissos

SEGURANÇA

RRP 04/01/19

• VALORIZAÇÃO DA CARREIRA POLICIAL.

• Abrir concursos para aumentar o efetivo.

• DELEGACIAS PADRÃO POUPATEMPO.

• 17 NOVOS BAEPs (já existem 5: Campinas, São José dos Campos, Santos, Barueri e Zona Leste da Capital).

• 10 DEICs REGIONAIS (DEIC: Departamento Estadual de Investigações Criminais).

• IMPLANTAR MAIS 800 BASES DA PM (existem 400).

• FORTALECER AS GUARDAS MUNICIPAIS COM A TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS.

• CENTROS DE MONITORAMENTO COM CÂMERAS NAS CIDADES DO INTERIOR E LITORAL.

• LIBERAÇÃO DE EFETIVO POLICIAL POR MEIO DE VIDEOCONFERÊNCIA DE PRESOS. Por exemplo, na região de Presidente Prudente, onde tem mais presídios no Estado, 15% do efetivo da PM só faz escoltas.

• 40 NOVAS DELEGACIAS DA MULHER, funcionando 24 horas/dia (Estado tem 133 DDMs, sendo 9 na Capital, 19 na RMSP, 108 no interior e litoral).

• Acabar com as saidinhas.

• Lutar pela diminuição da maioridade penal de 18 para 16 anos.

• Aumentar o número de presídios.

• Vamos implantar presídios privados.

• AUMENTAR O No DE PRESOS TRABALHANDO.

• PATRULHA RURAL.

SAÚDE

• AUXÍLIO ÀS SANTAS CASAS: ajuda financeira e de gestão a hospitais filantrópicos.

• CORUJÃO DA SAÚDE: parcerias com hospitais municipais e particulares.

• HOSPITAIS ESSENCIAIS: 88 hospitais municipais selecionados receberão recursos extras para reformas, equipamentos e melhorias.

• AME: 20 novas unidades (já existem 60).

• LUCY MONTORO: 6 novas unidades para pessoas com deficiências (já existem 20).

• REDE HEBE CAMARGO (CÂNCER): credenciar 15 novos hospitais (rede conta com 76 unidades).

• CASAS DE APOIO para dar mais conforto a pacientes que se deslocam para fazer quimioterapia, radioterapia, etc.

• CARRETAS DR. SAÚDE: realização de exames e consultas (já existem 4 carretas de mamografia - Programa Mulheres de Peito).

• SAÚDE CONECTADA: AMEs virtuais, mais suporte e agilidade para análise de exames por especialistas na Capital.

• PROGRAMA REMÉDIO RÁPIDO.

Obras em andamento

RRP 04/01/19

12 obras (R$ 49,5 milhões) nas cidades:

  • Águas de Santa Bárbara - construção de quadra poliesportiva e piscina e infraestrutura de pavimentação e galeria em ruas e avenidas;
  • Boituva - construção de prédio com 8 salas de aula e construção do Fórum de Boituva (R$ 11,5 milhões);
  • Cerqueira César - construção de Centro de Convivência do Idoso (R$ 250 mil);
  • Ibiúna - implantação de estação de água tratada, reservatórios, rede de distribuição, tratamento de esgoto (R$ 30 milhões);
  • Itatinga – construção de prédio com 8 salas de aula e construção de creche (R$ 4,2 milhões);
  • Itu - revitalização da Praça Padre Miguel e calçadas do entorno e sinalização turística;
  • Quadra – construção de creche (R$ 1,6 milhão);
  • São Roque – sinalização turística (R$ 1,8 milhão).

Segurança

As regiões de Sorocaba e de Itapeva formam o Deinter 7.

  • Concluído (jan/2013):Base de radiopatrulha aérea no Aeroporto de Sorocaba. Valor: R$ 3,3 milhões.
  • Corpo de Bombeiro: inaugurado:25/02/2013. Cidade: Itapetininga. Investimento: R$ 1 milhão
  • Viaturas para o Corpo de Bombeiro: 2 veículos. data: 09/03/2012.

Atividade Delegada

Cinco municípios aderiram à atividade: Angatuba, Cesário Lange, Sorocaba, Anhembi e Botucatu.

Efetivo policial

Polícia Militar (54º BPM/I)

  • 2012: 19 soldados de 2ª classe
  • 2011: 221 soldados de 2ª classe
  • Obs: Referente ao ano de 2013 a distribuição dos 1.170 soldados de 2ª classe formando em novembro, deverá ser feita em breve. Estes policiais estavam na Operação Verão até dia 2 deste mês.

Polícia Civil (Denteir 7 - Sorocaba)

  • 2012: 54 investigadores e 34 escrivães.

Polícia Científica (Região de Sorocaba)

  • 2013: 4 médicos legistas
  • 2011: 5 fotógrafos técnico periciais

Viaturas entregues

Entre 2011 e 2013: 495 veículos. Valor: R$ 19,7 milhões.

Fórum

  • Concluído: Construção do Fórum de Botucatu. Valor: R$ 14,2 milhões. data: abril/2012
  • Em execução: Novo prédio do Fórum. Início: maio/2010. Término: dezembro/2013. Valor: R$ 12,8 milhões. Situação: Finalização da parte externa (acabamentos, calçamento do estacionamento e fachada).

Segurança na Região de Sorocaba

  • São Paulo ganhou 920 policiais na última sexta-feira (20). Para a região do CPI-7 de Sorocaba foram 20 homens:

Sorocaba – 8

Botucatu – 1

Itapetininga – 3

Votorantin – 4

Itu – 1

Avaré – 1

Itapeva – 2

  • 569 investigadores e 247 escrivães recém-formandos assumiram seus postos em 28/05/2012. Os 816 novos policiais atuam na Grande São Paulo, no litoral e no interior do Estado.

Deinter – 7 (Sorocaba)

Investigadores – 52

Avaré – 9

Botucatu – 2

Itapetininga – 8

Itapeva – 3

Sorocaba – 30

Escrivães - 33

Botucatu – 1

Itapeva – 4

Sorocaba – 28


Unidades Prisionais na Região

Município Tipo Capacidade População
Avaré
Penitenciária I
882
405
Penitenciária II
918
908
Centro de Ressocialização + Anexo de Regime Semiaberto
179+35
151+58
Capela do Alto
Penitenciária
847
1999
Centro de Detenção Provisória
847
1507
Cerqueira César
Centro de Detenção Provisória
847
1150
Penitenciária
847
1850
Guareí
Penitenciária I
844
1940
Penitenciária II
844
1982
Iaras
Penitenciária + Ala de Progressão Penitenciária
1.269+342
1938+522
Iperó
Penitenciária + Anexo de Detenção Provisória + Ala de Progressão Penitenciária
1.286+344+221
2263+379+305
Itapetininga
Penitenciária I + Ala de Progressão Penitenciária
839+204
1292+260
Penitenciária II + Ala de Progressão Penitenciária
834+204
1814+239
Centro de Ressocialização
214
240
Itatinga
Centro de Detenção Provisória
847
885
Mairinque
Penitenciária
847
1839
Porto Feliz
Centro de Progressão Penitenciária
1.080
1876
Sorocaba
Penitenciária I + ARSA
281+291
548+478
Penitenciária II + ARSA
757+178
1669+370
Centro de Detenção Provisória
707
1429
Votorantim
Penitenciária Feminina + Ala de Progressão Penitenciária
734+108
592+165


CPP de Porto Feliz

Boa notícia: as obras do Centro de Progressão Penitenciária foram retomadas no começo de julho. A previsão é de que a unidade seja entregue em agosto de 2013. Ficha técnica: 1.048 vagas. Valor: R$ 56,3 milhões. Construtora responsável: Engetal Engº e Const. Ltda.


