Trem Regional São Paulo - Americana

De Infogov São Paulo
Ir para navegação Ir para pesquisar

Trem Regional São Paulo - Americana- Em projeto

Atualizado em: 24 de novembro de 2014
Características Extensão: 135 km. Demanda prevista/dia: 60 mil. 9 Estações: Água Branca, Jundiaí, Louveira, Vinhedo, Valinhos, Campinas, Sumaré, Nova Odessa e Americana.
Objetivo do projeto tornar o projeto rentável, financiável, minimizar os riscos, aproveitar os ativos públicos existentes e viabilizar uma rápida implantação.
Investimento previsto 5,3 bilhões.
Trens pendulares (reclináveis) e híbridos Uso das tecnologias de material rodante para implantação mais rápida e maior flexibilidade operacional
Status
  • Foi encerrado o prazo em 13/02/13, para as empresas interessadas em participar, sendo que 14 empresas foram cadastradas.
  • Em 02/08/13, foi recebido estudos por parte de uma empresa cadastrada: BTG Pactual Gestora de Recursos Ltda / EDLP- Estação da Luz Participações Ltda.
  • O projeto foi apresentado, em Brasília, no dia 10/11/2014, porém não aconteceu a assinatura com a União e não há previsão de data. A publicação do edital da PPP depende desta a assinatura.
Trens Regionais A implantação do serviço de trens regionais ligando a capital paulista e os municípios de Americana, Santos, Sorocaba e São José dos Campos tem o objetivo de resgatar as ligações ferroviárias com novos padrões de desempenho e qualidade. Para implantação desses serviços ferroviários, já foram contratadas empresas para desenvolverem os projetos funcionais. A linha será construída, por meio de PPP, aproveitando a malha ferroviária da São Paulo Railway e da Companhia Paulista de Estradas de Ferro.
PPP As quatro linhas serão construídas em Parceria Público Privada: São Paulo - Sorocaba, São Paulo - Campinas, São Paulo - São José dos Campos e ABC - Santos, que permitirá a ligação entre São Paulo e Santos. Diferentemente do sistema atual operado pela CPTM na Grande São Paulo, as novas linhas terão menos estações e trens mais modernos e rápidos - a velocidade máxima chegará a 160 km/h.

Projeto Prioritário: São Paulo – Americana.

Previsão de conclusão: 2020.

Prazo da concessão: de 25 a 35 anos.

PPP SP-Americana.jpg

Fonte: Thierry Besse, Unidade de Parcerias Público Privadas - PPP

Ver também[editar]

Links externos[editar]