Penitenciária de Votorantim

De acordo com a SAP, a obra de construção da Penitenciária de Votorantim encontra-se paralisada desde 20/04/2012, pois a empresa Construtora MGV Engenharia e Construção Ltda não teve condições financeiras para manter o contrato, assinado em 05/07/2010. A pasta notificou a construtora para rescisão contratual e a empresa entrou com defesa prévia no início de junho. Porém, nesta terça-feira (24/07), a empresa entrou com recurso judicial contra a multa de R$ 2,4 milhões, sem previsão para julgamento. A medida paralisa novas licitações – portanto, não há previsão para a retomada das obras.

Ficha técnica: Penitenciária Feminina. 768 vagas. Valor anterior: R$ 49,7 milhões. Após o início das obras, o prazo de entrega é de um ano e meio.



  • Concluído: Cerqueira César - Penitenciária Masculina e Centro de Detenção Provisória - 768 vagas cada. Valor total R$: 64.153.330,31 - Consórcio Galvão Constran.
  • Desocupação da Cadeia de São Roque. Data: 03/04/2013.

Outras unidades previstas

Capela do Alto: - Penitenciária Masculina e Centro de Detenção Provisória - 768 vagas cada, valor total R$: 57.635.424,82 - Cons. Mendes Jr Trading e Engª e Sta Bárbara Engª S/A. Em obras. Previsão inicial de entrega: setembro de 2012

Itatinga: - Penitenciária Masculina – 768 vagas – Custo estimado de R$ 28.539.280,38. Início dos procedimentos licitatórios e das obras de construção. AguardarPGE firmar a escritura. LI emitida em 13/01/12. Li emitida em 13/01/12. Aguarda-se Caixa Econômica Federal formalizar a documentação.

Mairinque: - Penitenciária Masculina - 768 vagas - Custo estimado de R$ 28.539.280,38. Em obras. Previsão de entrega: abril de 2013.

Araçariguama: - 2 Centro de Detenção Provisória, com 768 vagas cada. Prefeito indicará nova área para substituição.

Taquarituba: - Penitenciária Masculina, com 768 vagas - Previsão de entrega: setembro de 2012. Valor: R$ 32.718.926,93 - Consórcio Consladel

Projetos em destaque na Região

O Projeto Carpe Diem tem por objetivo central proporcionar uma custódia diferenciada a presos que tenham cometido crimes de baixo potencial ofensivo, como furto, receptação, porte irregular de arma de fogo e outros ilícitos sem violência ou grave ameaça, além de, muitas vezes, serem primários no crime.

Idealizado por Marcio Coutinho, diretor do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba, o projeto busca enfrentar a problemática, criando mecanismos para recepção e permanência de presos primários com aplicação de métodos de ressocialização baseados em consultas e terapias psicossociais, além de terem aproveitamento direto para atividades laborterápicas.

São requisitos essenciais para a inclusão no projeto “Carpe Diem”:

  • Ser o acusado primário ou, se reincidente, ter sido condenado em delito considerado de baixo potencial ofensivo. Entenda-se por crimes de baixo potencial ofensivo aqueles praticados sem violência ou grave ameaça à pessoa
  • Se reincidente, ter sido condenado pela prática de delito considerado de menor ou baixo potencial ofensivo.
  • Não ter sido anteriormente recolhido a nenhum estabelecimento carcerário.

A Secretaria da Administração Penitenciária planeja a construção de outras unidades do “Carpe Diem”, junto à CDPs que possuam demanda de presos provisórios com perfis compatíveis com as regras do programa.

Em funcionamento desde junho de 2009, o projeto piloto no CDP de Sorocaba, recebeu 202 detentos, com reincidência de 3,9% deste total. O programa também foi implantado no CDP de Araraquara e CDP de Campinas-Hortolândia.

Saúde

As regiões de Sorocaba e Itapeva formam o Departamento Regional de Saúde XVI - Sorocaba.

Além disso, 18 dos municípios da RA de Sorocaba fazem parte do DRS VI - Bauru: Águas de Santa Bárbara, Anhembi, Areiópolis, Avaré, Bofete, Botucatu, Cerqueira César, Conchas, Iaras, Itatinga, Laranjal Paulista, Manduri, Pardinho, Pereiras, Porangaba, Pratânia, São Manuel, Torre de Pedra.

AME


AME Sorocaba

Status: Inauguração: 23/12/2013. Valor: R$ 6,9 milhões (obras R$ 3,1 milhões + equipamentos R$ 3,8 milhões). OBS: Prédio foi construído pela prefeitura.   Especialidades a serem oferecidas:acupuntura; alergologia; cirurgia plástica; cardiologia; cirurgia vascular; dermatologia; endocrinologia; endocrinologia infantil; gastroenterologia; ginecologia; obstetrícia de alto risco; hematologia; infectologia; mastologia; nefrologia; neurologia; neurologia infantil; oftalmologia; ortopedia; otorrinolaringologia; pneumologia, proctologia; reumatologia. Serviço de apoio diagnóstico: audiometria/imitanciometria; cistoscopia; colposcopia; eletrocardiograma; eletroencefalografia; ecocardiografia/doppler; vascular/ultrassonografia, eletroneuromiografia; endoscopias; espirometria; mamografia; nasofibroscopia; holter/mapa; radiologia simples; teste ergométrico; estudo urodinâmico; exames oftalmológicos. Outros Serviços: serviço social; nutrição; psicologia; enfermagem; pequenas cirurgias.

Produção estimada pela SES:

  • Consultas médicas: 14.761 consultas/mês
  • Consultas não médicas: 1.500 consultas/mês
  • Pequenas cirurgias: 450 cirurgias/mês
  • Exames de apoio diagnóstico: aproximadamente 36.550 exames/mês (incluídos exames laboratoriais).

AME Botucatu

Em execução: Valor: R$ 13,1 milhões. Início: junho/2013. Término: junho/2015.

AME de Salto

Concluído (2011): Nova unidade. Valor: R$ 4,8 milhões. Sob gestão municipal, com início de atividades em setembro de 2011. A unidade é gerenciada pela Sociedade Beneficente São Camilo.

AME Itapetininga

Inauguração: Junho/2010 Início de atividades: Junho/2010 Orçamento 2012: R$ 8.435.700,00 Orçamento 2013: R$ 9.558.198,87 Consultas médicas ao ano: 63.490 (2012) Consultas não médicas ao ano: 21.044 (2012) Cirurgias ambulatoriais ao ano: 2.305 (2012) Serviço de atendimento externo ao ano: 14.012 (2012)

AME Itu

Início de atividades: Julho/2010 Inauguração: Setembro/2010 Orçamento 2012: R$ 7.459.058,65/ Orçamento 2013: R$ 8.333.603,44 Consultas médicas ao ano: 51.622 (2012) Consultas não médicas ao ano: 28.649 (2012) Cirurgias ambulatoriais ao ano: 2.227 (2012) Serviço de atendimento externo ao ano: 11.070 (2012)

AME Itapeva

Início de atividades: Agosto/2010 Inauguração: Setembro/2010 Orçamento 2012: R$8.064.000,00 Orçamento 2013: R$8.483.328,00 Consultas médicas ao ano: 64.190 (2012) Consultas não médicas ao ano: 15.601 (2012) Cirurgias ambulatoriais ao ano: 5.570 (2012) Serviço de atendimento externo ao ano: 4.066 (2012)


GRAU (Grupo de Resgate e Atendimento às Urgências)

Instalação das novas bases: Sorocaba. Prazo: março/2014.

Novas ambulâncias: foram entregues em 10 de maio de 2013, as 50 novas unidades de resgate que ampliarão e renovarão a frota do atendimento médico a vítimas de acidentes e violência em todo o Estado. O investimento da Secretaria da Saúde foi de R$ 6,5 milhões. A cidade de Sorocaba foi contemplada com 4 unidades.


Cartão Recomeço

Município contemplado na 1a fase: Sorocaba.

Leitos para dependentes no Estado

Leitos entregues (desde 2011): 678. Vagas: 1.160 vagas custeadas pelo GESP. Leitos (até 2014): Mais de 1,3 mil em todo o Estado.

Vans e Ambulâncias

Em 23/dez/2013, foram entregues 11 vans para a região de Sorocaba. Municípios: Itararé, Jumirim, Nova Campina, Pilar do Sul, Porto Feliz, Quadra, Riversul, São Miguel Arcanjo, Sarapuí, Tapiraí e Taquarivaí. Valor unitário: R$ 83 mil. Valor total: R$ 913 mil.

OBS: Com esta agenda, todas as vans (22) e ambulâncias (16) previstas terão sido entregues para a região.


Rede Hebe Camargo

Unidade que deve ser inaugurada gradativamente: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (GPACI) de Sorocaba. Prazo de inauguração da Rede dentro da instituição: 2014.

Rede Lucy Montoro

  • Botucatu: Situação: em execução. Início: junho/2013. Término: junho/2015. R$ 3 milhões.
  • Sorocaba: Previsão de atendimento: 6 mil/mês. Funcionários: 100. Segundo informações da Secretaria da Saúde, o investimento previsto é de R$ 10,6 milhões e o prazo de execução é de 18 meses. Previsão de inauguração: junho de 2015.


SP Amigo do Idoso

Centro Novo Dia: 7 unidades (Quero Vida) - Botucatu, Capão Bonito, Capela do Alto, Itapeva, Itatinga, Itu e Votorantim. Programado: 1 Centro Novo Dia. Valor: R$ 500 mil. Situação: Convênio celebrado em 2012. Obra não iniciada. Avaré: em execução: Implantação do Centro Novo Dia (Quero Vida). Inauguração: março/2014. Valor: R$ 300 mil.


Leitos para dependentes no Estado

Leitos entregues (desde 2011): 678. Vagas: 1.160 vagas custeadas pelo GESP. Leitos (até 2014): Mais de 1,3 mil em todo o Estado.

Outros repasses para a região

  • 2012: R$ 783,9 mil, sendo, R$ 60 mil para investimento; e R$ 723,9 mil para custeio.
  • 2013: R$ 259,9 mil para custeio.
  • Em 20 de junho de 2013, foi liberado R$ 3 milhões para a construção de três novos blocos: Ortopedia: obras iniciadas em dez/2012, previsão de conclusão em set/2013. Quimioterapia: 2014. Fisioterapia: 2015.


Hospitais

Ampliação e modernização das instalações do Conjunto Hospitalar de Sorocaba

Orçamento 2012: R$144.110.717,33 Orçamento 2013: R$149.579.868,97 Internações por ano: 12.271 (2012) Cirurgias ambulatoriais por ano: 1.367 (2012) Quimioterapia por ano: 7.759 (2012) Hemodiálise por ano: 29.474 (2012) Consultas médicas por ano: 141.615 (2012)

Repasses da SES ao CHS

Total em 2011: R$ 127,4 milhões.

Total em 2012 até 05 de novembro: R$ 114,050 milhões.

Obras: os recursos serão utilizados na construção de um prédio de internações totalmente novo, anexo ao Hospital Regional, que contará com 220 leitos, dos quais 40 de UTI, centro cirúrgico com seis salas e serviços de radioterapia e hemodinâmica.

O prédio do Hospital Regional também passará por reformas e adequações. Já o Hospital Leonor Mendes de Barros, integrante do complexo, será adaptado para receber a sede administrativa do CHS, além dos serviços de hemodiálise e hospital-dia. No projeto de reforma e ampliação serão utilizadas tecnologias de construção sustentável, com o uso de aquecimento solar para água e solução de iluminação eficiente e econômica, e utilização eficiente da água, com torneiras e bacias de baixo consumo e aproveitamento da água de chuva.

Status: a licitação foi aberta em setembro de 2012 e está na fase de tomada de preços e classificação das empresas. A previsão é que as obras sejam iniciadas até o final de novembro de 2012.

O processo está na central de licitações, e aguarda a publicação do contrato no Diário Oficial para o início das obras. A empresa responsável será M.A.S. Construções e Empreendimentos Ltda.

Investimento: R$ 10 milhões.

Característica das obras: melhoria da estrutura existente, com a conclusão da reforma do ambulatório regional, farmácia de alto custo e recuperação das fachadas e áreas internas dos dois prédios que compõem o Conjunto (Leonor Mendes de Barros e Regional), sem alteração do perfil assistencial ou grandes alterações de fluxo. Inclui a reorganização física do Centro de Diagnósticos (Imagem, Medicina Nuclear e Laboratório de Análises Clínicas).

Benefícios: de 10 leitos, passará para 50. Na parte cirúrgica, haverá aumento de 80% na capacidade de atendimento, e, além disso, pela Rede Lucy Montoro, serão criados serviços ambulatoriais e de retaguarda hospitalar para fisiatria, fisioterapia, reabilitação. Além de modernizar o atendimento referenciado, realizado atualmente para aproximadamente 90 mil pacientes por mês, as novas instalações deverão ampliar em até 80% a capacidade de realização de cirurgias no complexo.

Prazo: o novo prédio, com 13,6 mil m², estava previsto para ser entregue no início de 2013.

Informações complementares ao Conjunto Hospitalar Sorocaba (Novos equipamentos)

A Secretaria da Saúde investiu R$ 15 milhões para atualização do parque tecnológico hospitalar do CHS ao longo de 2012 e 2013, com aquisição de uma nova câmara para medicina nuclear e ressonância magnética (1º da região), entre outros. Em 2012, foram liberados R$ 4 milhões. Em 2013 foram liberados R$ 5 milhões para equipamentos. E o restante será diluído em 2014.

  • Em execução: Reforma de 2 edifícios e 1 ambulatório. Inicio: Dez/2012. Término: novembro/2014. Valor: R$ 10,8 milhões.

Leitos de UTI

O serviço de UTI do CHS foi terceirizado. Desde o início de 2012, a entidade São Camilo assumiu os 10 leitos já existentes. A segunda fase foi concluída em fevereiro/12, com o aumento de 10 leitos. Em março foram entregues 7 leitos, totalizando 27 em funcionamento.

Os três últimos leitos serão entregues com adequação física da área, que deverá ocorrer durante o processo de revitalização dos edifícios (seguindo as exigências da Vigilância Sanitária).

  Aumento do quadro de médicos

Até o final de novembro de 2012 será publicado o resultado final dos aprovados no concurso aberto para a contratação de novos médicos em 10 especialidades (clínica médica, cirurgia de cabeça e pescoço, cirurgia de tórax, cirurgia pediátrica, cirurgia vascular, infectologia, otorrinolaringologia, pneumologia, urologia, pediatria). Os médicos aprovados começam a atender até o final de novembro de 2012.   Além disso, em 05 de setembro de 2012 foi realizada prova para preencher 21 novas vagas. São elas: Farmacêutico (2 vagas), Fisioterapeuta (7 vagas) e médicos nas especialidades de Endoscopia (4 vagas), Ortopedia Geral (1 vaga), Neonatologia (1 vaga), Neurologia (1 vaga), Neurologia Infantil (2 vagas) e Anestesiologia (3 vagas). O resultado final deverá sair em dezembro de 2012 (já incluído prazo para recursos e entrega de títulos).  

Novos equipamentos

A SES investirá R$ 15 milhões para atualização do parque tecnológico hospitalar ao longo de 2012 e 2013, com aquisição de uma nova câmara para medicina nuclear e ressonância magnética (1º da região), entre outros.   Em 2012, serão liberados R$ 4,8 milhões. Até novembro de 2012, foi empenhado R$ 1,9 milhão.


Farmácia de Alto Custo

Obras previstas para início em 60 dias após o início das obras de revitalização do CHS, previsto para novembro de 2012. O processo de licitação está em andamento junto à Coordenadoria Geral de Administração, em fase de análise de propostas.

Previsão de encerramento desta fase: final de 2012.

Investimento: R$ 2 milhões.

Fonte: AI SES


Hospital Regional de Sorocaba II

O que é: segundo Hospital Regional de Sorocaba, a ser construído em terreno já doado pela prefeitura. Ficará às margens da rodovia Raposo Tavares, km 106, no bairro Ipanema do Meio.

Será construído por meio de Parceria Pública Privada (PPP).

Status: de acordo com o secretário de Saúde, Giovanni Guido Cerri, as obras poderão ser iniciadas no 1º semestre de 2013.

A empresa vencedora terá 24 meses para executar a obra. A nova Unidade Hospitalar atenderá urgências e emergências, permanecendo no Conjunto Hospitalar de Sorocaba apenas o atendimento eletivo.

Como funcionará: a unidade deverá ter 250 leitos (dos quais 40 de UTI), 6 salas cirúrgicas, serviço de oncologia e centro de diagnóstico por imagem (com ressonância magnética).

Investimento preliminar, sem projeto: R$ 154 milhões.

Status PPP: o processo está em fase inicial e até novembro de 2012 17 empresas foram inscritas. As interessadas estão apresentando seus projetos, seguindo edital que definiu a modelagem de PPP, publicado no Diário Oficial em 10 de outubro de 2012. O prazo para a apresentação das propostas é janeiro de 2013.

Depois será realizado o edital da licitação, com base na melhor proposta ou em um conjunto de propostas definido pela SES.

Fonte: AI SES


Hospital Secundário de Botucatu

Voltado ao atendimento de média complexidade, será implantado para dar suporte ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu. A meta é atender a 6 mil pessoas, em média, anualmente.

Concluído: Hospital Estadual de Botucatu. Leitos: 80. Valor: R$ 54 milhões. Início: junho/2010. Inauguração: abril de 2014.



Hospital Álcool e Drogas de Botucatu

Centro de Reabilitação e Tratamento de dependentes químicos. Inaugurado: 05/12/2013. Investimento: R$ 15,4 milhões. DESTAQUE: É a 1a clínica pública estadual para dependentes de crack no interior.

PPP Complexos Hospitalares - Novo Hospital Estadual de Sorocaba

Leitos previstos: 250, sendo 40 de UTI. Situação: Edital publicado em 19/outubro. Assinatura do contrato: dezembro/2013. Início da obra: As obras devem começar somente no segundo trimestre de 2014. Término: julho/2017. Valor previsto: R$ 180 milhões (obras + equipamentos).

Hospital Regional de Itapetininga

O Hospital de Regional de Itapetininga se encontra com pendências na prestação de contas, o que impediu o recebimento de repasses nesse ano, até o momento.

Hospital Dr. Francisco Ribeiro Arantes (Pirapitingui)

Orçamento 2012: R$16.964.000,00 Orçamento 2013: R$22.886.000,00

Centro de Desenvolvimento do Portador de Deficiência Mental (CEDEME)

Orçamento 2012: R$12.968.000,00 Orçamento 2013: R$11.300.000,00

Santa Casa

Liberados (2011-2013): R$ 19,8 milhões.

Repasse Extra: em 10 de maio de 2013, o GA anunciou um repasse de R$ 13 milhões extras para Santas Casas, hospitais filantrópicos e Apaes de todo o Estado. Região: Sorocaba Quatidade: 24 entidades. Valor: R$ 760.474,97.

Pró Santa Casa (entidade com recebimento regular de repasse): Santa Casa de Itapeva: R$ 140 mil/ mês. Repasse extra para auxilio de Santas Casas, hospitais filantrópicos e Apaes da região (parcela única – apenas entidades com recebimento regular de repasse):

Santa Casa de Itu (São Camilo)

  • Custeio mensal: R$ 2 milhões/mês


Reformas

Modernização do Hospital das Clínicas de Botucatu


Atualizado em: 4 de outubro de 2012

Status: em 28 de setembro de 2012, o governador Geraldo Alckmin anunciou, no âmbito do programa de modernização dos hospitais universitários, a liberação de R$ 49,1 milhões para obras, reformas e melhorias do hospital, com previsão de conclusão até o final de 2014.

A principal obra, a um custo de R$ 40 milhões, será de um Ambulatório de Especialidades, com 13,4 mil m². Para isso, será disponibilizada infraestrutura para, na mesma área física do hospital, implantar consultórios, exames e procedimentos, aumentando, assim, sua capacidade de atendimento.

Dentre as obras de reforma e adequação, destacam-se as da UTI neonatal, com aumento no número de leitos. Ainda passarão por reforma de adequação e ampliação o Centro Obstetrício e o Centro de Infertilidade e a Enfermaria Vascular. No centro cirúrgico, serão realizadas obras de melhoria dos telhados e do pavimento.

Fonte: AI SES


Reator Multipropósito Brasileiro

Reator Multipropósito Brasileiro (RMB)

Atualizado em: 14 de dezembro de 2012

O que é: reator nuclear de pesquisas que faz parte da meta estratégica do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, e está alinhado às políticas do Programa Nuclear Brasileiro.


Como funciona: A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) é responsável pela implementação do RMB, efetivada com o apoio do governo do Estado.

Além de produzir radioisótopos para a fabricação dos radiofármacos, o novo reator será usado para teste de materiais.

Por ser multipropósito, contemplará setores estratégicos, permitindo realizar pesquisas em várias áreas de aplicação da tecnologia nuclear, como agricultura, conservação de alimentos, ciência de materiais, energia e meio ambiente, entre outras.


Radiofármacos

São substâncias que, pela quantidade e qualidade de radiação emitida pelo radioisótopo que a constitui, pode ser usada pela medicina nuclear.

Os radiofármacos são utilizados em mais de três milhões de procedimentos médicos por ano, em diversas áreas como cardiologia, oncologia, neurologia, entre outras, tanto para diagnósticos como para terapia.


Status: em 14/12/12, o governador Geraldo Alckmin assinou, em Iperó, a declaração de utilidade pública do terreno que abrigará o Reator Multipropósito Brasileiro (RMB).

O laboratório permitirá, entre outras atividades, a produção de radioisótopos, medicamentos fundamentais para diagnóstico e terapia de diversas doenças como o câncer.

O governador cedeu para a instalação do RMB um terreno de 840 mil m², no valor de R$ 5 milhões, próximo ao complexo tecnológico Aramar, da Marinha do Brasil, onde é desenvolvido o submarino nuclear brasileiro.

Na ocasião, Alckmin declarou que "o Brasil vai ficar independente para produzir radioisótopos, para a medicina nuclear e outras atividades".


Com a construção do Reator, que receberá R$ 1 bilhão em investimentos, será possível também realizar pesquisas nas várias áreas de aplicação da tecnologia nuclear, como agricultura, conservação de alimentos, ciência de materiais, energia e meio ambiente, entre outras, dando um novo impulso à medicina nuclear no Brasil.

Previsão de início das operações do RMB: 2018


Fonte: Assessoria Especial do Governador



Mortalidade infantil

Taxa de Mortalidade Infantil - Óbitos por Mil Nascidos Vivos / DRS XVI Sorocaba
2000
2001
2002
2003
2004
2005
2006
2007
2008
2009
2010
2011
19,34
20,52
16,32
18,35
14,74
15,50
15,70
15,15
14,67
14,22
13,50
13,64


Prestação de Serviço

Bom Prato

Unidades existentes

Unidades do Bom Prato na Região de Sorocaba
Cidade Unidades Inauguração
Sorocaba
Sorocaba
22/02/2006
Botucatu
Botucatu


  • Unidade de Sorocaba. Inaugurado em 2011. Investimento: R$ 32,5 milhões.
  • Unidade de Botucatu. Inaugurado em 2011. Investimento: R$ 26 milhões.
  • Programado: Avaré e Itu.

São Paulo Solidário

Município Nº de Beneficiados Ano
Águas de Santa Barbára
71
2013
Alambari
133
2012
Alumínio
375
2013
Angatuba
354
2013
Anhembi
148
2013
Apiaí
2 893
2012
Araçariguama
352
2013
Araçoiaba da Serra
773
2013
Arandu
91
2012
Areiópolis
111
2012
Avaré
1 356
2013
Barão de Antoninha
137
2012
Barra do Chapéu
817
2012
Bofete
526
2013
Boituva
986
2013
Bom Sucesso de Itararé
278
2012
Botucatu
2 188
2013
Buri
1 193
2012
Campina do Monte Alegre
224
2012
Capão Bonito
2 579
2012
Capela do Alto
479
2013
Cerqueira César
230
2013
Cerquilho
159
2013
Cesário Lange
268
2013
Conchas
539
2013
Coronel Macedo
280
2012
Fartura
243
2013
Guapiara
2 127
2012
Guareí
185
2012
Iaras
849
2012
Ibiúna
2 660
2012
Iperó
1 214
2013
Iporanga
633
2012
Itaberá
1 783
2012
Itaí
678
2012
Itaóca
493
2012
Itapetininga
3 257
2013
Itapeva
4 159
2012
Itapirapuã Paulista
583
2012
Itaporanga
986
2012
Itararé
2 936
2012
Itatinga
293
2013
Itu
2 362
2013
Jumirim
30
2013
Laranjal Paulista
338
2013
Mairinque
1 221
2013
Manduri
139
2013
Nova Campina
776
2012
Paranapanema
513
2013
Pardinho
65
2013
Pereiras
118
2013
Piedade
1 971
2013
Pilar do Sul
937
2013
Piraju
496
2013
Porangaba
545
2013
Porto Feliz
941
2013
Quadra
85
2013
Ribeira
299
2012
Ribeirão Branco
2 170
2012
Ribeirão Grande
544
2012
Riversul
628
2012
Salto de Pirapora
987
2013
Salto
1 081
2013
São Miguel Arcanjo
1 573
2013
São Roque
1 903
2013
Sarapuí
342
2013
Sarutaiá
47
2012
Sorocaba
9 096
2013
Taguaí
86
2013
Tapiraí
435
2012
Taquarivaí
247
2012
Taquarituba
791
2012
Tatuí
2 395
2013
Tejupá
111
2012
Tietê
426
2013
Votorantim
1 911
2013



Poupatempo

Unidades existentes

Unidades Fixas do Poupatempo na Região de Sorocaba
Ano Unidade
2010
Tatuí
2011
Botucatu
2011
Sorocaba
2014
Itu
2014
Avaré
2014
Itapetininga


Atendimentos realizados

Consolidado dos atendimentos - Poupatempo 2013 (Região de Sorocaba)
Unidade janeiro fevereiro março abril maio junho julho agosto setembro outubro novembro dezembro
Tatuí
26.575
16.675
17.188
24.499
22.422
20.339
24.663
27.488
23.630
26.601
28.897
27.878
Botucatu
25.139
17.188
18.071
22.943
22.193
20.712
23.195
26.543
24.584
27.789
26.538
25.597
Sorocaba
57.682
41.835
44.224
54.019
54.756
52.596
57.337
59.373
54.560
60.406
56.509
52.479


Parque Tecnológico

  • Parque Tecnológico de Sorocaba: inaugurado no dia 04/06/2012. Investimento de R 12,3 milhões em uma área com 6.656 m².
  • BOTUCATU. Em execução: Prédio para Núcleo Administrativo. Valor: R$ 9 milhões. Término: março/2014. Vocação: Bioprocessos, serviços ambientais, produtos florestais, tecnologias sociais e logística.

Banco do Povo

Municípios atendidos: 57 de 79 municípios da RA. Valor emprestado (até 30/março/2013): R$ 113,2 milhões, em 32.479 operações realizadas.

Investe São Paulo

15 empresas anunciaram a instalação na região de Sorocaba, gerando 15.650 empregos diretos. Investimento total: R$ 4,5 bilhões.

Município Verde Azul - Ranking Ambiental Paulista

Selo garante à administração municipal a prioridade na captação de recursos junto ao Governo do Estado, por meio do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (FECOP).

Sorocaba 2013. Classificação: 1º Nota: 96,5 Sorocaba 2012. Classificação: 2º Nota: 97,21 Sorocaba 2011. Classificação: 3º Nota: 95,62

FECOP (2011 e 2012): Aquisição de 1 trator de esteira + 1 pá carregadeira; R$ 768 mil.

Produção de leite em SP

  • 2011: 1,95 bilhão de litros.
  • 2012: 1,82 bilhão de litros (queda de 9,3%). Valor da produção SP (2012): R$ 1,5 bilhão.
  • SP foi por muitos anos o 2o produtor nacional de leite, mas a partir de 1998 houve queda no volume total produzido. Ocupa hoje o 6o lugar no ranking nacional, atrás de MG, RS, PR, GO e SC.
  • SP é o maior produtor de leite pasteurizado do país.

Porém, o leite UHT (longa vida) é o mais consumido.

Esporte, Turismo, Lazer e Cultura

Pinacoteca de Botucatu

Em execução: Implantação da Pinacoteca e do Museu de Arte Contemporânea no antigo Fórum da cidade. Início: outubro/2013. Término: maio/2014. Valor: R$ 10,2 milhões. (já repassados R$ 2 milhões).

Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba

Em licitação: Construção da área de apoio, acolhimento e administrativa. Valor: R$ 2 milhões. Término: abril/2014.

Apoio às Estâncias

Municípios (8): Águas de Santa Bárbara, Avaré, Ibiúna, Itu, Paranapanema, Piraju, Salto e São Roque. Valor DADE (2011 a 2013): R$ 75,5 milhões.

DADE

Na região de Sorocaba, o Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (DADE) destinou para:

  • Águas de Santa Bárbara

R$ 2.112.712,15 (2012)

R$ 1.869.210,47 (2011)

  • Avaré

R$ 2.807.590,20 (2012)

R$ 2.574.550,52 (2011)

  • Ibiúna

R$ 2.651.217,55 (2012)

R$ 2.287.252,37 (2011)

  • Itú

R$ 6.376.654,85 (2012)

R$ 5.180.392,32 (2011)

  • Piraju

R$ 2.169.298,85 (2012)

R$ 1.957.127,67 (2011)

  • São Roque

R$ 3.088.645,40 (2012)

R$ 2.716.163,12 (2011)


Fonte: AI SETUR

Transportes

As regiões de Sorocaba e Itapeva formam o DR 2 - Itapetininga. Nele, também estão os municípios de Rafard (Campinas) e Vargem Grande Paulista (RMSP).

Além disso, 11 municípios da Região fazem parte de outros DRs:

Rodovias

SP-264 - Rodovia João Leme de Barros

SP-270 - Rodovia Raposo Tavares

Boa notícia: Trevo da Toyota

Previsão é entregar as obras na primeira quinzena de agosto deste ano. Investimento: R$ 38,6 milhões. VDM: na SP-280 é de 14 mil veículos/dia. Nos acessos e marginal da Toyota estima-se que devem passar outros 5.400 veículos/dia.

Dado: GA autorizou, em abril de 2011, a incorporação das obras de vias marginais, acessos e passarela, entre os quilômetros 90,5 e 94,2, pista leste, no sentido do interior à capital da Rodovia Castello Branco. A obra contempla ainda a implantação de um dispositivo de retorno, passarela e reformulação do viaduto existente no quilômetro 93.


SP 280 Rodovia Castello Branco

Em execução: Sorocaba/Porto Feliz: Vias marginais entre os km 90,5 ao 94,2 - pista leste e oeste (Toyota). Ext: 4,7 km. Valor: R$ 40,3 milhões. Término previsto: abril/2013. Entrega parcial: 9/ago/2012: Marginal Leste e o viaduto (“em ferradura”) de ligação dos 2 lados.

SP 079 Rodovia Waldomiro Côrrea de Camargo

Em execução (2 lotes): Sorocaba/Itu: Duplicação do km 47,6 ao km 70,7. Ext: 23,1 km. Término previsto: fev/2014. Valor: R$ 114,9 milhões.

SP 300 - Via Rondon

Em execução: Itu/Porto Feliz: Duplicação do km 135 ao 136,6 (2a fase) e retornos. Valor: R$ 4 milhões. Término: março/2014.

SP 129 - Rodovia Gladys B. Minhoto

Em execução: Tatuí/Itapetininga: Restauração do pavimento do km 39,3 ao 43,3 e pavimentação do km 43,3 ao 64. Ext: 24,7 km. Valor: R$ 24,5 milhões. Término: junho/2013.

SP 268 - Rodovia Ver. Humberto Pellegrini

Em execução: Alambari/Itapetininga: Recapeamento de pista e melhoramentos do km 151,4 ao 168,5. Ext: 17,1 km. Valor: R$ 14,9 milhões. Término: maio/2013.

SP 287 - Rodovia Geraldo Martins de Souza/Engenheiro Thomaz Magalhães

Em execução: Fartura/Sarutaiá/Piraju/Manduri/Óleo: Recapeamento da pista e pavimentação dos acostamentos do km 0 ao 31,8 e do km 36,8 ao 64,1. Valor: R$ 55,1 milhões. Término: ago/2014.

SP 255 - Rodovia João Mellão (Pratânia/São Manuel/Botucatu/Avaré)

Regularização da pista posterior recapeamento, no trecho entre Rondon e SP 280. Valor: R$ 4,9 milhões. Concluído: junho/2013.

SP 258 - Rodovia Francisco Alves Negrão

  • Projeto 1: recapeamento do km 222,8 ao km 342,67 (Capão Bonito / Taquarivaí / Itapeva / Itabera/ Itararé). Início: fevereiro de 2012. Previsão de término: fevereiro de 2015. Investimento: R$ 26,72 milhões.
  • Projeto 2: recapeamento - trevos entre o km 222,8 ao km 342,67 (Capão Bonito / Taquarivaí / Itapeva / Itabera / Itararé). Início: fevereiro de 2013. Previsão de término: fevereiro de 2014. Investimento: R$ 984,89 mil.
  • Projeto 3: ampliação de dispositivo. Melhoria de traçado de alças de acesso km 254,34 ao km 278,7 (Taquarivaí / Itapeva). Início: maio de 2009. Previsão de término: fevereiro de 2014. Investimento: R$ 1,07 milhão.
  • Projeto 4: ampliação de dispositivo. Melhoria de traçado de alças de acesso km 283,23 ao 338,95 (Itapeva / Itaberá / Irararé). Início: março de 2012. Previsão de término: fevereiro de 2014. Investimento: R$ 459,07 mil.
  • Projeto 5: ponte no km 283,23 - melhoria de traçado de alças de acesso (Taquarivaí, Itapeva). Início: outubro de 2013. Previsão de término: outubro de 2014. Investimento: R$ 1,18 milhão.
  • Projeto 6: implantação de retorno km 284,55 (Itapeva). Início: outubro de 2013. Previsão de término: outubro de 2014. Investimento: R$ 4,86 milhões.
  • Projeto 7: duplicação do km 282,7 ao 284,7. Contorno Itapeva. Início: outubro de 2013. Previsão de término: outubro de 2014. Investimento: R$ 12,22 milhões.
  • Duplicação do km 339,15 ao 342,67 - Contorno de Itararé. Previsão de início: dezembro de 2013. Previsão de término: dezembro de 2014. Investimento: R$ 19,34 milhões.
  • Implantação de retorno no km 341,8 IItararé). Previsão de início: dezembro de 2013. Previsão de término: dezembro de 2014. Investimento: R$ 6,01 milhões.


PEDÁGIO/ISS-QN (de 2001 a nov/2012): R$ 28.402.118,88.

Transportes Metropolitanos

Trem Regional São Paulo – Sorocaba: Início de Operação: 2019. Início de Obras: 2016. Extensão: 90 km. Status: Projeto em análise. Já a publicação do edital de EIA_RIMA para o segundo semestre de 2014.

Aeroportos

Os aeroportos situados na região são:

Aeroporto de Avaré

Aeroporto de Botucatu

Aeroporto de São Manuel

Aeroporto de Sorocaba

Hidrovia Tietê-Paraná

  • 2 pontes novas na SP 191 - sobre rios Tietê e Piracicaba.Previsão de licitação: set/2013. Valor: R$ 120 milhões (BIRD).
  • Canal Anhembi. Início: junho/2013. Valor: R$ 22,5 milhões. Situação: Tabela de preços em discussão com DNIT.
  • Ligação até Salto (200 km). Início: 2014/2015. Valor: R$ 200 milhões. Situação: Edital para contratação em análise jurídica para barragens de Anhembi e Laranjal Paulista.

Melhor Caminho - Vicinais

Municípios atendidos: 43 (de 79 municípios da RA). Extensão: 285,8 km. Valor: R$ 26,5 milhões.

Educação

Diretorias de Ensino da Região de Sorocaba

Atualizado em: 14 de setembro de 2012

Na Região de Sorocaba, atuam as seguintes Diretorias de Ensino da Secretaria de Estado da Educação:

  • Apiaí (Apiaí, Barra do Chapéu, Guapiara, Iporanga, Itaóca, Itapirapuã Paulista, Ribeira, Ribeirão Branco)
  • Avaré (Águas de Santa Bárbara, Arandu, Avaré, Cerqueira César, Iaras, Itaí, Taquarituba)
  • Botucatu (Anhembi, Areiópolis, Bofete, Botucatu, Cesário Lange, Conchas, Itatinga, Laranjal Paulista, Pardinho, Pereiras, Porangaba, Pratânia, Quadra, São Manuel, Torre de Pedra)
  • Itapetininga (Alambari, Angatuba, Campina do Monte Alegre, Guareí, Itapetininga, Paranapanema, São Miguel Arcanjo, Sarapuí, Tatuí)
  • Itapeva (Buri, Capão Bonito, Itapeva, Nova Campina, Ribeirão Grande, Taquarivaí)
  • Itararé (Barão de Antonina, Bom Sucesso de Itararé, Coronel Macedo, Itaberá, Itaporanga, Itararé, Riversul)
  • Itu (Boituva, Cabreúva, Cerquilho, Iperó, Itu, Jumirim, Porto Feliz, Salto, Tietê)
  • Piraju (Fartura, Manduri, Óleo, Piraju, Sarutaiá, Taguaí, Tejupá, Timburi)
  • São Roque (Alumínio, Araçariguama, Ibiúna, Mairinque, São Roque, Vargem Grande Paulista)
  • Sorocaba
  • Votorantim (Araçoiaba da Serra, Capela do Alto, Piedade, Pilar do Sul, Salto de Pirapora, Tapiraí, Votorantim)

Fonte: AI SEE


Etecs

Unidades existentes

Município Etec Início de

Funcionamento

Avaré
Etec Avaré
2006
Botucatu
Etec Dr. Domingos Minicucci Filho
1936
Cerqueira César
Etec Prefeito José Esteves
1957
Cerquilho
Etec de Cerquilho*
2010
Itapetininga
Etec Prof. Edson Galvão
1942
Etec Darcy Pereira de Moraes
2011
Itu
Etec Martinho Di Ciero
1948
Mairinque
Etec de Mairinque
2010
Piedade
Etec de Piedade
2009
Porto Feliz
Etec de Porto Feliz
São Manuel
Etec Dona Sebastiana de Barros
1939
São Roque
Etec de São Roque
2002
Sorocaba
Etec Fernando Prestes
1929
Etec Rubens de Faria e Souza
1929
Etec Armando Pannunzio
Tatuí
Etec Sales Gomes
1934
Tietê
Etec Dr. Nelson Alves Vianna*
2011
Votorantim
Etec de Votorantim
2008


Unidades entregues a partir de 2011

Unidades inauguradas em 2011/2014 - Sorocaba
Unidade Município Inauguração Investimento OBS
Dr. Nelson Alves Vianna, de Tietê
Tietê
08/02/2011
R$ 51 mil
Investimentos em mobiliário e equipamento. O prédio cedido pela Secretaria de Educação, adequado pela Prefeitura
Itararé
Itararé
13/02/2011
R$ 235,7 mil
Valor investido em mobiliário e equipamentos. O prédio foi construído pela prefeitura.


  • ETEC Dr. Nelson Alves Vianna, de Tietê. Município: Tietê. Inauguração: 08/02/2011. Investimento R$ 51 mil.
  • ETEC de Sorocaba. Inaugurado: fev/2013. Valor: R$ 1,3 milhão. Cursos: Automação Industrial e Instrumentação.
  • ETEC Fernando Prestes. Em execução: Acessibilidade e melhorias nas instalações. Término: fevereiro/2014. Valor: 1,4 milhão.
  • ETEC de Sorocaba. Programado: Acessibilidade e melhorias nas instalações. Início: janeiro/2014. Valor: 1,4 milhão.

Fatecs

Unidades existentes

FATEC Município Início de

Funcionamento

Fatec Botucatu
Botucatu
2002
Fatec Capão Bonito
Capão Bonito
2008
Fatec Itapetininga
Itapetininga
2006
Fatec de Itu
Itu
2008
Fatec Sorocaba
Sorocaba
1970
Fatec Tatuí
Tatuí
2006
Fatec São Roque
São Roque
2013


  • Implantado (2013): FATEC São Roque. Valor: R$ 317,8 mil. Curso: Sistemas para Internet.
  • Programado (2015): FATEC de Avaré.
  • Reforma e ampliação na unidade de Dom Amaury Castanho (Itu). Inaugurado 22/11/2011. Investimento R$ 9,8 milhões.
  • FATEC José Crespo Gonzales. Inaugurado no 25/02/2013, novos blocos de laboratórios de Tecnologia. Investimento: R$ 3 milhões. Reforma e ampliação na unidade de José Crespo Gonzales. Inaugurado 25/05/2013. Investimento R$ 7,8 milhões. Reforma da quadra e da cobertura e troca dos revestimentos e pisos. Aguardando OIS: Valor: R$ 1,5 milhão.

Programa de Melhoria das Unidades das ETECs e FATECs

As unidades dos municípios de Avaré, Itu, Mairinque, São Roque (2) Sorocaba, Tatuí e Votorantim serão contempladas com melhorias na infraestrutura dos prédios. Investimento total: R$ 12,1 milhões.

Construção e Ampliação de Escolas

  • Ampliação da EE/EMEF Valentim do Amaral/Gov. Mario Covas. Concluído: set/2011: Vagas: 105. Valor: R$ 855 mil.
  • 5 escolas (bairros Éden, Vila Barão, Jd. Ipanema Ville, Jd. Santa Esmeralda e Jd. Sta Bárbara). Novas vagas: 6.090. Término previsto: entre abril e junho/2013. Valor total: R$ 16,2 milhões.
  • Adequações e reformas de 9 escolas. Valor: R$ 3,1 milhões.
  • Em execução: Construção de 3 escolas novas. Vagas: 4.830. Valor: R$ 12,9 milhões.
  • Investimento em obras escolares. Na região de Sorocaba, foram feitas 140 obras em 135 escolas. Investimento: R$ 46 milhões.

Escola de Ensino Integral

  • Concluído: 3 em 3 municípios (Itu, Mairinque e Sorocaba).

Creche Escola

  • Programado: Creche no Jd Guaíba I. Vagas: 130. Situação: Convênio ainda não assinado. Aguardando o envio de documentação pela Prefeitura. OBS: GESP autorizou outras 8 creches no município.
  • Em execução: Bairro Centro. Município: Bofete. Capacidade: 70 crianças. Início: julho/2013. Término: fevereiro/2014. Valor: R$ 1,1 milhão. Convênio assinado em: 21/junho/2012.

Transporte Escolar

Entregue 65 ônibus escolares, beneficiando 27 municípios das regiões de Sorocaba e Itapeva (Manduri, Apiaí, Arandu, Barão de Antonina, Barra do Chapéu, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Campina do Monte Alegre, Coronel Macedo, Fartura, Guapiara, Iporanga, Itaberá, Itaí, Itaoca, Itapeva, Itapirapuã Paulista, Itaporanga, Itararé, Nova Campina, Piraju, Ribeira, Ribeirão Branco, Sarutaiá, Taguaí, Taquarituba e Tejupá). Investimento total: R$ 10,7 milhões.

Acessa Escola

No dia 06/01/14 foi anunciada a ampliação e renovação dos equipamentos do Acessa Escola. Em Sorocaba, 31 escolas vão receber o programa, totalizando 3,8 milhões de alunos cadastrados (90% dos matriculados). Além disso, 7,9 mil equipamentos serão destinados à região.

Via Rápido

  • Vagas 2013: 30. Curso: Técnicas de Vendas.

Centros de Estudos de Línguas

Vagas 2013: 2.665

Saneamento e Recursos Hídricos

Sabesp

Obras de saneamento em Botucatu

Em 26/12/12, o governador Geraldo Alckmin entregou um pacote de obras que melhoram as condições sanitárias e ambientais de três bairros de Botucatu. Os investimentos, apenas no segundo semestre de 2012, superaram R$ 3,6 milhões, e são resultado da parceria entre a Prefeitura e a Sabesp, visando ao atendimento de demandas do orçamento participativo.

A cidade de Botucatu já atingiu a universalização do saneamento básico, com 100% de abastecimento de água, mais de 96% de coleta e 100% de tratamento do esgoto coletado.

Outra característica do município e prioridade da Sabesp é a regularidade no abastecimento. A cidade apresenta o melhor índice de regularidade entre os municípios com mais de 100 mil habitantes operados no interior do Estado.

Em 2012, Botucatu foi a primeira colocada no ranking do Programa Município Verde Azul, promovido pela Secretaria do Meio Ambiente. O tratamento de esgoto, uma das 10 diretrizes que norteiam a classificação do Programa, foi fundamental para atingir a melhor posição entre os municípios participantes.

Foram entregues as seguintes obras em Botucatu:

1. Esgotamento sanitário para o bairro Convívio

No bairro Convívio foi implantado um sistema de esgotamento sanitário, que inclui 100 novas ligações de esgotos, 2,2 mil metros de rede coletora, além de poços de visita, 667 metros de linha de recalque e a construção de estação elevatória de esgoto. A obra recebeu investimentos de R$ 1 milhão e beneficia aproximadamente 450 moradores.

2. Sistema de abastecimento para o bairro Alvorada da Barra

O bairro recebeu um sistema de abastecimento que beneficia cerca de 1,5 mil moradores. O sistema possui dois poços de 120 metros de profundidade com capacidade de produzir 10 mil litros de água por hora. As obras incluíram também o assentamento de aproximadamente 20 mil metros de rede de água, a construção de casa de química, dois reservatórios com capacidade para armazenar 200 mil litros de água, uma estação pressurizadora de água tratada e a urbanização da área. Foram investidos cerca de R$ 2,3 milhões, permitindo melhorar as condições sanitárias e ambientais do bairro, beneficiando de imediato os 275 imóveis existentes, além de contar com uma projeção para atendimento dos 798 lotes que integram o local.

3. Santo Antônio da Cascatinha

Com investimento de aproximadamente R$ 315 mil, a implantação do sistema de esgotamento sanitário no bairro Santo Antônio da Cascatinha, em Rubião Junior, distrito de Botucatu, permite melhorar a qualidade de vida de cerca de 100 moradores da localidade. O empreendimento compreende a implantação de 1,1 km de rede coletora para atendimento às 32 residências já existentes, travessia por método não-destrutivo sob linha férrea com extensão de 22,8 metros e projeção para uma população estimada em 300 habitantes para os próximos 30 anos.

4.Programa Reágua

Critérios: Municípios das UGRHI 5 (Piracicaba/Capivari/ Jundiaí), 6 (Alto Tietê), 8 (Sapucaí-Grande), 9 (Mogi Guaçu) e 10 (Tietê-Sorocaca), com maior escassez hídrica. Municípios beneficiados: 23 (Alumínio, Americana, Anhembi, Araçariguama, Boituva, Campinas, Campo Limpo Paulista, Conchas, Franca, Guarulhos, Ibiúna, Indaiatuba, Jaboticabal, Jarinu, Mogi Mirim, Nova Odessa, Santa Bárbara d’Oeste, Santo André, Santo Antonio de Posse, Sarapuí, Sorocaba, Valinhos e Várzea Paulista). Valor total: R$ 106,4 milhões.

DESTAQUE: Recursos a fundo perdido. Não há contrapartida dos municípios.

OBS: Os recursos para o programa são provenientes de empréstimo do BIRD. Valor total: US$ 107,5 milhões (sendo US$ 64,5 milhões do BIRD e US$ 43 milhões de contrapartida do GESP).

Habitação

CDHU

  • Construção de Centro Comunitário no CH Anhembi G. Concluído: maio/2012.Valor: R$ 171 mil.
  • Concluído: 1.512 uhs em 12 municípios. Valor: R$ 88,4 milhões.
  • Em execução: 3.103 uhs em 26 municípios. Valor: R$ 196 milhões.

Casa Paulista

Alckmin anuncia construção de 2,5 mil UHs em Sorocaba

Em 14/12/12, o governador Geraldo Alckmin anunciou a construção de 2.560 moradias na cidade, no bairro Caguassu. As unidades habitacionais do Residencial Jardim Carandá estão sendo as primeiras construídas em Sorocaba a partir de parceria entre os governos Estadual, por meio do programa Casa Paulista, e Federal, pelo Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), com o Banco do Brasil. Valor: R$ 226,3 milhões (R$ 47,1 milhões do GESP).

O governador adiantou que já estão programadas mais 840 unidades habitacionais em Sorocaba. A construção dos 2.560 apartamentos começa em janeiro de 2013, com término previsto para 15 meses.

Beneficiários: 8.448 pessoas, com renda de até 2,57 salários mínimos (R$ 1,6 mil).

A demanda será definida entre a Secretaria da Habitação e a prefeitura local. As casas têm 43,18 m² de área útil, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas paredes hidráulicas, medidores de água individualizados, além de área de lazer no empreendimento.

Em execução: 7.442 uhs em 4 municípios (Sorocaba, Ibiúna, Votorantim e Iperó) Valor: R$ 591,5 milhões (R$ 126,2 milhões do GESP).

Cidade Legal

Regularização de lotes

Na ocasião, Alckmin também entregou a Declaração de Conformidade Urbanística e Ambiental(DCUA) do Núcleo Habitacional Júlio de Mesquita Filho (Sorocaba I), para regularização de 3.506 lotes, por meio do Programa Cidade Legal.

Com a DCUA, a prefeitura poderá efetuar o registro junto ao Cartório de Registros e outorgar os títulos de propriedade definitiva aos moradores, que se tornam de fato proprietários dos imóveis.

O Programa Cidade Legal foi criado em agosto de 2007, a fim de agilizar e desburocratizar o processo de regularização e averbação de unidades habitacionais. A Secretaria da Habitação oferece apoio técnico às prefeituras para a regularização de parcelamentos do solo e núcleos habitacionais públicos ou privados para fins residenciais, localizados em área urbana.

Projeto de Reurbanização em Iperó

Em 14/12/12, o governador Geraldo Alckmin visitou o projeto de reurbanização do bairro Campos Villeta, no distrito de George Oetter, em Iperó. A região receberá obras de abertura de novas vias, pavimentação de vias já existentes, implantação de rede de esgoto interna e externa, além de drenagem de águas pluviais e projetos de paisagismo.

As obras, que fazem parte do Programa Cidade Legal, tiveram início em outubro/12 e beneficiarão 991 famílias.

Previsão de conclusão: março de 2013.

Investimentos: R$ 9,68 milhões, sendo R$ 9,48 milhões da Secretaria de Habitação, por meio da agência de fomento habitacional Casa Paulista e outros R$ 200 mil da prefeitura de Iperó.

  • 14 núcleos regularizados (7.444 uhs).
  • 37.517 pessoas atendidas. Valor: R$ 465 mil.

Vila Dignidade

  • Em execução: 20 uhs. Valor: R$ 1,6 milhão. Término previsto: set/2013.

Fonte: AI Secretaria da Habitação

Agenda do governador na Região

Clique aqui e veja quais cidades da Região o governador visitou, desde janeiro de 2011.



Ver informações sobre outras Regiões